Com técnico ameaçado, Inter traz força máxima para enfrentar o Papão

23 de maio de 2017 at 14:14 1 comentário

pottkerrfd_0142

O Inter mal iniciou as andanças pela Série B, e Antônio Carlos Zago já convive com pressão para a sequência da competição nacional, com direito a protesto no Beira-Rio, após o empate frustrante em 1 a 1 com o ABC, pela 2ª rodada. Mas o comandante depara com um trunfo para a sequência de sua missão de devolver o Colorado à elite nacional, no próximo sábado, às 16h30, no Mangueirão, diante do Paissandu. Ao longo de uma semana livre para treinamentos, o treinador poderá fazer ajustes e testar alternativas – com três atacantes, ou não – com todas as principais opções à disposição pela primeira vez desde que iniciou a reformulação no elenco.

A formação do último sábado apresentou um Inter ofensivo, com três atacantes, fruto de uma explicação lógica: a estreia de William Pottker, artilheiro do Brasileirão de 2016 e do Paulistão deste ano – em suma, a principal contratação desta temporada. Mas o próprio Antônio Carlos Zago admitiu após o resultado adverso que o esquema não será uma “constante” nas demais partidas. Em especial, num duelo fora de casa que se avizinha.

Apesar do empate em casa, a atuação do último sábado, em especial na primeira etapa, também despertou elogios, a ponto de não fazer com que o esquema seja descartado totalmente. De fato, antes de cair de rendimento nos minutos finais, a equipe dominou plenamente o ABC no Beira-Rio com jogadas pelas laterais, explorando justamente a velocidade de Pottker e Cirino. Só não construiu vantagem maior do que o 1 a 0 com o camisa 99 pela falta de pontaria.

Com a manutenção do trio no ataque, Antonio Carlos teria de “quebrar a cabeça” com a fartura de opções para delinear seu meio-campo. Rodrigo Dourado deve seguir como volante mais recuado, com Felipe Gutiérrez, Edenílson e até Uendel disputando a segunda vaga do setor.

Para sábado, Antonio Carlos deve contar com Edenílson e Carlinhos. A dupla à disposição permite ao treinador retomar a formação com um tripé na primeira linha, no 4-3-2-1 que mais rendeu frutos ao Inter, após uma série de experiências no começo do ano. Com o esquema, o Colorado eliminou o Corinthians na Copa do Brasil e avançou à final do Gauchão, com derrota para o Novo Hamburgo na decisão.

A formação foi delineada com Rodrigo Dourado, Edenílson e Uendel, o que retira o espaço de um atacante na escalação colorada. Por posicionamento (e resposta dentro de campo), a tendência é de que Pottker siga aberto pela direita, com Nico centralizado na referência, antes ocupada por Brenner. D’Alessandro segue pelo meio, com uma espécie de lacuna pela esquerda, a ser preenchida pelas investidas de Uendel. Quem sobra – na teoria – é Marcelo Cirino. (Com informações do GE)

Entry filed under: Uncategorized.

É amanhã! Enquanto isso…

1 Comentário Add your own

  • 1. Jorge Paz Amorim  |  23 de maio de 2017 às 17:13

    Quem vê os gigantes europeus que adotam o 4-3-3 percebe o quanto os homens de frente correm, sempre em média superior aos dez quilômetros por jogo, algo até tolerável naquelas temperaturas médias de 12º.
    Aqui no Brasil o calor não permite tais façanhas. Ou, quem faz esse vai e vem acaba fatalmente substituído, pois não não joga no mesmo nível mais de 70 minutos e olhe lá.
    Qual a previsão do tempo para sábado à tarde? A julgar pelos últimos dias, não será inferior aos 30º, evidentemente muito mais estafante do que a enfrentada pelo Inter sábado passado, em Porto Alegre, onde deu claros sinais de cansaço.
    É disso que o Papão tem que tirar proveito, fazendo um jogo intenso que desgaste o adversário até à exaustão. Jogadores como Rodrigo Andrade, Wesley e Recife serão decisivos nesse papel de fazer o Papão se impor pelas armas que dispõe.
    Se tudo correr bem, ficarão frustrados aqueles que pensam que uma folha salarial de mais de R$7 milhões é meio caminho andado para a vitória. Não é. Pelo menos diante de certos desafios que esta país/continente impõe aos seus clubes na hora de enfrentar essa rica diversidade territorial e climática

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,361,802 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.890 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: