Incontinência de continências

img_2562

Do Sensacionalista

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, sofre de uma rara patologia. A incontinência de continências faz com que ele use o cumprimento militar nas mais diversas situações, mesmo quando encontra com funcionários civis do segundo escalão do governo americano. Ontem, Bolsonaro voltou a usar a saudação após o jogo do Palmeiras.

“Talvez seja saudação de saudade mesmo, do tempo em que a continência era realmente necessária”, disse um especialista. Para a analista gestual Marcela Manis, Bolsonaro está usando ideologia de cumprimentos. “Temos que pensar no Cumprimento sem Partido, sem viés ideológico”, disse.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s