Globo trata como “fraude” eleição onde tem líder da oposição preso

jn_0
A internet não perdoou a reportagem do Jornal Nacional sobre o fechamento da fronteira com o Brasil pela Venezuela, por conta da eleição. Em pouco mais de dois minutos, a matéria do JN colheu elementos para cravar que o processo eleitoral – que rendeu vitória a Maduro – é uma fraude. Entre os motivos está a opinião de “analistas e organismos internacionais” que acham que “com líderes da oposição presos e candidaturas cassadas, fica difícil acreditar nas urnas.”
“A desconfiança não é só dos venezuelanos que fugiram da crise. Analistas e organismos internacionais olham com desconfiança as eleições de amanhã e muitos nem reconhecem a legitimidade do processo. Com líderes da oposição presos e candidaturas cassadas, fica difícil acreditar nas urnas”, disse a repórter do JN.
Internautas notaram a ironia do argumento em relação a Lula, que foi condenado e preso na Lava Jato e corre o risco de ser impedido de concorrer a presidente em outubro próximo, por conta da Lei da Ficha Limpa. Mesmo tratando-se de um processo cheio de pontos questionáveis, a grande mídia brasileira tratou o caso triplex como totalmente legítimo, sem dar espaço aos abusos e erros denunciados pela defesa de Lula.
Enquanto isso, alas de apoio a Lula consideram sua condenação e prisão uma manobra para garantir que ele fique de fora da disputa eleitoral. O PT, inclusive, lançou uma campanha dizendo que “eleição sem Lula é fraude”. (Transcrito do Jornal GGN)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s