Paes Loureiro lança livro-poema sobre o golpe de 64

POR PAULO FONTELES FILHO e EGIDIO SALES FILHO
a-loba
A Comissão da Verdade traz à luz do presente, por meio desta publicação, um passado de trevas, a ditadura militar, que assolou por 21 anos o nosso país. Um passado que é preciso ver e compreender para que não renasça em nossas vidas.
Melhor ainda poder fazer isso através da arte, parceira histórica da liberdade, por meio deste belo poema de João de Jesus Paes Loureiro, que versa sobre o golpe de 1964, fato e época em que o autor sentiu na própria carne os sanguinários dentes da loba, que dá título ao trabalho. Isto, hoje, num momento delicado de nossa história em que a loba parece querer rondar novamente nossas casas. Portanto, a publicação deste texto lapidar adquire também um caráter, ao mesmo tempo, factual e simbólico de combate e defesa em favor da democracia.
Em parceria com a Edições do Escriba, esperamos que tal iniciativa ajude a levar ao público leitor uma nova carga de consciência e respeito pelo sistema democrático e, consequentemente, o repúdio por toda e qualquer forma de autoritarismo, obscurantismo e violência que tal forma acarreta.
Adentremos então este belo e rico poema, que, em suas várias camadas significativas, como a história e a sociologia, mantem-se também firme no campo da estética, com sua composição sinfônica, em que o ritmo da escrita ora alegro, ora adágio, ora andante, leva o leitor por uma viagem de beleza e perigo através de um tempo que deve permanecer no passado.
#DitaduraNuncaMais

http://paulofontelesfilho.blogspot.com.br/2016/12/a-loba-comissao-da-verdade-e-edicoes-do.html

Tiago Luiz deve fechar com o Goiás

Emissoras de rádio e portais de Goiânia noticiam a possível contratação do meia Tiago Luiz pelo Goiás. Dirigentes do clube estariam finalizando os acertos com o empresário do jogador. Destaque do Papão na Série B deste ano, o atleta de 27 anos entrou na mira do alviverde goiano. O Vitória-BA também demonstrou interesse na contratação. Para renovar com o Papão, Tiago pediu salário em torno de R$ 120 mil, muito acima do orçamento bicolor para o futebol em 2017.

Funcionários paralisam a Rádio Tupi após 18 meses de salários atrasados

Os profissionais da Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro realizam paralisação de 24h nesta quinta-feira, 08, reivindicando o pagamento de um ano e meio de salários atrasados. De acordo com o Sindicato dos Jornalistas local, o 13º de 2015 também não foi pago, tão pouco o deste ano.

Segundo apurou a reportagem do Portal Comunique-se, nenhum funcionário fará expediente na rádio hoje e os ouvintes que sintonizarem nas frequências 1280 AM e 96,5 FM ouvirão apenas sequência de músicas populares. O Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro afirma que a decisão pela greve foi tomara em assembleia realizada na tarde de segunda–feira, 5, onde estiveram presentes mais da metade dos funcionários dos cerca de 200 que atuam da emissora.

O jornalistas Washington Rodrigues usou o microfone da Super Rádio Tupi na quarta-feira, 7, durante o ‘Show do Apolinho’, para informar aos ouvintes sobre a paralisação. “Estamos mantendo o nível de programação da melhor forma possível no ar, mas realmente está muito difícil para todos. Estou aqui há 17 anos, nunca tive problema, mas agora estamos enfrentando um momento difícil. A tensão é muito grande, as pessoas trabalham estressadas”, disse.

De acordo com o Sindicato dos Radialistas, só neste ano, o condomínio de proprietários da rádio – que é vinculada aos Diários Associados – foi convocados sete vezes para discutir o problema com os salários e ignoraram totalmente a solicitação da entidade.”Além disso, foram movidas seis ações coletivas em nome de todos os trabalhadores da rádio.

O SJPMRJ afirma que há, ainda, 40 processos individuais contra a empresa, pelo cumprimento dos direitos dos trabalhadores. “A precarização do trabalho dos jornalistas e radialistas, sem salários, sem tíquetes-refeição e vale transporte, não impediu que a Tupi permaneça a emissora de maior audiência no estado do Rio de Janeiro e continue dando lucro. A intenção dos funcionários é o pagamento imediato dos salários atrasados e a retomada das negociações”.

A reportagem do Portal Comunique-se tentou contato com a Super Rádio Tupi, mas não obteve respostas.

Confira a íntegra das reivindicações dos profissionais nas seis ações coletivas feitas pelo Sindicato de Radialistas do RJ:

  • Multa de 40% e indenização de dano coletivo por atraso no FGTS (o FGTS foi descontado e não repassado para a previdência). Ação já transitada em julgado (não tem recurso, a empresa já perdeu), em fase de “execução” (calcular quanto deve pra cada um). Todos os funcionários da empresa são beneficiários desta ação;
  • Danos morais para grupo de trabalhadores autônomos sem carteira assinada. Ação de maio de 2015, teve notificação publicada em 11 de novembro de 2016 e está em análise pericial (foi dada entrada, a emissora contestou, e o juiz deu prazo para verificar antes da primeira sentença);
  • Ação de cumprimento para o pagamento da multa pelo atraso no adicional noturno de 2015 (prevista na CCT);
  • Ação de cumprimento para o pagamento da participação de resultados (40% do salário + “abono” ou participação de R$600,00). Ação movida em 2016, a ser promulgada a primeira audiência;
  • Ação de cumprimento para o pagamento do seguro de vida, e do PLR (atrasado em 2014 cuja multa não foi paga). A CCT vigente já previa multa para o atraso. Ação ganha em primeira instância, deferidos todos os objetos. A Tupi recorreu em 2ª instância no TRT pra protelar o pagamento;
  • Pedido de indenização moral por atraso de salário e não reajuste no ticket refeição até hoje, conquistado pela CCT 2014. Ação de 12/2014 – o último momento em que, dentro de alguns dias, o salário dos trabalhadores esteve em dia.

(Do Comunique-se)

Jornalista inicia volta ao mundo de bicicleta

unnamed

Nunca é tarde para correr atrás dos sonhos. O jornalista Israel Coifman está de malas prontas para uma aventura de mais de três anos, uma volta ao mundo de bicicleta. Ele inicia sua viagem no dia 11 de dezembro, em Blumenau (SC), e deve passar por 55 países, percorrendo mais de 50 mil quilômetros.
Apaixonado por cicloturismo, Israel pretende pedalar em média 80 quilômetros por dia, passando por sete continentes. A primeira fronteira a ser cruzada será a do Brasil com o Uruguai, no Chuí (RS). A expedição terá cobertura do site www.lifelapse.com.br e acompanhamento em tempo real por meio do sistema de rastreamento via satélite Spot Gen3.
Nascido em Santos, Israel tem 33 anos e já passou por grandes empresas como MTV e ESPN, esteve presente em duas Copas do Mundo, nas Olimpíadas de Londres e centenas de partidas de futebol.

Por que Blumenau?
Em 2015, quando o jornalista morava no Rio de Janeiro (RJ), decidiu fazer o Circuito do Vale Europeu de bicicleta – trecho que contempla nove cidades do interior de Santa Catarina e mais de 300 km. A cicloviagem durou sete dias e foi determinante na decisão de Israel. “Foi o teste que eu precisava: suportar bem uma difícil viagem, com uma bicicleta carregada, para então sonhar mais alto”, conta o jornalista. “Decidi me desligar do trabalho, vender carro, móveis e eletrodomésticos e fiz de 2016 um ano de planejamentos”.
Emocionado com o circuito, lembrando dos sorrisos que recebeu durante a viagem, os banhos de cachoeira e o desafio de acampar em locais inusitados, Israel decidiu que a cidade de Blumenau (SC) seria o seu ponto de partida.

Acompanhe Israel Coifman nas redes sociais
Facebook – /lifelapseadventure
Instagram – /Israelcoifman
Site – lifelapse.com.br