11 comentários em “Corinthians goleia e elimina Papão da Copinha

  1. A verdade é para ser dita doa a quem doer mesmo que ela seja dolorosa demais. Ninguém pode se omitir de falar e tornar pública a verdade porque é covardia, fraqueza que so os fracos de espirito possuem. Por nunca tive e jamis terei
    medo de falar a verdade e não quero nem saber se alguém vai sofrer até ranger dos dentes ou não. Por isso afirmo que essa surra de 6×0 foi muito humilhante em cima do lobinho, mesmo que o vencedor seja o poderoso e arquilmilionário Cocôrintians . Uma derrota de 6×0 minha gente mesmo no futebol amador é pura humilhação e massacre do vencedor em cima do seu adversário. E afirmo que so não foi mais cruem, mais doloroso e horripilnate 7×0 porque o Cocôrinthians ficou apavorado de levar um processo terrivel do Paysandu que onde poderia pagar um polpuda inidenização ao bicolor porque o placar de horripilante de 7×0 em times do Pará só quem pode aplicar é o Paysandu, o qual aplicou no seu maior rival Clube do Remo, sendo a maior surra já aplicada num clássico no mundo entre dosi times mais rivais da cidade. No Brasil nunca houve placar igual e so chegaram perto onde na No Nordeste ja houve vários 7×1, 7×2 etc. mas nunca 7×0, No resto do país entre dois times muito rivais so houve também 7×1, 7×2 , onde o poderoso Botafogo tomou de 7×1 do FLU. Daí 7×0 em clássicos muito rivais é record mundial no GUINESS BOOK e por isso a diretoria bicolor registrou a marca 7×0 contra o Clube do Remo em cartório nacional e mundial no final de 2015, já entrou 2016 com a marca registrada e a partir daí nenhum outro clube do Brasil pode aplicar 7×0 em times do Pará, pode ser até maior ou menor , mas se for 7×0 o Paysandu processa e ganha a causa na justiça porque so ele pode aplicar essa goleada humilhante a partir de agora. E por falr em goleada humilhante eu como torcedor do Paysandu tenho a honra de afirmar que pelo menos jogando dentro de Belém, sob os olhos da Nação Bicolor, jamais na história do futebol nacional e mundial algum time de fora veio aqui e meteu mais de 5 gols no meu Paysandu. Jamais alguém bateu o Paysandu m Belém por 6 gols e veham que já jogamos aqui contra poderosos no mundo: Boca Junior, Penharol , C Portenho, Universidad catolica, Cristal,, etc e nunca meteram 6 no Papão. por isso que somos soberanos no norte. ….

    Curtir

  2. Pensei que o Lay não seria superado em sua sandice, mas o Nélio conseguiu pelo menos neste post destilar sua loucura, querendo tapar o sol com a peneira, tentando desviar o foco da surra que a mucurinha (mucurakids) levou do Gambá, e olha que desta vez não teve ajuda do juiz ao time de Sampa. Estão a 2 anos sem título e continuam arrotando caviar, cair na realidade também é sinal de educação, ou o cara bebe antes de escrever, ou deixa de tomar o tarja preta no horário certo. acordem!!!! foram acreditar no minowa e esquecem dos “Geraldos Rabelos”, “Migueis Pinhos” Luiz Omar” e Roubagol da vida, os dois primeiros dizem os jornais que faziam de tudo para ganhar títulos, o SuperMaia já ensaia ser um Miguel Pinho ou Geraldo Rabelo fazendo pacto até com o Marin, Del Nero via Coroné para conseguir as “coisas” te dizer.

    Curtir

  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  4. O jogo serviu pra mostrar a enorme diferença entre um clube que, de fato, administra sua divisão de base, como instância alimentadora de seu futebol profissional, e outro que apenas responde demandas imediatistas na disputa de competições.
    Acho que foi o próprio presidente do Paysandu que, em recente entrevista, falou dos planos do clube em superar esse estágio eminentemente amadorístico, dotando as categorias de base de um centro de treinamento digno do nome; equipe de profissionais capazes de preparar atletas que, ao chegar no limite da idade de deixar a base, estejam aptos atlética, técnica e taticamente a passar direto para o profissional.
    No jogo de sábado, por exemplo, era possível ver que alguns jogadores até demonstram potencial. No entanto, a formação precária do atleta acaba prevalecendo e os vícios adquiridos ao longo do tempo superam esse potencial, o que leva ao desperdício dessa mão de obra.
    Comecei a ir ao estádio no tempo em que o Paysandu tinha uma safra de “amadores”, categoria imediatamente inferior à profissional, marcada pela eficiência. Mas isto ocorria porque treinavam juntos e nesse contato o atleta ia adquirindo o ‘espírito de equipe’, daí jogadores como Oliveira, Beto, Paulo, Catote, Nivaldo e muitos mais passarem direto pro time titular.
    Devido ao calendário e necessidades atuais do futebol profissional, hoje não é mais possível esse contato. Então, deve entrar aí a equipe de treinadores, preparadores físicos, fisiologistas, psicólogos , nutricionistas e quem mais fizer parte dessa equipe a fim de dotar as categorias de base de condições de fazer esse rito de passagem com a mesma eficiência demonstrada pelo Coringão no sábado, daí a chinelada ter sido a coisa mais natural do mundo. Simples assim.

    Curtir

  5. Sem dúvida amigo Jorge Paz Amorim!
    Análise lúcida e sensata. E digo mais, ao meu ver, hoje, no estágio atual do nosso futebol, é a prova concreta e cabal de que a dupla RexPa para ser competitiva precisa contratar peças de fora.
    Somente a base é incapaz de gerar o capital humano necessário para formação de equipes sólidas.
    Ademais, não nos esqueçamos, a base dos grandes paulistas, cariocas, mineiros e gaúchos dispõem de pé-de-obra de garotos de todo o Brasil dispostos a mostrar seu valor e fazer o chamado pé-de-meia nos grandes centros, muitas vezes, sem sequer vestir a camisa de um grande do Norte ou do Nordeste do qual é oriundo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s