Feira do Som

18 de março de 2017 at 11:03 3 comentários

destaque-395428-few2f

POR EDYR AUGUSTO PROENÇA

Tive a sorte de dar o nome ao “Feira do Som”, programa que está completando 45 anos em atividade. Além disso, são 50 anos de profissão de Edgar Augusto, meu irmão mais velho. Quando um programa de rádio atinge essa longevidade, e na comemoração ganha páginas e colunas em jornal, além de programa em televisão, é porque realmente é importante.
Foi ali nos anos 1970. Havia várias sugestões. A minha foi acatada. Era uma época fantástica. A Cultura reagia maravilhosamente à ditadura e censura. Cinema, Artes Plásticas, Literatura, Teatro e Música viviam momentos incríveis. Os Beatles pararam. Hendrix e Janis morreram. Mas havia o rock progressivo e muita gente boa surgindo. Aqui tínhamos os baianos, Chico, Milton, pernambucanos como Alceu, mais Elba, Geraldo, Ramalho, cearenses como Fagner. Muita coisa boa. Talvez tenha uma inspiração no programa do Flávio Cavalcanti, que falava de música, embora de maneira tragicamente retrógada. Bem, havia Nelson Motta.
Edgar já era apresentador do “Cantinho dos Beatles”, com fã-clube e tudo. E também, um dos melhores narradores de futebol que ouvi, perdoem se sou totalmente suspeito. Havia também o “Sábado Gente Jovem”. E a “Feira do Som” inovando, ousando com as novidades, fazendo a cabeça de tanta gente, principalmente pela informação.
Veio a FM e o programa foi para a Rádio Cidade Morena. O estúdio era pequeno, como são hoje os estúdios onde o locutor também opera a mesa, põe músicas e comerciais. Tive a dádiva de dividir com ele o microfone. Ficava manobrando a mesa de som, enquanto ele, sentado no chão do estúdio, espalhava as notícias. Muita gente boa foi entrevistada ali e sentou no chão. Era tudo muito à vontade. Lembro de Nara Leão, que veio lançar o disco em que canta “Nasci para Bailar”, de Donato e Paulo André. Ela voltou com Roberto Menescal, cantando bossa nova. Lembro de Geraldinho Azevedo, Flávio Venturini, tanta gente…

feira_do_som
Mas a rádio era comercial e o programa acabou por ocupar sua melhor posição na Rádio Cultura, da qual, permitam-me, Edgar já fazia parte desde a Cultura Ondas Tropicais, em uma equipe por mim montada. Com uma voz especial e vocabulário de “dia de semana”, ele usa várias técnicas para prender os ouvintes. As novidades a cada dia. A menção aos músicos presentes em cada música executada. O noticiário local, muito importante para os artistas da terra, criando inclusive apelidos que duram até hoje, como “Operário da Noite”, para Pedrinho Cavallero. Os bordões, repetidos diariamente, estão no pensamento dos ouvintes. Outra técnica de fidelização.
Se os artistas locais conseguem, nessas trevas em que vivemos há mais 20 anos, ainda existir, apresentar-se, alguns com carreira, gravando CDs e shows em outras cidades, a “Feira” tem parte nisso. Trata os estreantes e os veteranos da mesma maneira, sempre com uma palavra de alento e incentivo. Recebe-os no programa, que ainda tem seções fixas, em que premia os ouvintes e, claro, o “Cantinho dos Beatles”, para os empedernidos.
Todo esse tempo no ar e com um público de A a Z, em várias faixas etárias, faz esse programa um patrimônio cultural de uma cidade tão sofrida nessa área. Quanto a mim, mesmo à frente de uma emissora comercial, não deixo de ouvi-lo. Edgar é um ídolo. Irmãos, somos amigos. Forneço discos, notícias. O som do programa é o meu preferido, entre outros. Mais do que nunca, continuemos a ouvir, de segunda a sexta, “aqui fala o Edgar Augusto!”. Parabéns!

(Publicado em O Diário do Pará, Caderno TDB, Coluna Cesta e em opiniaonaosediscute.blogspot.com)

Entry filed under: Uncategorized.

Sempre que um político defender a “reforma política”, desconfie Jurista contesta Gilmar Mendes: caixa 2 é crime previsto em lei

3 Comentários Add your own

  • 1. FERNANDO PINA  |  18 de março de 2017 às 12:15

    AVE EDGAR!
    Desde os tempos da Radio Cidade Morena, sou ouvinte diário e acompanho sua voz, dicas, metáforas, brincadeiras, bom humor, entrevistas, sacadas, lucidez e, claro, sua patologia beatlemaníaca, como a minha. VIDA LONGA À FEIRA DO SOM!
    abs
    Fernando Pina

    Curtir

  • 2. lucilofilho  |  18 de março de 2017 às 12:29

    Ouvi muito esse programa, que por sinal è de uma qualidade informativa sobre música, impressionante. Sendo roqueiro, ali eu me abastecia de informações sobre o gênero, detalhes das musicas, curiosidades dos cantores, enfim tudo relacionado a cultura musical, conduzido de forma brilhante e com uma voz gostosa de ouvir do Edgar Augusto. Infelizmente, hoje com os afezeres laborais, não tenho acompanhado o programa, mas, deixo aqui o meu testemunho e saudade desse importante programa em minha vida, da adolescência ao quase quase sexagenários(57). Parabéns, Edgar, quem venham muitos anos ainda à frente do programa.

    Curtir

  • 3. Anônimo  |  18 de março de 2017 às 17:40

    Qualidade e competencia que passam de pai para filho. Edgar Augusto, com todos os méritos, nossas homenagens ao filho brilhante do imortal e saudoso Edir Proença.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,020,722 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 19.593 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

Edson do Leão - meu… em Papão exige antidoping e mudan…
Luiz Fernando - Bico… em Dewson comanda o Re-Pa
Luiz Fernando - Bico… em Dewson comanda o Re-Pa
Luiz Fernando - Bico… em Papão exige antidoping e mudan…
Antonio Oliveira em Em discurso duro, Janot acusa…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

março 2017
S T Q Q S S D
« fev    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: