O fim do pesadelo

17 de julho de 2017 at 1:00 6 comentários

POR GERSON NOGUEIRA

Vencer é importante em qualquer competição. Fora de casa, mais ainda. Quando significa a redenção dentro de uma campanha, aí a coisa ganha contornos mais significativos. Foi exatamente o que se passou no sábado à tarde, em Itumbiara-GO, quando o Papão quebrou a longa série de resultados ruins com um triunfo de virada sobre o Vila Nova.

E não foi por acaso.

O Papão saiu derrotado do 1º tempo, mas foi amplamente superior no segundo período. Construiu a virada com gols elaborados, nascidos de jogadas organizadas e inteligentes.

Aos 7 minutos, Marcão escorou para as redes depois de um cruzamento certeiro de Rodrigo Andrade. Por volta dos 30’, veio o desempate: Rodrigo encobriu o goleiro depois de receber passe perfeito de Fábio Matos.

Um panorama inteiramente diverso do que se viu no começo. O Vila Nova começou melhor, aproveitando-se da rapidez de Moisés e boas jogadas com Alex Mineiro para confundir a marcação. Botou uma bola na trave e criou várias situações perigosas. Após os 20’, arrefeceu a pressão e o Papão respirou um pouco e chegou a ameaçar em dois momentos.

Mas, no finalzinho, um cruzamento da direita explodiu no braço do zagueiro Lombardi, que se postou erradamente para cortar a bola. Nascia ali o gol de abertura, em pênalti convertido por Alex Mineiro.

O 2º tempo teve um Papão bem articulado, saindo sempre em velocidade e conseguindo armar situações perigosas com as subidas de Rodrigo Andrade, sempre surpreendente nas chegadas à área adversária e decisivo para o resultado final – cruzou a bola no primeiro gol e finalizou com extrema perícia no segundo.

A vitória traz tranquilidade ao trabalho de Marquinhos Santos e reflete o êxito do plano tático empregado, com três volantes e um atacante (Magno) que volta para compor o bloqueio e dois homens na frente. Nessa configuração, Rodrigo é peça de fundamental importância. Expulso, junto com Augusto Recife, é desfalque sério para amanhã contra o Náutico. (Foto: Douglas Monteiro/Ascom-Vila)

—————————————————————————————————

Apesar dos pesares, Leão arranca bom empate

O Remo teve uma atuação razoável em Fortaleza, ontem, e conquistou um bom resultado contra adversário direto pela classificação. Saiu na frente, teve chances de ampliar, mas cedeu o empate ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, apesar da pressão do Tricolor cearense, o placar se manteve inalterado. O time mostrou mais organização e evoluiu na marcação em comparação com partidas anteriores.

Aos 10 minutos, encaixou uma jogada de qualidade e marcou um belíssimo gol. Eduardo Ramos e Luiz Eduardo entraram tabelando na área adversária, com o centroavante disparando rasteiro no canto direito do gol tricolor. O Fortaleza sentiu o baque, mas foi à frente e acabou empatando através do estreante Paulo Sérgio.

Com Edgar e Flamel no time, substituindo a Luiz Eduardo e Ramos, o Remo mudou de comportamento, passando a esticar bolas para as pontas, explorando a velocidade de Edgar e Pimentinha, que teve excelente atuação nos dois tempos.

Apesar das limitações nas laterais, com Léo Rosa e Jaquinha em noite tenebrosa, o Remo teve mais chances que o Fortaleza para chegar à vitória. Pimentinha escapou pelo meio e ficou de cara com o goleiro Marcelo Boeck, que rebateu. Depois, Edgar perdeu duas chances claras.

Na primeira jogada, acionado por Flamel, invadiu a área e perdeu o tempo do chute, cruzando rasteiro para Jaquinha, que chegou prensado com os zagueiros. Depois, em cruzamento alto de Léo Rosa, preferiu também tocar para o interior da área ao invés de cabecear direto. Aparentou certa indolência nos lances. O incidente com o técnico Léo Goiano no treino de sexta-feira pode ter influenciado em sua atuação.

No geral, faltou mais consistência nas saídas para o ataque, mas o setor defensivo resistiu bem à pressão final do Fortaleza, principalmente no miolo da área, com Leandro e Bruno Costa. As laterais não funcionaram e precisam de urgentes mudanças. No meio, apenas Dudu se sobressaiu. Ilaílson voltou a errar muitos passes, exagerando nas faltas.

(Coluna publicada no Bola desta segunda-feira, 17) 

Entry filed under: Uncategorized.

A imagem do domingo Colunista de O Globo antecipa condenação de Lula no tribunal

6 Comentários Add your own

  • 1. Janderson - Remo rumo à Série B  |  17 de julho de 2017 às 8:13

    O empate do Remo podemos colocar na conta do Léo Rosas e Edgar. O primeiro se manteve mal posicionado no Gol do Fortaleza, marcando a bola sem perceber a hora que o atacante manteve distância para escapar da marcação e cabecear. O segundo teve duas chances claras de Gol, podendo bater e definir a partida, mas preferiu rolar para o meio onde os jogadores do Remo estavam marcado, duvido se fosse Jaime ou Gabriel não teriam feito o Gol.

    O Edgar está sem vontade de jogar, desde o jogo contra o Salgueiro, não sei o que houve com o jogador, seria bom a diretoria ter um conversa com o atleta para esclarecer se ele pretende continuar no Remo, jogador insatisfeito nada acrescenta e a tendência é que prejudique o Clube, como aconteceu ontem.

    As laterais do Remo é o setor mais defeituoso, será essa a hora de apostar nas promessas do sub-17? Seria interessante testar aos poucos um garoto da base, entrando talvez aos 20 do segundo tempo para ir acostumando e se aprovasse aposentava de vez esses laterais que temos.

    Curtir

  • 2. celira  |  17 de julho de 2017 às 9:57

    A vitória do PSC tira um peso gigante das costas do clube. Mas, ela não pode ser vista como sinal de redenção plena. O trabalho deve continuar para que os frutos possam ser gerados.

    Curtir

  • 3. Cássio de Andrade  |  17 de julho de 2017 às 15:11

    O amigo Gerson Nogueira, pelo que percebi, sentiu muito a falta do craque Labarte no jogo de ontem. Sei que o camarada é entusiasta deste grande jogador, que desejava-lhe até um brilho maior, jogando na “Estrela Solitária”.

    Curtir

  • 4. Antonio Valentim  |  17 de julho de 2017 às 17:02

    Cutucando o blogueiro alvinegro.

    Curtir

  • 5. Jorge Paz Amorim  |  17 de julho de 2017 às 19:09

    Oh, meu amigo Celira, redenção plena? Menos. É certo, certíssimo que o time evolui a olhos vistos e os dois últimos resultados são atestado disso, embora desde a partida contra o Luverdense já fosse palpável a melhora.
    Mas, o que eu gostaria mesmo era de puxar a brasa pra sardinha daquilo que defendo há tempos por aqui, qual seja, a não diferenciação entre o regional e o mundano, advogando que tudo é Papão.
    E cito dois exemplos marcantes: Renato Augusto e Rodrigo Andrade no apoio; Magno e Fábio mais à frente. Magno provou que quando se é bom não existe essa história de mau lançamento, entra e mostra o valor que tem. E olha que o Tiago Mandi foi contratado bem antes. Fábio entrou no fogo no fim do jogo contra o Criciúma e apontou que podia ser útil, confirmando sua utilidade contra o Vila.
    E os dois volantes se completam, com o vai e vem do paraense completando-se ao posto fixo do paulista.
    Por fim, fustigar o nosso mestre de cerimônia Gerson a respeito dessa troca insana, em que o Fogão dá de mão beijada pro Inter o Camilo e pega em troca o Brener, pra não alongar muito, um fiasco de atacante na Série B. Essa é uma daquelas situações que cabem no mantra “isto só acontece com o Botafogo?”

    Curtir

  • 6. celira  |  18 de julho de 2017 às 0:33

    Verdade amigo Jorge, o PSC melhorou nos últimos jogos e não teve muito a sorte ao seu lado. Concordo sobre Magno… chegou, jogou e venceu…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,232,600 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.618 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

julho 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: