Responsável pelo apagão dos combustíveis, Parente pede para sair

Dd7cFfQVwAAfis0

Pedro Parente pediu demissão na manhã de hoje (1º) do cargo de presidente da Petrobras. O comunicado foi divulgado em nota pela empresa, antes mesmo de ser encerrada a reunião do comandante da estatal com o presidente Michel Temer. Ambos estavam reunidos no Palácio do Planalto desde as 11h. Na foto acima, Parente confraterniza com o juiz Sergio Moro e a esposa deste, em recente evento para empresários promovido pelo ex-prefeito de S. Paulo, João Dória (PSDB).

“A Petrobras informa que o senhor Pedro Parente pediu demissão do cargo de presidente da empresa na manhã de hoje. A nomeação de um CEO interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras ao longo do dia de hoje. A composição dos demais membros da diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração. Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado.”

Um comentário em “Responsável pelo apagão dos combustíveis, Parente pede para sair

  1. Bem que comentei aqui que o caos formado com anúncio do aumento do combustível tinha haver com maus assessores do Michel Temeroso. Está aí a prova. O cara égua faz a burrada de aumentar preço de combustível há menos de 6 meses de eleições presidenciais , Temeroso homologa, e é instaurado uma calamidade no país e o cara agora pede para sair de mancinho. filha da ……

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s