4 comentários em “Capa do Bola – sexta-feira, 02

  1. VITÓRIAS E DERROTAS
    04/Mai/2014
    Resultados inesperados em embates futebolísticos não estão relacionados somente pela qualidade do grupo, do atleta individualmente, da capacidade e inteligência do técnico, ou mesmo do conjunto em si. Mesmo havendo estas quatro condições em dado momento, falta ainda os efeitos das influências astrais que se resumem em emanações fluídicas karmicas que interferem nos desempenhos em campo, relacionados a erros ou acertos.
    Não acreditar em tais efeitos extra terrenos é pensar que se trata de coincidência, mas como explicar atletas não terem aprovação numa agremiação e em outra se transformarem na principal figura das partidas.
    Foi o caso dos dois que estiveram na Grêmio e não apareciam em campo e uma vez transferidos para o Flamengo, foram os que mais se salientaram durante os jogos em 2013. Um desaprovado no Beira Rio, o Jô, foi ser destaque no Atlético em Belo Horizonte.
    O melhor da Copa do Mundo de 2010 demonstrou mediano desempenho no Beira Rio. Que espírito de luz influiu no cérebro do Abe,l campeão da Libertadores de 2006 para que solicitasse bem antes a direção do Internacional, para aquisição de um jogador do Paraná, o Adriano (Gabiru) que levado ao Japão com despesas pagas pelo técnico uma vez que a Direção do Inter o descartou da Delegação, acabou sendo a peça saliente para a conquista do título. Nada acontece por acaso.

    Santa Maria – RS

    Curtir

  2. Faz lembrar as antigas temporadas de quando o Paysandu era eliminado precocemente mas porque enfrentava como adversário um dos grandes do futebol brasileiro.
    Hoje, sem desrespeito ao Novo Hamburgo, é uma vergonha ser eliminado pelo lanterna do gauchão.
    Este novo formato da Copa do Brasil nem sempre é favorável ao time da casa pois o visitante é melhor ranqueado, coisa que em certas situações não quer dizer grande coisa.

    Curtir

  3. Ou o estadual do RS é muito bom ou o nosso estadual é muito ruim. O lanterna do gauchão venceu o melhor do nosso estadual. Eu fico com a segunda opção. Quanto o “Gabigol”, só é mais um Obina ou Kaká da vida.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s