Haddad vence o primeiro confronto do segundo turno

Minha impressão sobre o desempenho de Fernando Haddad e de Jair Bolsonaro  foi de franca vantagem para o primeiro. Embora não estivesse brilhante – ainda não conseguiu colocar emoção na voz – Haddad passou mais serenidade e mais empatia que o adversário, duro, falando atropelado e não deixando pausar para ser absorvido o que dizia.

Haddad saiu-se bem das cascas de banana atiradas pelos entrevistadores – a proposta de Constituinte e a entrevista de José Dirceu ao El País falando em tomada do poder.

Fixou nas reformas – tributária, bancária e a do teto de gastos – e afastou a questão Dirceu: “não faz parte da minhacampanha e não fará parte do meu governo”.

Já Bolsonaro teve de desautorizar publicamente seu vice,  Hamílton Mourão (cujo nome trocou duas vezes com o do General Augusto Heleno) dizendo que “ele é general e eu sou capitão, mas o presidente sou eu”.

Bolsonaro está “duro”, tenso, não transmite sensação de proximidade, embora tenha seguido à risca o roteiro que fez: agradecer núcleos de eleitores – evangélicos,  policiais  e militares – falar de problemas “morais” nas escolas, Nordeste e tentar desmentir acriação da CPMF de paulo Guedes. (Do Tijolaço)

Um comentário em “Haddad vence o primeiro confronto do segundo turno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s