Archive for 6 de fevereiro de 2017

A frase do dia

“Moreira delatado ganha Ministério. Temer poe amigo Moraes no STF. Justiça só prende se atingir PT. Tucanos: todos soltos! E não foi golpe?”.

Rodrigo Vianna, jornalista

6 de fevereiro de 2017 at 22:38 Deixe um comentário

O passado é uma parada

unnamed

6 de fevereiro de 2017 at 21:59 6 comentários

Script do golpe seguido à risca

 

c4bbs2lwmaeigax

Segundo informes que a midiazona está fazendo desde ontem, o ex-advogado de Eduardo Cunha e do PCC vai mesmo chegar ao Supremo. A rigor, nem surpreende a indicação do tucano (filiado) Alexandre Moraes para o lugar que foi de Teori, morto em misterioso acidente aéreo. Para uma Corte que já conta com um declarado militante do PSDB, o ministro Gilmar Mendes, Moraes é uma escolha natural dos donos do poder. Com ele no STF, fica tudo ainda mais dominado, como previra o filósofo Romero Jucá. E ainda há quem duvide que houve golpe…

Curioso apenas pra saber o que acham disso os paneleiros patriotários.

6 de fevereiro de 2017 at 21:23 4 comentários

Para quem não crê em golpe

c4bxtsvweaaxal6

6 de fevereiro de 2017 at 21:18 Deixe um comentário

Famílias de jornalistas buscam indenizações pelo acidente em Medellín

chapecoenseA Associação Chapecoense de Futebol será processada por sete famílias de jornalistas vítimas do acidente aéreo ocorrido em novembro do ano passado em Medellín, na Colômbia. De acordo com o advogado João Tancredo, que defende as famílias dos profissionais, o clube teria responsabilidade no episódio, apesar de não ter culpa pela queda da aeronave. As informações são do Estadão.

“A Chapecoense terá que ser processada, não tem jeito. Foi o clube que fretou a aeronave e fez o contrato com a empresa aérea. A Chapecoense tem responsabilidade sobre o transportado, ela teria que deixá-lo em seu destino”, afirmou o advogado, que tem entre clientes as famílias do jornalista Guilherme Marques e do produtor Guilherme Van der Lars, ambos da TV Globo.

Tancredo informou que, na segunda-feira, 30, solicitou à Justiça o contrato firmado entre o clube de futebol e empresa aérea LaMia, responsável pelo voo. Segundo ele, o objetivo é saber quem ficou responsável pela indenização, em casos de acidente. “Teria que ter sido feita apólice de seguro em nome dos passageiros. Ela é obrigatória”, disse.

Na apuração do advogado também será verificado quem pagou pelas passagens dos jornalistas. Segundo Tancredo, se foram as empresas de comunicação, elas também podem ter alguma responsabilidade na indenização. Ele afirmou que as famílias dos comunicadores ainda não receberam nada.

Vice-diretor jurídico da Chapecoense, Luiz Antônio Palaoro defendeu que as famílias de todas as vítimas unam forças contra os responsáveis pelo acidente. “O advogado está no direito de fazer o que quiser. Mas não somos responsáveis pelo acidente; somos vítimas também. O ideal é nos unirmos para brigar com seguradoras, com a companhia aérea e com o governo boliviano”, afirmou.

Palaoro informou que, em 8 de fevereiro, haveria uma reunião com a seguradora em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, para discutir as indenizações, mas o encontro deve ser adiado porque a companhia não teria tido tempo hábil para analisar os documentos enviados pela Chapecoense. “Conclamamos as famílias para unir forças. O clube não é responsável direto. O clube ofereceu levar os jornalistas porque havia assentos vagos, mas ninguém foi obrigado a entrar no voo”, disse.

De acordo com o vice-presidente jurídico do clube, as famílias dos jogadores e funcionários do time receberam indenização de 28 salários pela Chapecoense, mais 12 salários pela CBF. “As famílias dos jornalistas também já receberam os seguros feitos por suas empresas”. Palaoro afirmou que a Chapecoense não tem recursos para pagar “indenizações milionárias”. “As pessoas que entrarem contra o clube terão caminho mais tortuoso”.

Ele negou, ainda, que o advogado que representa as famílias dos jornalistas tenha solicitado o contrato firmado entre a Chapecoense e a LaMia. “Fornecemos para a imprensa, para todos que pediram. Ele não pediu esse contrato”, afirmou. O advogado das famílias informou que pediu o contrato à Justiça. (Com informações do Comunique-se)

6 de fevereiro de 2017 at 20:25 2 comentários

Papão fatura alto com a marca Lobo, lança loja virtual e cria tendência

d6e53210-bb4d-3745-af69-a53f27eb30dbNo início de 2016, o Paysandu adotou uma estratégia inovadora para o futebol brasileiro, que já havia sido usada apenas por alguns times europeus, como o Athletic Bilbao: criou uma marca própria de uniformes, a Lobo, que passou a fabricar toda a indumentária bicolor. Um ano depois, é notável o sucesso da iniciativa. Segundo o departamento de marketingdo clube paraense, foram vendidas 110 mil camisas, pouco mais do que o dobro de 2015, quando a Puma era a fornecedora alvianil.

E para celebração total do “Papão”, 100% da renda vai diretamente para o time, diferente de outros tempos, quando apenas parte dos lucros iam. Com isso, o faturamento aumentou 12 vezes, ainda de acordo com diretoria.

Para faturar ainda mais, o Paysandu lançou no final do mês passado a loja virtual da Lobo, que está no endereço lojalobo.com.br. Agora, os torcedores que não moram em Belém e não podem ir às lojas físicas têm a possibilidade de comprar toda a linha bicolor, inclusive a novíssima camisa 2017, lançada há cerca de duas semanas, que tem o escudo de campeão da Copa Verde 2016. Ela sai por R$ 189,90 em até três vezes no cartão.

Quem é sócio-torcedor do “Papão”, inclusive, ganha 10% de desconto nos produtos.

A estratégia do time da Curuzu, aliás, já despertou a atenção de outros times, que também passaram a fabricar o próprio uniforme, de olho na renda 100%: Juventude (19Treze), Fortaleza (Leão 1918), e Joinville, com a 8Cta (será lançada em breve). (Da ESPN) 

6 de fevereiro de 2017 at 20:14 11 comentários

Fogão viaja com novidades para a decisão em Santiago

622_6ff0338f-5297-326c-aeeb-3dc408097a5e

Após utilizar os reservas no Campeonato Carioca, o Botafogo viajou na noite desta domingo para o Chile, onde vai encarar o Colo Colo-CHI, nesta quarta-feira, pela Libertadores. O técnico Jair Ventura fez algumas mudanças nos relacionados para esta partida.

As maiores novidades na lista de relacionados foram as entradas dos volantes Rodrigo Lindoso e Dudu Cearense. Já o volante Matheus Fernandes ficou no Rio de Janeiro. Outra surpresa foi a saída do atacante Joel, que também não viajou com a delegação carioca. O camaronês não foi bem no fim de semana e perdeu espaço.

Com isso, existe a possibilidade do técnico Jair Ventura optar por uma escalação mais defensiva para a partida, com três volantes e sem um atacante de área. Rodrigo Lindoso e Dudu Cearense brigam por um lugar ao lado de Airton e Bruno Silva, com Roger deixando a equipe titular.

O Botafogo entra em campo e tem a vantagem de atuar pelo empate em Santiago. No entanto, uma derrota mínima elimina os alvinegros da Libertadores. Confira abaixo a lista de relacionados para o duelo contra o Colo Colo.

Goleiros: Gatito Fernández, Helton Leite e Saulo

Laterais: Jonas, Marcinho, Victor Luís e Gilson

Zagueiros: Emerson Silva, Marcelo e Igor Rabello

Volantes: Airton, Dudu Cearense, Lindoso, Bruno Silva e João Paulo

Meias: Montillo e Camilo

Atacantes: Roger, Pimpão e Guilherme

6 de fevereiro de 2017 at 17:17 2 comentários

Posts antigos


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 6,982,929 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 19.523 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

fevereiro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: