Torcida única no Re-Pa: repercussão negativa força recuo na adoção do sistema

ae4c77cc-1223-4127-ab08-53aafd2be844

Em face da impacto da notícia sobre a adoção do sistema de torcida única no Mangueirão para o clássico Re-Pa, a Polícia Militar emitiu nota de esclarecimento na tarde desta quinta-feira garantindo que “até o presente momento não houve nenhuma determinação, orientação ou decisão acerca do uso das praças desportivas que receberão os jogos do Campeonato Paraense 2016 nos municípios do Estado”, sem tocar diretamente na questão da torcida única para o Re-Pa.

A nota cita ainda a avaliação de segurança dos estádios – a cargo de uma equipe formada pela própria PM, Corpo de Bombeiros e FPF -, iniciada no final do ano passado e ainda em andamento para a vistoria completa dos estádios, incluindo os dois da capital, Mangueirão e Curuzu.

Admite, porém, que em função das obras do BRT, o estádio Jornalista Edgar Proença “deverá ter uma atenção especial e as discussões e ajustes envolverão a Prefeitrura de Belém para a liberação das duas vias de acesso” ao estádio, “o que deverá acontecer a tempo dos jogos” do Parazão.

O blog mantém a informação inicial, baseado em fontes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Um estudo técnico feito pela própria PM aponta para a necessidade de limitar o acesso ao estádio Mangueirão a uma só torcida em jogos entre Remo e Paissandu, em virtude das obras do BRT na Augusto Montenegro. O relatório cita como exemplos os clássicos Cruzeiro x Atlético e Internacional x Grêmio, que já adotam o sistema, por razões de segurança. A repercussão extremamente negativa junto aos torcedores pode fazer com que a decisão seja revista. (Foto: MÁRIO QUADROS)

8 comentários em “Torcida única no Re-Pa: repercussão negativa força recuo na adoção do sistema

  1. Atenção, analisem essa foto e comprovem com todas as letras que não somos nós bicolores que achamos que o remoleza está um caminhão no atoleiro. A própria torcida remoleza colocou uma faixa que aparece lá no fundo dizendo: “Remoleza a tua torcida vai te levantar” ou seja só se ajuda a levantar quem está caído, debilitado , fraco, trôpego ou no atoleiro. verdade ou não????????

    ah remolezas!!!!!!! kakakakakakakakakakakakakakakaka

    Curtir

  2. Ah, mas só os termos em que a Nota de Esclarecimento já mostra que a informação veiculada no Blog é procedente.

    Curtir

  3. Respeito a opinião dos demais mas na minha opinião acho muito boa essa decisão pois levando em consideração de vc poder levar sua familia com segurança e muito bom pois a segurança já vai estar voltada exclusivamente a um tipo de torcida que são acostumadas a fazer o terror tenho um filho e nunca me arrisquei a leva lo a um rexpa pois na ultima vez que fui fui assaltado p determinados grupos chamados organizados funciona em belo horizonte funciona em porto. Alegre. Vamos testar galera quantos rexpa não tem aqui e depois dos jogos não tem reclamação de torcedores de ambos se for assim levo minha familia pra ver o maior clube do norte do pais papão um abraço

    Curtir

  4. Enquanto isso o calhambeque da mucura rouba vaga continua na oficina trocando o motor q fundiu kkkkkkkkkk é por isso q eu digo: mucura rouba vaga nossa eterna piada e nosso eterno freguês kkkkkkkkkk né vira-lata? Kkkkkkkkkkk vai dormir

    Curtir

  5. Se a mucura rouba vaga de merda depender da torcida pra levantar, tá lascada kkkkkkkkkk mucura, agradece ao Tourinho da SUDAM q se não fosse ele a mucura a já tinha falido kkkkkkk é mentira vira-lata? Kkkkkkkkkkk

    Curtir

  6. Um absurdo esse tipo de atitude.

    Em todos os Repas que eu fui nunca tive nem vi nem um problema entre torcedores comuns de ambos os lados. Inclusive, na mesma barraca, ficava todo mundo tomando cerpa e comendo gato com farinha.

    A confusão só começava quando as organizadas chegavam.

    É preciso desenhar, senhores responsáveis pela nossa segurança?

    Curtir

  7. Se o relatório da PM cita Porto Alegre, o faz de forma muito burra.

    É preciso entender uma crucial diferença. Há pelo menos uns 60 anos, a dupla Grenal possui estádios privados. E justamente, por isso, o dono da casa cede 10% da carga de ingressos ao rival em dias de clássico.

    Não se trata de torcida única.Desde que me entendo por gente é assim. E o primeiro Grenal que assisti na vida no finado Olímpico foi em 1993. Já era exatamente deste jeito.

    Aliás, de 2014 pra cá, Grêmio e Inter vem dando exemplo de civismo com setores dedicados a torcida mista em ambos os estádios em dias de clássico, nos quais amigos, familiares e casais de gremistas e colorados se misturam para assistir ao jogo.

    Repito, se a PM do Pará afirmou isso em seu relatório passou um atestado de má informada. Quanto a BH, não tenho conhecimento sobre o tema.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s