Histórias do mundo da bola

2007445_full-lnd

Vicente Feola, o gorducho treinador que levou o Brasil ao primeiro título mundial de futebol, é lembrado com menos carinho e respeito do que realmente merece. Fez um trabalho admirável, moldando o time brasileiro às exigências e dificuldades da Copa do Mundo, um torneio curto e que exigia concentração máxima. Antes, em 1950 e 1954, a Seleção havia ficado pelo caminho justamente por fraquejar emocionalmente nos momentos decisivos. Sob seu comando, craques como Nilton Santos, Zito, Didi, Pelé e Garrincha puderam jogar em altíssimo nível. Ainda assim, Feola sempre foi alvo de anedotas que o colocavam como dorminhoco e permissivo, sem pulso para comandar tantos astros. A história mostra que ele era justamente o oposto de tudo isso.

Na foto acima, ao lado de Djalma Santos, Zito e Pelé na concentração brasileira durante a Copa da Suécia, em 1958.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s