Abaeté recebe etapa estadual dos Jogos Estudantis Paraenses

17 de agosto de 2017 at 12:17 Deixe um comentário

Começou nesta quarta-feira, 16, em Abaetetuba, a etapa estadual dos Jogos Estudantis Paraenses (JEPs), categoria A, destinada a estudantes de 12 a 14 anos. Pela primeira vez, a competição será realizada em uma cidade do interior. Os JEPs em Abaetetuba seguirão até domingo, 20. A cerimônia de abertura, no Ginásio Hildo Carvalho, está programada para às 18h e será presidida por representantes da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e do município.

Com duração de cinco dias, a competição vai mobilizar cerca de 750 alunos-atletas de 21 municípios do interior do Estado e Região Metropolitana. Esta será a 59ª edição da competição, organizada anualmente pelo Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) da Seduc, em parceria com entidades desportivas e prefeituras, além do apoio das Secretarias de Estado de Comunicação (Secom) e de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Os estudantes competirão nas modalidades de vôlei, basquete, handebol e futsal, na categoria A, 12 a 14 anos, no masculino e feminino. Os alunos-atletas classificados para a etapa estadual participaram de seletivas municipais e regionais, que envolveram mais de 26 mil estudantes de 138 escolas municipais, estaduais, federais e privadas.

Os campeões estaduais na categoria A representarão o Pará nos Jogos Escolares da Juventude, que serão realizados em Curitiba, promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), no período de 12 a 21 de setembro.

O atleta Rogério Moraes, 23 anos, ex-aluno da Escola Estadual Bernadino Pereira de Barros, de Abaetetuba, é do time profissional do HC Vardar Handball, da Macedônia e mora atualmente na cidade de Skopje. Ele é pivô da Seleção Brasileira de Handebol e o único brasileiro campeão da Champions League – principal campeonato de handebol da Europa e do mundo.

Rogério foi uma das revelações dos Jogos Estudantis, no qual começou a competir aos 13 anos – fundamentais para o início da carreira lá mesmo, na escola, em Abaetetuba: “Comecei a jogar pelo prazer que tinha de representar a minha escola nos Jogos Estudantis”, contou, lembrando que as seletivas, no município, “lotavam os ginásios e faziam com que a gente treinasse o ano inteiro para participar”. (Com informações da Agência Pará)

Entry filed under: Uncategorized.

Jornal relata o esforço final de Messi para convencer Neymar a ficar Em crise, Lance! entra com pedido de recuperação judicial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,321,356 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.816 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: