Cinema brasileiro perde Roberto Farias

15263141785af9b4c238ef6_1526314178_3x2_md

Por Pedro Veriano, no Facebook

Roberto Farias presidiu a Embrafilme na década de 70 quando Luzia representava a empresa na região. Esteve algumas vezes em Belém. Era um apaixonado por cinema tendo produzido e dirigido filmes desde a fase das chanchadas da Atlântida. Em pela ditadura dirigiu “Pra Frente Brasil” e chegou a ser ameaçado por isso. Teve de botar uma frase no final dizendo que se tratava de uma ficção (a história de um homem preso por divergir do governo na época).

Roberto se foi aos 86. Deixou nome e imagem na história.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s