TJD arquiva processo do Tapajós e Sport está garantido nas semifinais

O Tapajós não conseguiu levar adiante a manobra jurídica que visava paralisar as semifinais da Segundinha de acesso ao Parazão, alegando possível irregularidade no vínculo contratual do jogador Sílvio com o Sport Belém. Sílvio fora emprestado pelo Remo, mas posteriormente obteve liberação de direitos por via judicial, desligando-se do Leão. O clube santareno, eliminado pelo Sport em campo, alegava que o atleta teria disputada a partida em condição irregular. Na tarde desta quarta-feira, o procurador do TJD, Jaciel Paes, pediu o arquivamento do processo no caso movido pelo Tapajós e o presidente do tribunal, Sérgio Barata, acatou a decisão, por falta de provimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s