Apostas e riscos

6 de maio de 2017 at 23:30 7 comentários

unnamed

POR GERSON NOGUEIRA

Há muita coisa em jogo no Re-Pa deste domingo. Ganhar o título estadual é, desde sempre, uma questão de suma importância para remistas e bicolores. Neste começo de temporada, talvez valha um pouco mais para o Remo. A conquista contentaria a massa torcedora e daria fôlego ao projeto de reestruturação do clube, que sofreu forte baque financeiro com os insucessos na Copa do Brasil e Copa Verde.

Para o Papão, vale principalmente pela rivalidade e para garantir um salvo-conduto ao trabalho desenvolvido por Marcelo Chamusca. Depois da derrota para o Luverdense na última quinta-feira, a perda do Estadual dificilmente seria aceita pela torcida e assimilada pelos dirigentes.

Nos três clássicos anteriores, nenhuma vitória alviceleste. Foram dois empates e um triunfo azulino. A atuação do Papão nesses confrontos expôs cruamente as dificuldades para superar o esquadrão semicabano do Leão.

Seja pela entrega e comprometimento dos jogadores, seja pelo perfil marcadamente regional do elenco, o Remo de Josué Teixeira tem passado mais confiança ao torcedor nos embates com o maior rival, embora isto não signifique que a equipe de Chamusca seja inferior ou menos empenhada.

No primeiro duelo da decisão, domingo passado, o Leão teve vários problemas para a composição do time, principalmente no meio-campo, onde os garotos Jefferson e Lucas Victor foram escalados devido à ausência dos titulares Elizeu e Marquinhos.

Para hoje, Josué conta com praticamente todos os titulares, com exceção de Flamel, destaque do time na parte ofensiva e afastado (por contusão) há vários jogos. Com isso, apesar dos problemas na transição, a tendência é de que seja mantido o esquema de forte marcação no meio e de muita velocidade na frente. É o que Remo tem para mostrar.

Já o Papão valoriza tanto o embate de hoje que optou por poupar jogadores diante do LEC. Curiosamente, o desempenho de hoje vai dizer se Chamusca acertou ou errou na decisão de deixar Bergson, Alfredo, Wesley, Gilvan e Perema fora da primeira partida pela decisão da Copa Verde.

O fato é que o técnico bicolor chega ao clássico sob a pressão de apagar a má impressão e consciente de que um título tem o poder miraculoso de fazer o torcedor esquecer todo e qualquer dissabor. O lado irônico da história é que, com impecável histórico de resultados à frente do Papão, Chamusca conseguiu chegar a todas as decisões e é justamente essa condição que ameaça sua permanência na Curuzu.

Vá entender os humores do futebol e as paixões do torcedor.

Josué, ao contrário, não sofre pressão externa e está em lua-de-mel com a torcida. Ninguém discute que tirou de leite de pedra até aqui. Há ainda o entendimento tácito de que fez o Leão alcançar um patamar acima do esperado, além de ter apagado vários incêndios ao longo da campanha, envolvendo problemas com Edgar, Sérgio Dias, Eduardo Ramos. Perdendo ou ganhando, terá o reconhecimento do Fenômeno Azul e certamente vai permanecer no clube para a campanha na Série C. Coisas do Re-Pa.

————————————————————————————————-

Bola na Torre

Giuseppe Tommaso apresenta o programa, com as participações de Valmir Rodrigues e deste escriba de Baião. Cobertura completa da decisão do campeonato e da festa dos vencedores. Começa às 21h, na RBATV.

————————————————————————————————

Perguntinha (im)pertinente

Já que a Federação Paraense de Furebol morde 10% da renda bruta dos jogos, não seria justo que também dividisse com os clubes o “mensalinho” repassado pela dona da pensão (CBF)?

Seria uma questão de mera reciprocidade.

(Coluna publicada no Bola deste domingo, 07)

Entry filed under: Uncategorized.

Cuca volta ao Palmeiras e treinadores se mobilizam contra demissão de Baptista Rock na madrugada – Pink Floyd, See Emily Play

7 Comentários Add your own

  • 1. Bira  |  7 de maio de 2017 às 10:00

    Papão 2 x 0 com direito a olé.

    Curtir

  • 2. Luis Felipe  |  7 de maio de 2017 às 10:06

    2×1 pro Remo. Chamusca demitido.
    Garotada azulina vai decidir o jogo.

    Curtir

  • 3. Antonio Oliveira  |  7 de maio de 2017 às 11:50

    Acho que o rival agiu acertadamente ao poupar alguns titulares do esforço do jogo no meio da semana. Se tal medida vai ter alguma valência mais tarde, só o desenvolvimento do jogo dirá.

    Mas, no estado físico em que os jogadores se encontram, detectado por equipamento tecnológico do próprio clube, se tivessem jogado contra o luverdense, certamente estariam bem mais desgastados o que poderia lhes ser prejudicial hoje.

    Numa palavra, acertado foi. Agora, se vai render o resultado esperado é outra coisa.

    Para mim o listrado é favorito. Deveras, salvo um de grandeza Fenomenal, a esmagadora maioria dos fatores estruturais estão a seu favor. Prova disso é que dois jogadores que parecem que estão bem fisicamente quando expostos ao trabalho típico de jogo acabam sentindo. É bem verdade que já não são mais garotos. Mas, tenho certeza que se o DM azulino tivesse como “ver por dentro” o físico de seus atletas, a situação dos mesmo poderia ser outra.

    Com efeito, tendo presente a já comprovada entrega e disposição dos atletas azulinos, e sendo certo que no futebol o sol nasce para todos, eu, como sempre, torço muito para o Mais Querido vencer. O ideal era que fosse de 2 a 0, um gol em cada tempo para não deixar aquele tiozinho (que desmaiou da vez passada), e o restante da torcida também, muito estressados.

    À luta, atletas azulinos! Unidos defendam o Pavilhão Mais Querido! Quanto ao resultado… Bom, este faz parte do jogo, qualquer que seja, dele não poderemos fugir. O Importante é que vocês cumpram com seus respectivos deveres, da mesma forma como têm cumprido até aqui.

    Curtido por 1 pessoa

  • 4. lucilofilho  |  7 de maio de 2017 às 12:18

    O surpreendente resultado diante do Independente e o empate seguinte com o rival, surgiu, mesmo que ainda ténue, maturidade e segurança aos jovens jogadores azulinos para enfrentamentos futuros na competição. O treinador Josué está sabendo utilizar essa situação ao até fazer improvisos nas posições de jogadores, e pelo desempenho até aqui, surtiu o efeito necessário. Tem mais uma batalha hoje e esperamos que o leão consiga levantar o Taça para o delírio da nação azulina. Ótimo domingo a todos.

    Curtido por 1 pessoa

  • 5. Jorge Paz Amorim  |  7 de maio de 2017 às 13:31

    Já não se faz mais lupanares como antigamente. Além da facada que dá nos clientes(clubes), a dona do cabaré ainda passou a perna neles, junto com a holding do meretrício(CBF), ao reduzir o poder de voto daqueles.

    Curtir

  • 6. miguelangelo1967  |  7 de maio de 2017 às 14:13

    Vejo um jogo muito nervoso por parte do time bicolor graças a pífia partida no meio de semana.
    Os buracos existentes na defesa e a insegurança dos volantes quando expostos a um meio de campo com vida inteligente, é fator decisivo para quem quer vencer o time do Paysandú, daí como conhecedor do cabeça branca Josué Teixeira, tenho certeza que serão os pontos explorados pela equipe azulina nesta decisão tendo com isso 85% de probabilidades de sair vencedor para a minha alegria, desde que a queda do Chamusca e seus “comandados” seja concretizada.
    Em mais de 40 anos de futebol nunca me senti tão mal com o time bicolor nem na época dos 33 jogos de invencibilidade do rival.
    A torcida não é burra, torço pelo melhor do Paysandú e sei que se levantar o título hoje é queda certa para a série C amanha, toc, toc, toc!
    Serra está brincando de ser presidente e pode passar negativamente para a história do Paysandu ao por em risco todos os projetos plantados pela diretoria anterior.
    Se o título vir, por mim não será comemorado pois o campeão deste ano será adjetivado como o menos pior time da competição, muito triste para um futebol que já foi o mais respeitado no Norte do Brasil.

    Curtir

  • 7. miguelangelo1967  |  7 de maio de 2017 às 14:20

    A imprensa e torcedores esperaram tantos anos para que a dupla
    da capital decidisse o título do Parazão e quando isso acontece ocorre com as piores formações de todos os tempos.
    Que futebol mixuruca!
    Só vale mesmo pelo lado da rivalidade e olhe lá!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,189,722 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 19.818 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: