Vote no melhor jogador do 1º turno do Parazão

Histórias do mundo da bola

CcpY5pdWAAIvu4h

Seleção inglesa de 1970 posando para fotos antes do confronto histórico com o Brasil (vitória do escrete canarinho em golaço de Jairzinho, após genial manobra de Tostão e Pelé), na Copa do México. Gordon Banks no gol, o capitão Bobby Moore na zaga e Bobby Charlton no meio-campo eram os destaques do English Team, treinado por Alf Ramsey.

Elogiado por Cléo Pires, Baixinho parte para o ataque

CcpqCwTW0AAT3nY

O ex-atacante e atual senador Romário foi alvo de declarações da atriz, que disse, em entrevista ao programa “De Cara”, da rádio FM O Dia, na noite desta quarta-feira, 2, que já se imaginou com o ex-jogador. “Achava o Romário sexy e imaginava momentos da minha vida com ele, fico tensa quando o encontro, sem saber o que falar”, disse Cleo. Oportunista como nos bons tempos de futebol, Romário partiu para cima e respondeu a atriz pelo Facebook. “No meu time ela é mais do que titular, é camisa 11!”. O ex-jogador pediu ainda que alguém avisasse para a moça que ele está solteiro.

“Muita gente aqui comentado sobre as declarações da atriz Cléo Pires. Como já disse antes, claro que me sinto honrado em saber que uma mulher como a Cléo deu uma declaração dessa. Ela é linda, maravilhosa, como pessoa e como atriz. Quando soube disso, anos atrás, até disse que era tarde, mas agora deixou de ser. Alguém avisa a ela que eu também estou solteiro…kkkkk No meu time ela é mais do que titular, é camisa 11!”, diz a publicação na página oficial de Romário.

Uma vez matador, sempre artilheiro hehe…

Joelson é sorteado para apitar o Re-Pa

Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (CBF 2) foi sorteado e será o árbitro do Re-Pa decisivo do primeiro turno, domingo, às 15h, no estádio Jornalista Edgar Proença. Considerado um dos melhores apitadores paraenses, Joelson comandou a semifinal entre Independente x Remo e foi o árbitro da estreia do Papão no Parazão contra o Paragominas, na Curuzu. Seus auxiliares no clássico serão Luís Diego Lopes e Lúcio Ipojucan Matos. O quarto árbitro será Djonaltan Araújo e o quinto, Dimmi Yuri Cardoso.

PM promete esquema com 1 mil homens no Re-Pa

20160129110056_0

Foi apresentado na manhã desta quinta-feira, 3, em reunião no Batalhão de Polícia Ambiental, em Belém, o esquema de segurança que será montado pela Polícia Militar para a final do primeiro turno do Campeonato Paraense, entre Paissandu e Remo, neste domingo, 6. Ao todo, mil policiais militares participarão do esquema desde o Mercado de São Brás até o estádio Jornalista Edgar Proença, o Mangueirão. Tanto a área interna quanto a externa do campo serão contempladas com o monitoramento da polícia.

Ajudarão a compor a operação homens da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam); de Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam), cavalaria, tropa de choque, canil e guarda municipal, além da segurança privada organizada pelos próprios times.

“Estamos trazendo efetivo de cidades vizinhas para reforçar o esquema de segurança”, disse o chefe do Departamento Geral de Operações da PM, Sérgio Afonso. O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) e o Batalhão Rodoviário também darão suporte ao jogo. A Polícia Civil disponibilizará uma delegacia móvel, que estará equipada para atender o cidadão que for ao estádio, e o Corpo de Bombeiros estará presente tanto com militares quanto ambulâncias.

Trânsito

O clássico, que mobilizará cerca de 25 mil torcedores, contará também com ação de fiscalização do Detran, que atuará no entorno do anel viário do Estádio Olímpico. Vinte e cinco agentes em sete viaturas e quatro motocicletas garantirão a organização e orientação de condutores e pedestres nesta área, em parceria com demais órgãos da Segurança Pública.

No domingo, não serão vendidos ingressos no Mangueirão e também não será permitido estacionar o carro dentro do estádio, só será liberada a entrada para o torcedor que comprar o ingresso do estacionamento antecipadamente. O Detran orienta que os motoristas estacionem seus carros nas avenidas Augusto Montenegro e Transmangueirão.

Walmero Costa, agente do Detran, ressalta que os veículos que estiverem estacionados irregularmente, impedindo a circulação de pedestres e veículos pela área, serão removidos ao parque de retenção e aplicadas as medidas administrativas, de acordo com o artigo 269, e multados de acordo com o artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Na tarde desta quinta-feira, uma nova vistoria será feita pelos órgãos de segurança, no Estádio Olímpico, a fim de verificar as atuais condições físicas e estruturais do espaço para receber a partida da final do Parazão. (Com informações da Secom)

Estudantes negros quase triplicam no ensino superior no Brasil em 10 anos

10307-negros-quase-triplicam-no-ensino-superior-no-brasil-em-10-anos

Os jovens de 18 a 24 anos que frequentam ensino superior no Brasil somavam 58,5% do total de estudantes nessa faixa etária em 2014. O percentual é 25 pontos percentuais maior que o de dez anos antes. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e mostram que, em 2004, esse número era de 32,9%.

Os dados da pesquisa do IBGE foram calculadas com base no número de estudantes, e não no total de jovens – o que incluiria também os que não estudam. Apesar de o IBGE destacar a tendência de democratização do ensino superior nos últimos dez anos, os dados indicam que os estudantes brancos e da parcela mais rica da população ainda são maioria nas universidades do país.

De acordo a pesquisa, em 2004, 54,5% dos estudantes do ensino superior na rede pública pertenciam à parcela 20% mais rica da população brasileira – com renda média por pessoa da residência de R$ 2,9 mil. Dez anos depois, esse grupo ocupava 36,4% das vagas nas universidades públicas.

Já a proporção de estudantes pertencentes ao quinto mais pobre da população, com renda per capita média de R$ 192, era 1,2% em 2004 e chegou a 7,6% dos alunos de faculdades públicas em 2014.

“Além do contexto favorável à ampliação do ensino superior, proporcionado pelo aumento do nível educacional da população e pelas melhorias nas condições econômicas das famílias que liberam jovens para seguirem estudando, em vez de se dedicarem exclusivamente ao trabalho, a democratização do acesso ao ensino superior foi estimulada por uma série de políticas públicas”, diz o texto da pesquisa.

Em 2004, 16,7% dos estudantes pretos e pardos com 18 a 24 anos frequentavam o ensino superior, segundo a pesquisa, número cresceu para 45,5% em 2014. Apesar do aumento, os negros não chegaram a atingir o percentual que estudantes brancos já apresentavam em 2004: 47,2%. Para esse grupo, o aumento verificado nos últimos dez anos fez com que 71,4% dos estudantes brancos de 18 a 24 anos estivessem na universidade.

O percentual de estudantes jovens que cursam no nível superior já era maior entre as mulheres em 2004, e a distância se ampliou com um crescimento mais acelerado que elevou o percentual a 63,3% em 2014. Para os homens, o percentual chegou a 53,2%.

estudantesibge-1-967x1024jpg-1455823306

A alta no percentual de estudantes cursando nível superior aconteceu em todas as regiões brasileiras, que continuam a apresentar patamares desiguais. No Sul, a proporção subiu de 50,5% para 72,2% no período pesquisado, enquanto no Norte, o percentual subiu de 17,6% para 40,2%. O maior crescimento, de 29,1 pontos percentuais, foi verificado no Nordeste, onde a proporção passou de 16,4% para 45,5%.

Jovens que só estudam

O IBGE também comparou dados sobre a dedicação dos jovens ao estudo. O número de jovens brasileiros entre 15 e 29 anos que estuda e trabalha ao mesmo tempo caiu na década pesquisada. Em 2004, 22,6% das pessoas nessa faixa etária se dedicavam às duas atividades, proporção que chegou a 17,3% em 2014.

Como o grupo de jovens que não estuda nem trabalha se manteve praticamente estável, respondendo por cerca de um quinto da população de 15 a 29 anos, o IBGE destacou o crescimento no número de pessoas que se dedicam exclusivamente aos estudos, que subiu de 59,3% para 67%. “É uma informação relevante e muito boa. Quando o jovem pode se dedicar de forma mais plena ao estudo, espera-se que ele tenha melhor rendimento e compreensão”, diz a pesquisadora do IBGE Cintia Simões.

Nos dez anos pesquisados, o número de pessoas entre 20 e 22 anos que terminaram o ensino médio ou níveis de ensino superiores também cresceu. Na população geral, esse número aumentou de 45,5% para 60,8%, sendo mais expressivo entre negros que brancos.

Entre os pretos e pardos, o percentual da população nessa faixa etária que concluiu o ensino médio chegou a 52,6%, percentual menor do que já era constatado para brancos em 2004 (57,9%). Em 2014, os 71,7% dos brancos nessa faixa etária tinham terminado o ensino médio. (Com informações do CEERT – Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades)

Remo é o 4º no ranking de público dos estaduais

DO SR. GOOOL
edb272a4-6f72-4aa0-8510-c910ada1289f

Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, Internacional, Sport e Coritiba são os clubes do Campeonato Brasileiro da Série A que lideram o ranking de público dos seus Estaduais. As três primeiras colocações são de clubes do Brasileirão. O Corinthians lidera com ampla folga. O Timão, dono da melhor marca durante a temporada, ostenta média de 29.796 pagantes no Paulistão. O Cruzeiro, por sua vez, lidera o ranking do Estadual Mineiro com 14.707 torcedores. Já o Fluminense fecha o Top 3 com média de 11.120 fãs no Cariocão.Além do trio, apenas Remo (10.581) e Itumbiara (10.198), líderes de público no Paraense e no Goianão, respectivamente, ultrapassam a marca de dez mil apaixonados.

O Internacional aparece no 6º lugar com média de 9.667 pagantes. Dois lugares abaixo está o Sport (7.660). Entre os clubes do Brasileirão que lideram os rankings dos Estaduais, o Coritiba é aquele que ostenta a menor média (6.329).

Enquanto isso, os Estaduais da Bahia e de Santa Catarina, que poderiam ter um líder da Série A, apresentam clubes da Série B na 1ª colocação. O Bahia lidera o ranking baiano com média de 6.743 apaixonados, enquanto o Joinville é o melhor colocado em Santa Catarina (4.996). Vitória, Chapecoense e Figueirense são os representantes destes estados na Série A.

O Sr. Goool é o único site que acompanha o público pagante, assim como as rendas bruta e líquida de todos os Estaduais. Valorize o trabalho do Sr. Goool e divulgue os rankings entre seus seguidores.

Confira o ranking com os líderes de público dos Estaduais:

1 – Corinthians-SP – 29.796

2 – Cruzeiro-MG – 14.707

3 – Fluminense-RJ – 11.120

4 – Remo-PA – 10.581

5 – Itumbiara-GO – 10.198

6 – Internacional-RS – 9.667

7 – CSA-AL – 9.403

8 – Sport-PE – 7.660

9 – Bahia-BA – 6.743

10 – Botafogo-PB – 6.676

11 – América de Natal-RN – 6.340

12 – Coritiba-PR – 6.329

13 – Joinville-SC – 4.996

14 – Moto Club-MA – 4.979

15 – Ceará-CE – 4.005

16 – Confiança-SE – 3.986

17 – Gama-DF – 3.156

18 – Corumbaense-MS – 1.973

19 – Ríver-PI – 1.619

20 – Dom Bosco-MT – 1.264

21 – São Mateus-ES – 1.023

22 – Galvez-AC e Rio Branco-AC – 600