Presidente da CBF prestigia abertura do Parazão

5368898b-4920-466d-9cf3-7d4535ba532c

46cbe7ba-9c30-423b-847e-0734962083a0

Os times do Tapajós e do São Raimundo fizeram no sábado (30) à tarde, no estádio Barbalhão, em Santarém, a partida de abertura do Campeonato Paraense. Foi um jogo tecnicamente fraco, mas com muita correria e disposição por parte das duas equiples. O empate em 2 a 2 espelha o equilíbrio que reinou no confronto.

Foi a primeira vez que o Parazão começou no interior do Estado. Prestigiada pelo presidente da CBF, Antonio Carlos Nunes, a abertura foi realizada no gramado recuperado do Barbalhão. O investimento foi de R$ 1.069.320 – R$ 975 mil oriundos do Ministério dos Esportes e R$ 94.320 de contrapartida do Estado.

f78c304a-1cc0-408e-8be7-7a326eaea1d5

No início da partida, poucas chances e excesso de passes errados. A primeira boa jogada resultou em gol. Aos 24 minutos do primeiro tempo, o ala Mauryan chutou cruzado para a área do Pantera e o zagueiro Negueba desviou para as redes. Apesar do toque do defensor, o árbitro Andrey da Silva e Silva anotou gol de Mauryan.

Com a vantagem, o Tapajós diminuiu o ritmo e a primeira etapa terminou com a vitória parcial do Boto, que foi dirigido pelo auxiliar Caio César, pois o técnico Vítor Hugo cumpre suspensão.

O Boto voltou para a segunda etapa com Rafael no lugar de Adriano Miranda e passou a explorar mais as laterais, sem muito sucesso. Aos 21 minutos, veio o empate do S. Raimundo, com Wanderlan. O Pantera se animou e continuou pressionando. Chegou ao desempate aos 26 minutos. Jefferson tocou na saída do goleiro Jader.

Quase ao final, Mauryan cobrou com precisão falta próximo à área, sem defesa para o goleiro Carlão e dando números finais ao clássico tapajônico.

O Tapajós volta a jogar no próximo dia 13 no Barbalhão contra o Independente, às 18h. O São Raimundo enfrenta o Paragominas na próxima quinta-feira (4), em Paragominas.

TAPAJÓSJader; Amaral, Luís Gustavo, Yan e Mauryan; Léo Carioca, Jânio, Adriano Miranda (Rafael Tanque) e Patrick; Bené e Moisés (Haif). Técnico: Caio César.

S. RAIMUNDO – Carlão; Marcos, Mateus, Edilson e Negueba (Renato); Wanderlan, Ramon, Sandro e Jeferson; Carlinhos e Caçula (Tiago). Técnico: Samuel Cândido.

Árbitro: Andrey da Silva e Silva. Auxiliares: Ederson Brito de Albuquerque e Odonaldo Antonio Junior.

Público: 6.665. Pagantes: 6.198 (credenciados: 467). Renda: R$ 124.830

95342ae5-0fb6-4250-be3d-7fd478676a8e

5cf108f8-3fd0-498c-a42b-f31176fecd2e

(Fotos: Arthur Costa/Santarém)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s