Decepção azulina

2f1c4a6d-e1da-4332-8f08-428612374345

POR GERSON NOGUEIRA

Remo e Asa fizeram o jogo mais chinfrim da temporada no Mangueirão, e toda a responsabilidade pelo baixo nível técnico pertence aos remistas. Jogadas sem complemento, erros primários de posicionamento, overdose de passes errados, falhas grotescas de marcação, ausência de vida inteligente no meio-de-campo e indigência ofensiva.

Parece impossível um time ter tantos defeitos de uma só vez. Pois o Remo de ontem à noite conseguiu esse questionável feito. Começou o jogo capengando no acompanhamento das jogadas em velocidade do Asa, que tomou conta da intermediária azulina posicionando o veterano Ramalho como organizador e tendo lá no comando do ataque o grandalhão Jefferson Baiano.

Depois de umas três manobras perigosíssimas em cima do lateral direito Murilo, o Asa chegou ao gol em cruzamento perfeito para o cabeceio fulminante de Jefferson, aos 17 minutos. Travado, o Remo não saía para o jogo. Quando tentava, a bola espirrava ou rebatia na canela dos próprios azulinos, aparentemente atordoados com os gritos de incentivo dos 14 mil torcedores nas arquibancadas.

581006ad-8fb8-4e7d-ab0a-5e06c93c2c0d

A vantagem imposta pelo Asa logo de cara foi se consolidando ao longo do primeiro tempo, pois apenas Eduardo Ramos demonstrava lucidez em jogadas pelo meio da defesa do Asa, mas padecia da falta de acompanhamento. Allan Dias, que deveria ser o parceiro nessas investidas, ficou sem função pelo lado esquerdo do ataque, perdendo todas para a zaga adversária.

Fernandinho até evoluía com a bola, mas sem ela virava presa fácil para a marcação, isolado entre os zagueiros. Ciro não apareceu em campo. Isto é, quando apareceu foi por três impedimentos seguidos.

Por isso, não surpreende que, em meio a essa barafunda, a única tentativa válida foi num chute forte de Eduardo Ramos, que passou perto do travessão.

Quando se esperava que Marcelo Veiga providenciasse mexidas drásticas para tentar sacudir o time e dar uma injeção de ânimo, tudo permaneceu como dantes. A primeira substituição só veio aos 5 minutos, quando Sílvio entrou no lugar de Ciro.

O Asa seguia ditando o ritmo, sem se afobar, tocando a bola com rapidez e correção. Um jeito inteligente de gastar o tempo e cansar o Remo, que sofria com a marcação deficiente por parte dos volantes Lucas e Yuri e com o imenso buraco nas duas laterais – Fabiano e Murilo disputavam quem era o pior em campo.

f4cfd85f-43cf-4359-b28d-3f0597adaf6a

Rápido e driblador, Sílvio trouxe uma chama de esperança, mas logo se apagou também por absoluta falta de jogadas no ataque. O Remo só ameaçava quando Ramos pegava na bola e partia em direção à área. O problema é que, vigiado sempre por dois marcadores, o meia foi cansando e no final apenas caminhava em campo.

João Victor seria a próxima atração, substituindo a Allan, que deixou o gramado sob intensas vaias. Talvez não tenha sido o maior culpado pela baixa eficácia dos ataques do Remo, mas contribuiu bastante. Héricles, que entrou a cinco minutos do fim, conseguiu ser bem mais produtivo. Nos acréscimos, quase empatou, mas o chute saiu à esquerda do gol. Sílvio, de puxeta, ainda mandou uma bola no travessão. Fernando Henrique cabeceou rente ao poste. E terminava assim, de forma melancólica, a primeira apresentação do Remo diante de sua torcida nesta Série C.

Pelo que mostrou, todas as esperanças de acesso ficaram temporariamente suspensas. Com a facilidade com que se deixou envolver pelo modesto Asa, é sensato dizer que a luta vai ser para evitar o rebaixamento.

e7e50211-72a5-43d2-9835-f18b8b21d17b

O certo é que o time de Veiga fez lembrar o caos tático dos tempos de Leston Junior.

————————————————–

Com simplicidade, Asa mandou em campo 

Jaelson, técnico do Asa, pode ser saudado como o verdadeiro vencedor do jogo. Armou seu time com solidez defensiva e dinamismo nas ações do meio, entregues ao veterano Ramalho. O mais incrível é que o Asa está treinando há apenas 11 dias e atravessa problemas administrativos sérios.

A determinação de Jaelson contrastou com a demora de Veiga em procurar modificar um quadro inteiramente desfavorável. A entrada de Héricles a 6 minutos do fim é prova disso.

3df84f30-f807-473d-940e-b7127bdbdd63

O Asa foi sempre mais decidido, organizado e perigoso quando partia com a bola dominada. Podia ter chegado ao segundo gol em lance de pênalti não assinalado pelo árbitro no segundo tempo – é verdade que a zaga visitante também botou a mão na bola em lance ocorrido logo depois.

No Remo, além do fato de que foi apenas a segunda rodada, há a expectativa positiva quanto à entrada de Edno e Jussandro na equipe e o retorno de Levy à lateral direita. De todo modo, será preciso mexer com os brios do time, que ontem se mostrou excessivamente atrapalhado na maior parte do tempo. (Fotos: MÁRIO QUADROS)

(Coluna publicada no Bola desta terça, 31)

36 comentários em “Decepção azulina

  1. Amigo Gerson disse tudo. É sempre assim, quando se espera depois do último jogo quando o time até que apresentou aparente melhora no desempenho tático, vem esse desastre no jogo de ontem. Como você disse, todos os males de um time em campo foi visto ontem, fiquei estarrecido em ver tantos erros e afobação em campo. Porém estamos apenas no começo, há tempo para correções, assim espero.

    Curtir

  2. Papo furado esse do ER ao justificar o injustificável, quando teria dito que o ASA veio jogar por uma bola, como se a maioria dos escores dos jogos de futebol não fosse 1 a 0 !! E o Remo, jogou por quantas bolas??? Fato é que, não sabendo tragar a fumaça do tabaco de Arapiraca, do sertão das Alagoas, o REMO levou fumo do ASA.

    Curtir

  3. Fomos em bom número pra uma segunda-feira. 14 mil ficaram decepcionados com uma pífia apresentação azulina. Não era o Leão em campo e sim um bando vestindo a camisa do Remo.

    Não houve soberba, isso é mania do rival de querer que o Remo se porte como um vira-latas frente ao “Barcelona do Norte”. Esperem sentados.

    O que houve foi um time completamente desorganizado e alguns arremedos de jogadores em campo. Péssima apresentação e resultado justíssimo. Na real, se o Remo continuar desse jeito é sério candidato à queda. O técnico precisa começar a mostrar resultados nas próximas 3 rodadas ou quem roda é ele. E se rodar técnico, é crise pela frente.

    Curtir

  4. Lucilo pra mim ser o Marcelo Veiga não vencer do River-Pi ele com seus jogadores podem pegar rumo deles ontem ele disse quer o Remo só vai ser entrosar na terceira ou quarta rodada kkkkk até acho graça teve tempo pra preparação do time já tá aparecendo como o Leston júnior

    Curtir

  5. Quando digo que a alegria dos secadores, torcedores do clube cor de funeral, se dá somente quando o Paysandu perde, eles ficam amuados! Eu choooooooro!!!

    Passaram 3 rodadas secando o Glorioso Bicolor até o jogo da vitória sobre a Luverdense e hoje vão secar novamente. Amanhã eles aparecem, levando em conta que o Papa títulos do norte, não está em uma fase boa e quando joga fora dos seus domínios nem sempre tem sucesso! Faz parte! Vamos aguardar!

    Saudações!

    Curtir

  6. Com Marcelo Veiga a beira do gramado, faltou orientação ao time e sobrou palavrões……..parece que gosta de comida temperada com muito “alho”.

    Curtir

  7. A Grande verdade é que este elenco remista é fraquíssimo, a começar pelo goleiro mão de lajota Fernando Henrique,esse Alan Dias é muito ruim, todos os adversários sabem que se o Eduardo Ramos for bem marcado o time remista pouco produz,não sei não,mas creio que a luta vai ser para escapar do rebaixamento.

    Curtir

  8. Beleza, Gerson. Seu texto tem, a meu ver, o principal mérito de trazer a situação à dura realidade ora vivida pelo time azulino, bem diferente do tom panglossiano que boa parte do noticiário adota, tudo leva a crer, visando motivar a torcida.
    Ora, é legítimo mexer com a galera mobilizando-a a ir ao estádio incentivar seu time. Desde que, obviamente, esse incentivo não implique ocultação de fatos que deem ao torcedor a noção exata daquilo que o espera.
    Nesse sentido, o chamamento ao torcedor acaba virando tiro no pé, conforme constatou-se na imagem televisiva de um torcedor irado e ululando contra Allan Dias, na hora em que este foi sacado do time.
    Uma derrota no domingo, diante do River, em Teresina, resultado normal dada a qualidade do adversário, pode acarretar a debandada do torcedor das arquibancadas, desencantado com a realidade diferente do quadro cor de rosa pintado no noticiário.
    Se tivessem desde o início exposto as dificuldades, pedido paciência junto com o incentivo, talvez provocassem menos sentimento negativo. Infelizmente, o tom ufanista, irreal e enganador pode por tudo a perder precocemente..

    Curtir

  9. Atenção, o cantor Biafra presta homenagem ao time do remo com trechos da sua música Sonho de ìcaro:

    voar voar , subir subir, ir por onde for, descer até o ceu cair, ou mudar cor , anjos de gás, ASAS da ilusão , e um sonho audaz, feito um balão…….

    no ar no ar, eu sou assim, brilho do farol, alem do mais, margo fim, simplesmente sou……

    o que sai de mim feito prazer, é querer sentir o que eu não osso ter,
    o que faz de mim ser o que sou, é gostar de ir por onde ninguem for….

    fugir meu meu bem para ser feliz, so no polo sul, não vou mudar do meu país, nem vestir azul., faça sinal, cante uma canção sentimental……

    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaka
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtido por 1 pessoa

  10. O que eu vi na partida de ontem foi o Fantasma perder a chance de construir um placar elástico. Estão esquecendo que o saldo de gols decide a vaga.
    O time paraense não existiu.
    Fantasma (do rebaixamento) 1 x 0 Vendedor de Lajotas.

    Curtido por 1 pessoa

  11. O Remo voltou a intranquilizar a sua enorme torcida. Pensávamos que com a saída daquele enganador Leston e seu bando de pernas-de-pau e, com a vinda de novo treinador, o time fosse melhorar. Mas, qual nada. O que se viu ontem foi uma zombaria à torcida. Um time todo desconectado, meio campo perdido, laterais bizonhos, ataque sem jogadas consistentes. Égua! Perder no Mangueirão para o fracote Asa do interior do pobre estado das Alagoas. Ridículo. Ei, diretoria: outro papelão? Vamos ser rebaixados para a série D de novo? Mandem embora urgente esses dois pernas-de-pau que ocupam as laterais. Até os juvenis serão melhores. Cadê o Tsunami? Mandem embora esse Allan; chamem o Ciro para uma conversa para ver o que ocorre com esse rapaz, que começou bem, mas parece que desaprendeu. Cuidem de por em forma o Eduardo Ramos Martins, que cansa sempre no segundo tempo, mas ainda é a referência do time; cuidem urgente da saúde do Levy. Do jeito que ocorreu ontem é inaceitável.

    Curtir

  12. Gostaria de pedir aos amigos da crônica esportiva que se possível tentassem levantar a quantidade de jogadas que o Fabiano tentou, entre marcação/passe/cruzamento/roubada de bola, pra ver quanto ele atingiu de “aproveitamento”. Sinceramente não sei quando vi um time do Remo pior do que esse.. Ontem pela primeira vez na vida me arrependi de ter ido assistir a um jogo do meu time.

    Curtir

  13. Até concordo com o título do amigo Gerson, Decepção Azulina. Todavia, conhecendo a série C e sabendo que o Remo acabou de ascender de série depois de longos anos no umbral, o resultado não é nenhuma surpresa, afinal, o Asa é sempre competitivo dentro desta competição, estando, no momento, no mesmo nível ou até acima (falo de clube) do Remo.

    PS.: Em 2014, o Asa ganhou do Paissandu jogando em Alagoas e empatou jogando no Pará.

    Curtir

  14. Amigo Celira, favor corrija urgente sua informação porque em 2014 esse Asa levou surra do bicolor 1×0 em Paragominas gol do Picaexu e nos venceu lá em nas alagoas, jamais um timinho desse faria tabu contra o bicolor maior do norte.

    Curtir

  15. Eu acredito mesmo que o time do remo é preocupante para os azulinos porque confesso que jamais tinha visto na história do futebol Belém, a nível de bastidores, o grande comentarista bola de ouro C Castilho tão irritado com o time azulino a ponto de falar com clareza que o tíme foi apático, ridículo etc etc. O narrador jones tavares que é conselheiro remista não narrava um jogo com derrota azulina em Belém acho que desde os anos 70. Incrivel mas o Remo sempre venceu quando ele narrou jogos.

    Curtir

  16. Não é difícil entender um time que foi eliminado duas vezes na mesma semana no mês de abril, voltar a perder em casa. Tem um técnico que ficou quase 20 dias só treinando, e ontem não apresentou nenhuma organização tática, continua sendo aquele time com um amontoado de jogador correndo de um lado para o outro, sem chegar a lugar nenhum. Isso é só o começo, com certeza brigará para não cair para a série D, que é o seu eterno lugar.

    Curtir

  17. Quero aproveitar a oportunidade para destacar a participação ilustre no blog do grande professor universitário Helio Mairata, bom profissional e meu ex professor de Economia na UFPA. Fora os fakes que insistem em perturbar a paz, este blog tem muitas pessoas ilustres como frequentadores.

    Curtir

  18. O Remo deveria ter jogado, pelo menos, dois amistosos contra Águia, São Francisco, São Raimundo ou até mesmo o Nacional-AM que vêm se preparando para a Série D. Este último, sem competições oficiais, vive implorando por adversários para jogar, no entanto, os dirigentes remistas preferiram golear a fraquíssima seleção de Bragança. Resultado: o time não foi devidamente testado.
    Outra coisa, o Dadá deveria ter sido recontratado logo que o time do Leston Júnior fracassou para já ir ganhando ritmo para a Série C. O Time remista tem poucos regionais no elenco, por isso, é ilusão esperar entrega dos jogadores vindos de fora. O meu medo é que a culpa recaia sobre o Eduardo Ramos, o único que se salva do elenco, mas que não pode jogar sozinho.

    Curtir

  19. Verdade, amigo Nelio. O nosso bicolor ganhou em Castanhal por 1-0 e perdeu por 1-0 no jogo de volta. Peço desculpas pelo equívoco.

    Apesar desse equívoco, meu comentário visa destacar a competitividade da série C desde que passou a contar com vinte times.

    Por exemplo, neste mesmo 2014, o PSC empatou com o Botafogo e Crac e perdeu para Fortaleza e Cuiabá, todos jogos em Belém.

    Se fossemos julgar que o PSC deveria ser o “maioral”, os resultados contra Crac, Cuiabá e Botafogo seriam da ordem do humilhante … Sabemos b que não eram. A série C é muito competitiva.

    Curtir

  20. Poucas vezes li o titular do Blog num tom assim tão elevado com as desventuras azulinas dentro das quatro linhas. Mas, acho justificado.

    Afinal, ontem, realmente, foi um autêntico festival de ruindade, mesclado com uns traços de inocuidade. Entre os ruins inscrevo com destaque a dupla de laterais, o Max, o Alan, o Ciro. Entre os inócuos o Iuri, o Fernandinho, o Héricles e o Sílvio.

    Salvou-se mesmo, só o Eduardo Ramos, enquanto teve fôlego.

    Demais disso, é urgente que se providencie um goleiro. O Fernando Henrique já anuncia uma grande obra cheia de penas, basta que a competição aperte.

    Enfim, ao Fenômeno, só resta torcer que o treinador consiga ordenhar esta pedra chamada elenco azulino.

    Curtir

  21. Creio que esse jogo serviu para uma coisa: devemos rever nossas expectativas e nos contentar em ver o Remo pelo menos garantindo a permanência na série C no final desse campeonato. Já será um grande avanço e um alento para que possamos ter esperança de subir à serie B em 2017.

    Curtir

  22. Concordo com Helio Marata, ontem os jogadores e comissão técnica pareciam estar de zombaria com a torcida. O Remo foi um time sem vontade nenhuma, poucas peças se entregaram e buscaram a vitória. Eduardo, Fernandinho e talvez os volantes foram os únicos que pareciam querer jogar. O resto não tava nem aí. Alan Dias além de MUITO RUIM, joga sem vontade nenhuma. Os laterais são peladeiros, nunca vi caras mais ruins q esses.
    Levy tem que voltar urgentemente, e o jussandro tem q entrar logo tmb.
    Não irei mais aos jogos do Remo. Não por enquanto. Peguei chuva, engarrafamento, enfrentei o cansaço depois de um dia de trabalho na segunda feira. Queria no mínimo uma equipe aguerrida, buscando o resultado, querendo jogo, por mais que saísse derrotada. Porém o que se viu foi o contrário. Time apático e sem vontade. Total desrespeito ao torcedor que foi ao estádio.
    Vou continuar pagando o sócio torcedor, pois sou remista e quero o bem do clube. Mas perder meu tempo indo incentivar esses jogadores que desrespeitam 17 mil pessoas que trocaram o conforto de suas casas para ir ao estádio em uma segunda feira, não farei mais. Não enquanto não mudar a postura da equipe.

    Curtir

  23. Leston Junior deve estar rindo muito a essa hora… E saber que o mesmo era pra ter acontecido com o Dado…É como falo, precisamos identificar o erro, corretamente…As vezes, é do técnico mas, na maioria das vezes, é dos dirigentes.

    Curtir

  24. Amigo Claudio, Leston não deveria nem ter sido contratado. O time de Leston, enfrentando adversários bem mais fraco, se enrolava todo… Sinceramente, não há demérito, nem para o Remo e nem para Veiga, em perder para o ASA, time que vem disputando bem a terceira divisão e é difícil de ser batido… O Remo tem que baixar a bola e redescobrir o que é disputar a série C antes de pensar em acesso… Pensar grande demais derruba times, vide PSC série B de 2013.

    Curtir

  25. A Culpa do Clube do Remo está assim deve ser creditada aos Conselheiros e Diretores que não se unem em prol da Agremiação do Clube de Periçá, e, em especial, do Sr. Presidente que deus menos importância ao campeonato paraense, Copa do Brasil e Copa Verde, pois, segundo ele, a direção estava se planejando para a série C.

    Curtir

  26. Acho que o Remo deveria jogar com três volante e com o Levy sendo testado no meio, pois, embora sendo horroroso nos cruzamentos, é bastante voluntarioso e tem fôlego pra fazer a ligação entre a defesa e o ataque. Na minha opinião, jogar com dois meias adiantados e dois volantes é suicídio.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s