O passado é uma parada

O Cruzeiro, que se sagrou campeão da Copa do Brasil na última quarta-feira, já teve confrontos não muito felizes com a dupla Re-Pa. No mais expressivo deles, o Paissandu levou a melhor na decisão da Copa dos Campeões, vencendo no tempo normal e na série de penalidades, em partida disputada no estádio Castelão, em Fortaleza, em 2002.

Antes, o Cruzeiro havia sido goleado pelo Remo em 1994 e em 1977, em partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro. Acima, o vídeo do primeiro confronto (Remo 4 a 0), disputado no estádio Evandro Almeida, que ainda tinha cobertura nas cadeiras do lado da travessa das Mercês, derrubadas pelo presidente Zeca Pirão, há quatro anos.

O segundo foi jogado no estádio Mineirão (Remo 5 a 1), em Belo Horizonte, com grande atuação de um time que reunia Clemer, Rogerinho, Helinho e Cuca, hoje técnico palmeirense. O Cruzeiro tinha Dida no gol.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s