Prêmio ou castigo?

5 de março de 2017 at 5:22 12 comentários

POR GERSON NOGUEIRA

O Remo inicia hoje no Acre um novo esforço para conquistar a Copa Verde, que esteve a um aceno de mão em 2015, mas acabou escapando de maneira traumática para os azulinos. Apesar de ter perdido o principal chamariz, que era o direito a disputar a Copa Sul-Americana, a competição representa um desafio para o Leão, principalmente depois que foi vencida pelo maior rival no ano passado.

unnamedO fato é que está na rivalidade eterna entre os dois titãs o empenho maior em levantar a taça. Virou uma competição particular entre Leão e Papão. Até porque, depois que a CBF e a Conmebol passaram a histórica rasteira no Papão, a Copa Verde diminuiu tanto em envergadura e importância que hoje se resume a um mal ajambrado projeto de reciclagem de materiais, com uma pálida mensagem de preservação ambiental.

A vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, espécie de cala-boca ao campeão da Copa Verde para compensar a perda de um lugar na Sul-Americana, também é de valor questionável, pois obriga o clube nortista (ou do Centro-Oeste) a enfrentar as melhores equipes do país em condições inteiramente desiguais, quanto a elenco e condições financeiras.

Pesa ainda contra a CV ainda o aspecto deficitário. Os únicos jogos que representam lucro são os clássicos nas semifinais e uma eventual final.

Para o Remo, que entra como um dos favoritos naturais ao título, o risco é desgastar seu limitado elenco em duas competições simultâneas, a CV e o Parazão. Para o confronto de hoje contra o Atlético-AC, o técnico Josué Teixeira (foto) não terá jogadores importantes, como Renan e Henrique, lesionados, além da ausência de Jaquinha, suspenso.

Pelas últimas apresentações do time, é provável que Josué mantenha Gabriel Lima como terceiro atacante, voltando para ajudar no bloqueio de meio-campo. Sem Jaquinha, Tsunami deve ser o lateral-esquerdo, o que enfraquece a marcação à frente da defesa.

Quando joga fora de casa, apesar de utilizar três atacantes, o Remo costuma priorizar a defesa e esperar a pressão do adversário, saindo em contra-ataques para buscar o gol. Diante do Atlético, a estratégia deve se repetir, com direito a alguns sustos para o torcedor.

——————————————————

Bola na Torre

Guilherme Guerreiro apresenta, com Giuseppe Tommaso e este escriba de Baião na bancada. Começa às 20h45, na RBATV.

——————————————————

Board quer mexer no formato de penalidades

Os velhinhos da International Football Association Board, que cuida das formulações de regras para o futebol, resolveram se preocupar com a maneira como se desenrolam decisões em cobranças de penalidades. Baseada em estudo recente, a entidade considera desigual a disputa, pois os times que abrem as cobranças têm 60% de probabilidade de vitória.

Pode até ser verdadeira essa conta, mas a inquietação da IFAB a essa altura soa como falta de algo melhor a fazer. A série de penais precisa ter um cobrador inicial, não há como alterar essa realidade.

Para diminuir a suposta desigualdade, a IFAB estuda um novo formato, que seria muito parecido ao tie-break do tênis profissional. Um time começa a cobrança, mas o adversário bateria as duas penalidades seguintes, embaralhando mais a série decisiva. Caso seja necessário fazer cobranças extras, os penais também seriam alternados em dois.

Outra ideia, defendida pela direção da Associação de Futebol Escocesa, é a da aplicação de cartões amarelos. Há uma corrente que pretende abolir o cartão aplicado ao jogador que interrompe um ataque promissor do adversário, desde que o defensor tenha visado a bola.

Sigo achando que é muita ideia para pouca necessidade. O futebol só precisa continuar simples e com regras bem claras.

(Coluna publicada no Bola deste domingo, 05)

Entry filed under: Uncategorized.

Primeiro Gre-Nal do ano termina empatado Rock na madrugada – Red Hot Chili Peppers, Don’t Forget Me

12 Comentários Add your own

  • 1. Edson do Leão - meu time nunca fugiu de campo  |  5 de março de 2017 às 7:51

    Égua, empataram com o time da Polícia militar do Acre kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, tu é doido
    Chamem o Dewson e o Joelson
    Kkkkkkkkkkkkkkk comédia

    Curtir

  • 2. Frederico Teron  |  5 de março de 2017 às 9:13

    O pirão do Remo ainda está pre-cozido na boca do forno.

    Curtir

  • 3. celira  |  5 de março de 2017 às 10:21

    Amigos,
    Tá difícil torcer para o Chamusca, pois o time que ele treina não apresenta padrão de jogo. Logo, a responsabilidade é exclusivamente dele. Limitações técnicas todos os times tem, mas você “minimiza” isso com um padrão de jogo, coisa que o PSC não apresentou em nenhum momento. Se o treinador fosse o Lecheva ou Cacaio, já tinha caído há tempos… Fraco o Chamusca, como já havia previsto.

    Curtir

  • 4. Gleydson  |  5 de março de 2017 às 10:37

    Empatar com o time da PM do Acre equivale a empatar com o nosso Tiradentes!!!
    O Leão tem uma parada bem mais indigesta contra o atual campeão acreano, time de jovens valores que só não subiu pra Série C porque esbarrou no Moto no mata-mata decisivo. E pra complicar mais, o time vem de um recesso de 5 dias do carnaval, vamos ver se essas mini-férias não vai travar os jogadores. Temo por uma derrota hoje.

    Curtir

  • 5. Antonio Valentim  |  5 de março de 2017 às 10:55

    Alguém sugeriu que dois times do Norte se juntem aos do Nordeste e joguem a Copa do Nordeste. Creio que seria melhor quatro do Norte (2 do Pará, 1 do AM e outro de outro estado amazônico) para reativar o antigo torneio Norte-Nordeste.

    Curtir

  • 6. Gleydson  |  5 de março de 2017 às 11:03

    4 times do norte seria o ideal pois formaria um 6° grupo ao atual formato da Copa do Nordeste, os 2 melhores indo pro mata-mata contra os nordestinos. Vejo que essa idéia seria a salvação pros paraenses, já que a Copa Verde não tem valor nenhum.

    Curtir

  • 7. Osvaldo Costa  |  5 de março de 2017 às 13:19

    Por falar em time da Polícia militar… lembro de um clube aqui da cidade, que foi rebaixado para a segunda divisão do pareaense no ano de 2000, pelo Tiradentes, que era o representante da PMPA, mas devido manobras no tapetão, escapou da queda, porém a humilhação ficou.

    Curtir

  • 8. Jorge Paz Amorim  |  5 de março de 2017 às 13:29

    Acho ótima a ideia de seguir o modelo do saque em tie break no tênis. Só fica a dúvida se teríamos apenas um ‘sacador’, cinco ou aumentaria para seis ou oito. Ah…mas que é uma discussão inoportuna, é.

    Curtir

  • 9. Osvaldo Costa  |  5 de março de 2017 às 13:31

    O que será que passa pela cabeça dos diretores bicolores que fizeram o “planejamento” para 2017 ? Contrataram dois meias armadores e o treinador entra pra jogar contra o poderoso Galvez com três volantes. Tudo bem que o chinelinho sobralense, está, mais uma vez, contundido, mas e o Diogo Oliveira ? Será que este rapaz não consegue jogar contra o quarto colocado do dificílimo campeonato acreano ? Enquanto isso, o Thiago Luís, que era muito caro para ser mantido no elenco, vai fazendo seus golaços de falta lá no Goiás. Parabéns aos envolvidos no “planejamento” !

    Curtir

  • 10. Nelio  |  5 de março de 2017 às 14:00

    Gol do cuiabá!! gol do cuiabá!!! gol do cuiabá!! gol do cuiabá!!
    gol do cuiabá!!! aul aul aul aul aul 5×1 rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    gol do Paysandu!! gol do paysandu!! Gol do Paysandu!!! gol paysandu!!! 4×2 aul aul aul aul aul rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    9×3 em 2 jogos decisivos copa verde. Que droga de time é esse???vcs sabem quem é
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  • 11. Nelio  |  5 de março de 2017 às 16:05

    Amigo Gerson, na minha modesta opinião a vaga nas oitavas da Copa Brasil é sim um belo prêmio Gerson Nogueira. Só não vê quem não quer. E é um belo prêmio principalmente hoje na nova fórmula que dificultou muito mas muito mesmo para um time chegar nas oitavas de final, inclusive time grande, imagine pequeno???Não é à toa que pela nova fórmula vários time grandes e médios de tradição em Copa do Brasil já ficaram pelo caminho e já querem derrubar a fórmula. Inclusive o azulino aqui de Belém já deu adeus logo na primeira fase, em queda brusca para um timinho lá de floripa. O Paysandu com esse time que tem hoje estaria fora também há muito tempo, mas já está garantidonas oitavas. É claro e evidente que se viesse a vaga na Sul Americana como estava prevista, seria muito bem vinda. Mas infelizmente Nos negaram a vaga, mas acho que a vaga na Copa Brasil dada como compensação não pode ser desprezada. A vaga na Copa Brasil mesmo que o Paysandu não avance para as quartas já será rentável seja qual for o adversário que vier. E por umas projeções que ví, o Paysandu poderá pegar uma desses 03; Palmeiras, Flamengo ou Botafogo. Já imaginou o rendão aqui??? So sei que Paysandu e Flu aqui pelas oitavas 2015 deu renda de 1,6 milhões e o Flu veio com um timeco para K. E ainda tem 850 mil mangos garantidos da cota da TV. Agora imagine se o time avança para as quartas de final????? Aí Dizer que isso não é vantagem, não consigo entender. Peço a Deus que essa nova diretoria do Serra, que estou achando muito pacata, não esteja pensando assim. Ocorre é que tem de sonhar alto e fazer um bom time logo para esse jogo das oitavas para chegar nas quartas de final. Porém se colocar um time tipo esse atual do Paysandu, aí não tem santo que dei jeito.

    Curtir

  • 12. Nelio  |  5 de março de 2017 às 16:56

    Alô , Tinha esquecido: Gol do Brusca!!!! gol do BruscaIII. mas será o benedito??????
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,274,945 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.701 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

camiloferreira em A hora de desencabular
Edson do Leão - meu… em PSC x Paraná – comentári…
Mauro Negrão em A hora de desencabular
Edson do Leão - meu… em Re-Pa de maior público nos est…
Jorge Paz Amorim em PSC x Paraná – comentári…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: