Aécio e a pena da vergonha pública

1 de julho de 2017 at 11:24 1 comentário

POR FERNANDO BRITO, no Tijolaço

Leio, no facebook do jornalista Luís Costa Pinto, aquilo que penso e disse, com menos competência, algumas vezes aqui.

A pena, inescapável, que vale mesmo para Aécio Neves é a da política.

(Aécio) flanava pelos corredores do Congresso, dos palácios e da Esplanada como se fosse questão de tempo a sua ascensão ao trono.  Descobrirá, ao voltar ao Senado, que os antigos amigos irão lhe virar as costas. Que alguns fugirão de sua companhia como à de um pestilento. Que outros correrão do enquadramento para não saírem nas mesmas fotos que ele. Além disso, de volta ao mandato, terá de encarar uma reunião partidária para depô-lo. Ou o PSDB também irá restaurar Neves no posto de presidente da legenda?
Marco Aurélio Mello deu a Aécio a chance, desairosa, de encarar seus grilhões – e os morais serão os mais pesados. 

É isso: as penas legais para Aécio virão (ou não virão) no tempo da Justiça e é assim que deve ser, se queremos um Estado de Direito e não as “cognições sumárias” do “morismo”. Deve ser, sim, e talvez não seja porque sabemos como é a Justiça brasileira e o que dela esperar.

Mas penas políticas já chegaram e serão executadas por longos e infindáveis dias em que viverá na “solitária política”, nas chibatadas do desprezo público, no exílio da consideração alheia.

Óbvio que ele, como qualquer um, deve responder penalmente e, certamente, nisso há de contar com a boa vontade de juízes, tribunais e de advogados como não contaria o homem comum e também não o político transformador.

Mas a pena que interessa à política – e, portanto, a que interessa ao país, porque Aécio foi o mais nefasto agente da ruptura institucional que sobremos – esta será aplicada, agora, até com mais eficiência  do que quando permaneceu recluso em seu apartamento.

Afinal, a vergonha é algo que só existe em público.

E dessa não há decisão do STF da qual o livre.

Entry filed under: Uncategorized.

A bota e a toga Torcedores atacam a sede do Papão durante a noite

1 Comentário Add your own

  • 1. lopesjunior  |  3 de julho de 2017 às 8:47

    Vergonha pública, ou reclusa à cadeia, é sempre vergonha para quem se fez notar como agente político habilidoso e capaz de congregar um projeto nefasto, mas mesmo assim um projeto, de poder. Aécio escreveu um capítulo a parte na história do Brasil que é muito importante para entender o jogo do poder, a luta pela hegemonia política. O PT, ao contrário do PSOL e da REDE, sabe que é preciso encarar esse antagonismo e a possibilidade prisão de Aécio é significativa para esse entendimento da moral política brasileira. Cada revés e cada jeitinho para não prender tucanos expõe, de um lado, a preferência do Estado burguês do Brasil, e de outro, oculta a esperança de que isso possa mudar rapidamente. Na verdade, pode. É só não votar em Aécio e cia nas próximas eleições, o que, acho, que os mineiros não terão dificuldades em realizar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,241,221 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.643 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

Jorge Paz Amorim em Caminhos erráticos
Adilson Reis em Caminhos erráticos
Édson do Amaral. Tor… em Caminhos erráticos
Edson do Leão - meu… em Aos trancos e barrancos, Remo…
Edson do Leão - meu… em Aos trancos e barrancos, Remo…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

julho 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: