O passado é uma parada

4a2a6db1-36e4-4e0d-8c5f-43c0a269337e

Em dia de realização do “Prêmio Bola de Prata” para os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro, vale lembrar a seleção dos melhores da edição de 1972 da mencionada premiação, instituída pela revista Placar. O azulino Aranha, destaque na competição daquele ano, foi um dos agraciados. Curiosamente, o reserva de Aranha no Remo era Nelinho, que depois seria ídolo no Cruzeiro e titular da Seleção Brasileira.

Escalação do timaço de 1972:

EM PÉ: Aranha (Remo), Marinho Chagas (Botafogo), Elias Figueroa (Internacional-RS), Beto Bacamarte (Grêmio-RS), Leão (Palmeiras) e Piazza (Cruzeiro).
AGACHADOS: Osni (Vitória), Alberi (ABC), Zé Roberto (Coritiba), Ademir da Guia (Palmeiras) e Paulo César Caju (Flamengo).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s