Nem tudo está perdido

Professor que teve sua aula filmada por um bolsonarista quando exibia o filme “Batismo de Sangue” aos estudantes, sendo acusado de “doutrinador”, é recebido em festa pelos alunos em colégio do Ceará. O filme aborda a resistência de frades dominicanos durante a ditadura militar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s