Leão deve ter novas mudanças para enfrentar o Águia amanhã

leandrobrasilia_neydamatta

Depois da criticada atuação na derrota para o Independente, sábado, em Tucuruí, o time do Remo deve mudar novamente para o jogo desta terça-feira contra o Águia, no Mangueirão. O primeiro revés azulino não foi bem absorvido pela torcida, que constatou as muitas vulnerabilidades do time. Na prática, em nenhum momento o ataque azulino ameaçou o gol defendido por Paulo Rafael, salvo uma chegada de Jayme no segundo tempo.

O técnico Ney da Matta assumiu a culpa pelos erros, prometendo mudanças imediatas. Admitiu ter se equivocado nas modificações implementadas no meio-campo. “A gente quer movimentar aquilo que temos para depois ajustar o time. Não quero cometer injustiça com jogador para dizer depois que não teve chance de jogar”, considerou.

Acha, porém, que a derrota não foi causada pelas mudanças que fez, mas pelo gol sofrido logo a 2 minutos. “Aquele gol no início do jogo complicou tudo, atrapalhou toda a equipe. Infelizmente, não tivemos como nos recuperar. Faltou marcação e mais agilidade na saída de bola. Fomos presa fácil para o adversário. O time não teve como sair jogando. Foi inerte, deixou o Independente tomar conta do campo”.

Para enfrentar o Águia, Da Matta deve fazer novas mudanças, talvez voltando à escalação da estreia contra o Bragantino, a fim de conseguir a reabilitação. “Vamos trabalhar. Se for para mudar esquema, mudamos. Estamos aqui pra fazer esse time mais forte”, disse. Com a boa atuação, Jayme deve ser efetivado, pois Isac ainda está em condicionamento abaixo do ideal e Marcelo não conseguiu se encaixar, mesmo sendo o titular desde o primeiro jogo.

Time mais provável do Remo para amanhã: Vinícius; Levy, Bruno Maia, Martony (Mimica) e Felipe Recife; Geandro, Leandro Brasília e Andrey; Elielton, Jayme e Felipe Marques.

Um comentário em “Leão deve ter novas mudanças para enfrentar o Águia amanhã

  1. Quer dizer, a se confirmar o teor da postagem, teremos dois jogos perdidos em termos de entrosamento em clima de competição. Vamos começar tudo de novo, quase do zero.

    Bom, mas, antes tarde do que mais tarde ainda.

    Tomara que agora o treinador se encontre.

    Ele tem o Henrique, goleiro de bom desempenho; o Levy que sabemos pode render o necessário, pelo menos; o Adenilson, que bem condicionado sabe o que fazer; o Jaime, o Elielton, e o Felipe Marques, três atacantes de bons recursos técnicos, e mais o Isac que parece pode ser muito útil.

    Quer dizer, tem um ponto de partida, de onde pode resgatar, dentre os demais jogadores do próprio elenco, aqueles que realmente têm potencial para conseguir equilibrar o time que se ressente na zaga, lateral esquerda e meia cancha, especialmente no mister da contenção e transição defesa ataque. Será que o Martoni desaprendeu? Não creio! Deve estar precisando de mais rigor na cobrança pelo condicionamento. E o Esquerdinha, veio precedido de uma boa carta. O que está havendo com ele? Sei lá, creio que investindo na célere recuperação destes dois as coisas vão se aproximar do ajuste mínimo.

    Quanto aos demais, se outros não há e nem pode haver o jeito é imbuir-lhes do ímpeto capaz de levá-los à elevar o rendimento.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s