Capa do Bola – quarta, 03

3 de maio de 2017 at 2:47 6 comentários

unnamed

Entry filed under: Uncategorized.

Importância do maestro STF reafirmou garantias, mas pode consolidar justiça seletiva

6 Comentários Add your own

  • 1. Antonio Valentim  |  3 de maio de 2017 às 11:05

    Não obstante, no futebol sempre se corre algum risco.

    Curtir

  • 2. Mauricio Carneiro  |  3 de maio de 2017 às 12:49

    CV não vale mais nada e provavelmente em 2018 vão acabar também com essa de o campeão ir direto pras oitavas da Copa do Brasil. Concordo com a decisão de poupar algums atletas

    Curtir

  • 3. miguelangelo1967  |  3 de maio de 2017 às 14:00

    Mauricio a CV ainda tem o seu valor sim, só o fato de não enfrentar os Titãs brasileiros nas fases intermediárias​ e de quebra alavancar uma boa grana, eu entraria em campo para vencer sim.
    Infelizmente o calendário prejudica o time Bicolor pois enquanto o rival só tem olhos para a única competição do semestre, o Paysandu vai se virando como pode nas três decisões que tem.

    Curtir

  • 4. Anselmo  |  3 de maio de 2017 às 16:13

    Mesmo sendo remista, mas acredito que o rival tomou uma decisão errada. Dentre todas as competições, a CV é a que tem mais atrativo, visto que ir para as oitavas da copa do brasil ano que vem rende bem mais grana do que o título do Parazão.

    Os listrados precisa priorizar uma, pois não tem plantel para querer disputar as 3 de igual. Querer os 3, vai acabar ficando com nenhum. E pela decisão de ir com time misto enfrentar o Luverdense, pelo visto a prioridade é o Parazão, e dúvido que seja pelo dinheiro, e sim apenas pela rivalidade.

    Coisas que os nossos dirigentes tomam decisão baseado na emoção, e não na razão.

    Curtir

  • 5. Antonio Valentim  |  3 de maio de 2017 às 17:15

    É significativo que priorizem o Parazão. Se vencerem, terão todos os méritos, vez que a comissão técnica tomou a decisão certa, questão de bom planejamento etc.

    Já se perderem, seus torcedores não terão o pretexto de que a competição não era prioridade.

    Curtir

  • 6. Eric  |  3 de maio de 2017 às 19:24

    Ser o Independente o Paysandu não ia poupar mais como é o REMO a rivalidade a torcida bicolor nem ia da bola pro Paraense ser fosse o Galo mais como é o LEÃO aí o Paraense é prioridade

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,240,063 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.637 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

Nelio(O Paysandu jam… em Aos trancos e barrancos, Remo…
Antonio Oliveira em Verdades incômodas
Alessandro em Aos trancos e barrancos, Remo…
Edson do Leão - meu… em Aos trancos e barrancos, Remo…
Janderson - Remo rum… em Aos trancos e barrancos, Remo…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: