Archive for 27 de outubro de 2017

Capa do Bola – sexta-feira, 27

bol_sex_271017_01.ps

27 de outubro de 2017 at 0:48 Deixe um comentário

Riscos e possibilidades

DNEtLGPWsAANund

POR GERSON NOGUEIRA

O jogo é decisivo, talvez seja o mais decisivo de todos os que virão porque pode trazer a tranquilidade tão necessária neste momento da competição. Além disso, caso consiga os três pontos, o Papão ganhará confiança para o confronto teoricamente mais complicado, diante do Vila Nova-GO, na semana que vem.

Por todos esses aspectos – e alguns outros pouco visíveis –, a partida contra o Criciúma, hoje, na Curuzu, é daquelas que não permitem descuidos. Mais do que nunca, o Papão precisará mostrar a agressividade que ainda não se viu em jogos disputados dentro de Belém. Por agressivo quero dizer ofensivo e incansável na luta pela vitória.

A Série B tem, seguramente, o campeonato mais nivelado de todas as divisões nacionais. São jogos quase sempre definidos por um gol apenas, raramente se vê um placar mais elástico. Os times se entregam à marcação com uma voracidade que quase sempre afeta a noção de que é preciso buscar o gol.

Há um esforço tão desmedido em se defender que acabam esquecendo de atacar. É justamente dessa armadilha que o Papão precisa se livrar. O Criciúma, que está em queda livre, com três derrotas consecutivas, virá quase certamente preocupado em congestionar o meio-de-campo e proteger a defesa, como quase todos os times que jogam em Belém.

O problema é que, no afã de resolver logo a situação, os bicolores acabam se atrapalhando, metendo os pés pelas mãos e facilitando a estratégia do visitante. Pior ainda é quando um deslize propicia um gol ao adversário. O filme é velho, mas de efeitos devastadores no aspecto emocional, pois o torcedor acaba se voltando contra o próprio time e tudo fica mais difícil.

Nas últimas apresentações em casa, o técnico Marquinhos Santos escalou Marcão teoricamente no comando do ataque. Na prática, porém, o atacante sempre é deslocado para exercer uma função mais defensiva, como um quarto volante ou até um defensor. Por isso, quase não faz gols, pois raramente aparece na faixa que deveria ocupar.

Quando opta por esse desenho de equipe, o técnico abre mão do poder de fogo que o Papão poderia ter como mandante. Nivela as forças, pois se mostra tão cauteloso quanto o adversário, às vezes até mais.

Nos treinos desta semana, o ataque alinhou sempre Marcão e Caion. Aparentemente, a situação se mantém. Marcão vai fazer a flutuação, voltando até o meio-campo e Caion será instruído para fazer o que Bergson (ainda ausente) normalmente faz, buscando o jogo pelos bicos da área e tentando surpreender com chutes de média distância, tendo Fábio Matos como o jogador de aproximação.

Mesmo entrando quase sempre no 2º tempo, Caion demonstrou mais desenvoltura na área e nos arredores do que Marcão. Consegue chegar com rapidez em relação à marcação e não parece ter receio de finalizar. Sua possível escalação é um reconhecimento às boas atuações, mas a lógica indica que suas características exigem um parceiro mais rápido na frente. Wellinton Jr., por exemplo.

—————————————————————————————-

O adeus de um bravo guerreiro de ideias

A coluna de hoje é dedicada a um amigo que nos deixou ontem. Bravo guerreiro das boas causas, Paulinho Fonteles era incansável na defesa das liberdades e dos direitos, como político e advogado. Poeta e escritor, foi também um torcedor devotado do Papão e, acima de tudo, um homem de fibra e coragem, sempre pronto a encarar embates em defesa de suas ideias.

Filho de pais perseguidos e torturados nos porões da ditadura, Paulinho jamais desistiu de seus sonhos e convicções. Mesmo partindo ainda tão jovem, deixa como legado a fé num país melhor e menos desigual.

É verdade que o Brasil dos últimos tempos vinha lhe fazendo mal, como a tanta gente. Ódio e intolerância não combinam com espíritos libertários. O consolo é que os homens passam, mas as utopias nunca morrem.

Valeu, amigo Paulinho!

—————————————————————————————-

Superior à concorrência, Grêmio é cada vez mais favorito

O triunfo acachapante do Grêmio em Guayaquil, na quarta-feira, deixou o time de Renato Gaúcho com um pé na final da Libertadores. A soberba atuação de Luan e de seus companheiros confirmou também a excelente campanha e a condição de favorito ao título contra o representante argentino.

Ao mesmo tempo, reforça minha impressão de que o vencedor do torneio sairia da batalha entre Grêmio e Botafogo. Quem sobrevivesse ao duelo, marcharia inapelavelmente para levantar a taça. Portanto, a essa altura, só um desastre pode impedir que o tricolor gaúcho volte ao topo do futebol continental.

(Coluna publicada no Bola desta sexta-feira, 27)

27 de outubro de 2017 at 0:40 8 comentários

É hoje!

DNHHcFKX4AEIjAW

Luiz Inácio Lula da Silva, o maior presidente da história do Brasil, completa hoje 72 anos. Vida longa, cabra bom!

27 de outubro de 2017 at 0:24 2 comentários

Rock na madrugada – Pearl Jam, Gimme Some Truth

27 de outubro de 2017 at 0:07 Deixe um comentário


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,398,527 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.961 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

José FERNANDO PINA A… em Enfim, um craque esclarec…
blogdogersonnogueira em Papão se despede da torcida co…
Filipe Rocha em Capa do Bola – domingo,…
Jorge Paz Amorim em Capa do Bola – domingo,…
Mauricio Carneiro em Papão se despede da torcida co…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: