Fim da linha pra você, ex-presidente!

26804779_1806732752679977_8005124489090050277_n

Por Herton Gustavo Gratto

Fim da linha pra você, ex-presidente ladrão,
mesmo sem provas
bato panelas 
em prol da sua condenação;
isso é pra você aprender
que o pobre não tem direito a mais que uma refeição.
Fim da linha pra você, metalúrgico boçal,
isso é pra você aprender
a nunca mais fazer assistência social
com meu dinheiro
e nem se atrever a transformar em engenheira
a filha do pedreiro.
Fim da linha pra você, ex-presidente aleijado,
não é pelo triplex
que você está sendo condenado
é pela sua ousadia
em ajudar o garçom
a virar advogado,
em contribuir
pra ascensão do negro favelado
que agora acredita
que pode estudar medicina,
sair da miséria
e até conhecer a Capela Sistina.
Fim da linha pra você, ex-presidente bandido,
isso é pra você aprender
que o Nordeste deve continuar a ser esquecido
e que saúde e educação
é pra quem pode
e não é que pra quem quer.
Fim da linha pra você, semi-analfabeto atrevido,
graças à sua insensatez
o filho da faxineira
chamou o meu filho de amigo.
Você está sendo condenado
pela sua falta de noção
de achar que pobre é gente
que agora pode usar aparelho nos dentes
ter casa própria e andar de avião.
Fim da linha pra você, ex-presidente imundo
isso é pra você parar com essa palhaçada
de estimular a minha cozinheira
a querer ter carteira assinada;
era só o que me faltava
o proletariado sonhar com qualidade de vida.
Você devia saber
que essa gente nasceu pra me servir
e não pra ser servida
mas você é tão inconsequente,
não enxerga um palmo diante do nariz
que fez a babá do meu caçula
sonhar que pode estudar pra ser atriz
e fazer aula de inglês.
Essa pouca vergonha
é resultado
da sua insensatez
da sua irresponsabilidade desmedida
aprenda de uma vez,
barriga vazia
e bala perdida
fazem parte do cotidiano
dessa gente bronzeada.
Foi querer mudar o mundo
se meteu numa enrascada
Fim da linha pra você, ex-presidente imbecil
você está sendo condenado
não por ter roubado
porque isso não foi provado;
seu erro
foi ser fazer história
ser do tamanho do Brasil
ter oitenta por cento de aprovação popular
acreditar em igualdade
e saber governar.

Fim da linha pra você, ex-Presidente! 

PT: Lula é candidato, apesar da farsa judicial

20180122-jornal-sul21-jb-220118-9138-12

O PT acaba de lançar uma nota confirmando que o resultado do julgamento não altera a disposição do partido de lançar Lula à Presidência. Leia o texto, assinado por Gleisi Hoffman:

O dia 24 de janeiro de 2018 marca o início de mais uma jornada do povo brasileiro em defesa da Democracia e do direito inalienável de votar em Lula para presidente da República.

O resultado do julgamento do recurso da defesa de Lula, no TRF-4, com votos claramente combinados dos três desembargadores, configura uma farsa judicial. Confirma-se o engajamento político-partidário de setores do sistema judicial, orquestrado pela Rede Globo, com o objetivo de tirar Lula do processo eleitoral.

São os mesmos setores que promoveram o golpe do impeachment em 2016, e desde então veem dilapidando o patrimônio nacional, entregando nossas riquezas e abrindo mão da soberania nacional, retirando direitos dos trabalhadores e destruindo os programas sociais que beneficiam o povo.

O plano dos golpistas esbarra na força política de Lula, que brota da alma do povo. Esbarra na consciência democrática da grande maioria da sociedade, que não aceita uma condenação sem crime e sem provas, não aceita a manipulação da justiça com fins de perseguição política.

Não vamos aceitar passivamente que a democracia e a vontade da maioria sejam mais uma vez desrespeitadas.

Vamos lutar em defesa da democracia em todas as instâncias, na Justiça e principalmente nas ruas.

Vamos confirmar a candidatura de Lula na convenção partidária e registrá-la em 15 de agosto, seguindo rigorosamente o que assegura a Legislação eleitoral. Se pensam que história termina com a decisão de hoje, estão muito enganados, porque não nos rendemos diante da injustiça.

Os partidos de esquerda, os movimentos sociais, os democratas do Brasil, estamos mais unidos do que nunca, fortalecidos pelas jornadas de luta que mobilizaram multidões nos últimos meses. Hoje é o começo da grande caminhada que, pela vontade do povo, vai levar o companheiro Lula novamente à Presidência da República.

notapt

O tamanho e a dimensão de cada um

DUVDSD2WsAAuxs-

Espanta e preocupa ver que a farsa do pleno Estado de direito segue seu curso. Juízes claramente parciais dão sequência ao golpe que derrubou Dilma com o cenho franzido e o ar compungido dos atores de terceira linha. E o povaréu (ou parte dele) a tudo engole, bovinamente.

Lula é tão grande, mas tão grande que faz o país inteiro parar e ainda tem sua popularidade usada como veículo para a vaidade de medíocres homenzinhos de toga, e para saciar a fúria punitiva de uma elite predatória, mesquinha e ignara.

Juízes do TRF-4 tiveram lá seus momentos de orgasmo midiático, teatralizando o justiçamento do maior presidente da história do Brasil e aproveitando para maltratar a pobre e indefesa língua pátria com concordâncias de pé quebrado e pronomes soltos a esmo.

Chance de julgamento definir futuro de Lula é ‘zero’, diz diretor de consultoria nos EUA

DUQXjzDWAAA3Ym-

Há uma ansiedade “simplista, equivocada e binária” em torno do julgamento em segunda instância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Porto Alegre. Erram os que acreditam que uma decisão definitiva sobre um futuro na prisão, como ficha-suja ou à frente do Palácio do Planalto, acontecerá nesta quarta-feira. A avaliação é do cientista político Christopher Garman, diretor para América Latina da consultoria Eurasia Group, em Washington.

Em relatório enviado a investidores internacionais, a equipe chefiada por Garman prevê que Lula tenha entre 30% e 40% de chances de concorrer à Presidência da República, independentemente do resultado do julgamento, conduzido por três desembargadores do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região).

“Se a decisão dos juízes for unânime contra o presidente, (a chance de concorrer) está mais para 30%. Se houver discordância e ficar em 2 a 1, talvez mais para 40%”, explicou o diretor, que não vê a possibilidade neste momento de uma votação favorável a Lula.

As chances de Lula, mesmo em caso de derrota, seriam fruto de uma série de possíveis recursos a que seus advogados têm direito, segundo a lei brasileira (veja mais abaixo).

Já a probabilidade de o ex-presidente vencer a disputa eleitoral após o julgamento, ainda que seja condenado, estaria em 30%, segundo a Eurasia Group. “Mesmo que Lula possa concorrer à Presidência, sua base fiel de eleitores provavelmente será insuficiente em um possível segundo turno, dada sua alta taxa de rejeição”, aponta o relatório.

A última pesquisa Datafolha, divulgada em dezembro, aponta que a rejeição de Lula chega a 39%, a maior entre todos os candidatos mais bem colocados. Por outro lado, o petista lidera as intenções de voto em todos os cenários tanto no primeiro quanto no segundo turno, segundo o mesmo instituto.

“Este processo todo pode se arrastar até o início de setembro, já em plena campanha”, disse o analista à BBC Brasil. “O julgamento será o ponto de partida para uma série de desdobramentos.”

Há pelo menos dois erros de avaliação comuns sobre o julgamento desta quarta-feira, segundo o diretor da Eurasia. O primeiro seria a expectativa de que uma sentença negativa contra Lula signifique sua prisão ou a suspensão definitiva de direitos políticos.

“Não esperamos que os tribunais tomem uma decisão drástica como ordenar a prisão de Lula no período anterior às eleições”, diz o relatório da consultoria.

“O TRF-4 só enviou outros condenados da Lava Jato à prisão depois que todos os embargos (ou recursos) foram concluídos. Isso significa que Lula deve permanecer fora da prisão durante todo o primeiro semestre deste ano”, aponta a Eurasia, ressaltando que, se apelar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), como é esperado, Lula também poderá antecipar um pedido de habeas corpus para aguardar sua sentença em liberdade.

O segundo erro, mais frequente entre analistas do mercado financeiro, seria antecipar uma eventual avaliação unânime contra o ex-presidente como sentença irrevogável. Uma votação unânime, sem qualquer discordância entre os juízes, é improvável, na avaliação da Eurásia.

“É pouco comum que desembargadores do TRF-4 concordem absolutamente em todas as partes da sentença. Isso nos faz acreditar que Lula provavelmente será capaz de questionar a decisão, mesmo se houver condenação unânime”, aponta a consultoria.

À BBC Brasil, Garman completa: “Ao contrário do que muitos dizem, mesmo que o resultado seja 3 a 0 contra Lula, uma série de recursos será usada pelos advogados, e isso faz parte do jogo”. (Da BBC Brasil) 

Nota do blogueiro: por 3 votos a zero, os juízes do TRF-4 mantiveram a condenação de Lula, solicitada pelo juiz Sergio Moro. 

Gols garantem a Keno renovação de contrato com o Palmeiras

DUUv2dOX0AEpRmX

Keno é 100% Palmeiras. Nesta quarta-feira, o atacante renovou contrato com o Verdão e recebeu um aumento salarial do clube. O vínculo anterior se encerrava no final de 2020, enquanto o novo irá durar até o fim de 2021.

O Palmeiras já era dono de 60% dos direitos econômicos do jogador de 28 anos, adquiridos por cerca de R$ 3 milhões no início do ano passado. O clube não divulgou o valor para comprar os 40% restantes, que pertenciam ao São José-RS.

Keno estava na mira do Al-Nassr, da Arábia Saudita. O clube sinalizou com uma oferta de 6 milhões de euros (quase R$ 24 milhões), que foi negada pelo Alviverde. Por contrato, se a proposta chegou a ser oficializada, o Palmeiras tinha por obrigação pagar o valor correspondente ao São José-RS para adquirir Keno.

No Verdão, o novo camisa 11 do Palestra soma 56 jogos e 11 gols. Ele deverá ser mais uma vez opção no banco de reservas na partida desta quinta-feira, contra o Red Bull, às 21h (de Brasília), no Palestra Itália.

Baiano de Salvador, Keno teve uma boa passagem pelo Águia de Marabá em 2013, trazido por João Galvão, marcando sete gols em 20 jogos.

Enquanto julgam Lula, condenam o povo

bpc

Da Folha de SP

O governo Michel Temer planeja elevar a idade mínima para idosos pobres receberem benefício assistencial, caso consiga aprovar a reforma da Previdência neste ano, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pela política.

O secretário-executivo da pasta e ministro em exercício, Alberto Beltrame, disse à Folha que a ideia é aumentar para 68 anos a idade mínima do BPC (Benefício de Prestação Continuada), que hoje está em 65 anos.

“A idade do BPC, em aprovada a mudança da idade da Previdência, tem que subir um pouco”, afirmou. “O que estamos falando aqui é de colocar em torno de 68 anos.”

A explicação para a mudança, segundo Beltrame, é que manter a idade do BPC em 65 anos “pode ser desestimulante à contribuição” à Previdência.

Mas tal de-forma não busca “acabar com privilégios”? Tidizê…

Confiante, Magno quer fazer gol na Curuzu diante da galera

39828301111_080c9deb65_z

Com boa atuação nos minutos finais do jogo entre Paissandu e Castanhal, domingo, no estádio Maximino Porpino, tendo marcado inclusive um gol, o atacante Magno mostra-se animado para brigar por um lugar no time titular. O gol de cabeça feito em Castanhal é raro na carreira do jogador: “Foi o segundo de cabeça na carreira, é uma questão que tenho que aperfeiçoar, que, aliás, já venho aperfeiçoando, pois é importante para mim ali dentro da área”, disse.

Até o momento são três gols com a camisa do Papão. Contratado durante a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B do ano passado, Magno já havia balançado as redes duas vezes, em jogos contra Ceará, no Mangueirão, e Oeste-SP, na Arena Barueri. Agora, o atleta tem novos planos.

“Ainda não saiu o gol na Curuzu. Se Deus quiser, se for da vontade dele, vou marcar neste próximo jogo. Marcar na Curuzu será especial, diante da torcida”, projeta. Ele é um dos relacionados pelo técnico Marquinhos Santos para o jogo desta noite contra o São Raimundo.

A partida começa às 20h30 e a equipe deve ser a mesma que enfrentou o Castanhal: Marcão; Maicon Silva, Perema, Diego Ivo e Victor Lindenbergh; Renato Augusto, Carandina, Danilo Pires e Fábio Matos; Cassiano e Moisés. O Papão lidera a competição com seis pontos ganhos, 100% de aproveitamento e primeiro lugar geral pelos critérios de desempate. (Da Ascom-PSC)

DUQOi2_X4AEyjt3