Era uma vez a Farmácia Popular…

DPFYTyrWkAEonXp

Coisa de branco: golpe fechou 400 farmácias populares e quer economizar mais R$ 600 milhões em remédios. Branco, rico e machista, golpismo interrompe fornecimento a milhões de pessoas em tratamento médico com avisos lacônicos em papel sulfite: “Encerramento das atividades da Farmácia Popular do Brasil”. (Via Carta Maior)

Um comentário em “Era uma vez a Farmácia Popular…

  1. O FASCISMO QUE JAMAIS ADOECE
    Perguntinha insossa: Quem fica doente, de verdade, neste país?
    Dou-lhe uma … A Crasse alta (a elite)!
    na na ni na não!
    Dou-lhe duas… A Crasse merda (os midiotas)!
    necas de pitibiriba!
    Dou-lhe três … A Crasse baixa (o lumpen proletariat)!
    PIMBA!
    Resposta absolutamente certa do candidato!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s