Saiba por que nada deve mudar na CBF com Coronel Nunes na vice-presidência

POR LÚCIO DE CASTRO, no UOL – Rio de Janeiro

O que era para ser um golpe de mestre pode virar um enorme pesadelo. Quando imaginaram que transformar Antonio Carlos Nunes de Lima, o Coronel Nunes, 79 anos, em vice-presidente era a solução perfeita para não ferir o estatuto e ao mesmo tempo manter o poder, o comando da CBF não pensou em um detalhe fundamental: a biografia do presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF) tem elementos comuns as histórias dos três antecessores enredados com a lei. Alçado ao comando e transformado em vidraça, pode se juntar a Ricardo Teixeira, José Maria Marin e Marco Polo del Nero, forçados a deixar o poder. Uma sucessão de acusações e histórias nebulosas cercam os anos do coronel da Polícia Militar no comando do futebol paranense. Uma agência de viagens favorita da entidade é apenas uma das semelhanças. Há também um relatório financeiro anual da instituição que dirige envolto em sombras e dúvidas com a assinatura de um relator suspenso pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por suas “auditorias ineptas”. Para completar, tem ainda outro traço dos antecessores: nenhuma ideia conhecida sobre futebol.

Imagine a pequena agência de viagens Rocha Romano concorrendo com a supremacia do poderoso Grupo Águia. Certamente não será para tanto, e a ascensão do Coronel Nunes não deve ameaçar o longo reinado e hegemonia da agência de viagens de Wagner Abrahão, parceiro preferencial da CBF desde os tempos de Ricardo Teixeira e responsável por todas as viagens que envolvem a entidade. Mas Nunes também tem uma agência para chamar de amiga. As relações estreitas da FPF com a Rocha Romano, aberta em 2004, de propriedade de Paulo César da Rocha Romano, diretor do departamento de futebol profissional da FPF, foram citadas na “CPI do Futebol Paraense”, instalada em 2013 na Assembleia Legislativa daquele estado. De acordo com a acusação que serviu como base para instalação da CPI, o esquema era coordenado pelo presidente da FPF. Uma comissão externa, ou seja, de fora da assembleia, formada pelos senadores Mário Couto (PSDB-PA), como presidente, Ivo Cassol (PP-RO) como relator Ataídes Oliveira (PSDB-TO) chegou a ouvir depoimento do dono da agência e diretor da FPF no dia 18 de abril de 2013 sobre o tema.  Apesar de instalada, do teor das acusações e da repercussão local que teve, a CPI não chegou a resultados significativos, ocupada por vários deputados relacionados com a FPF.
Há um ponto que eventualmente pode vir a ser um fator complicador para o Coronel Nunes no comando da CBF. Ao contrário dos antecessores, que sempre prezaram evitar dinheiro público nos negócios, fugindo assim de controle maior dos órgãos de fiscalização do estado, como Polícia Federal e Ministério Público, (embora exista a jurisprudência de que, ainda que privada, uma entidade como a CBF, por ser de interesse público, estaria sim sujeita a tais regras), o provável novo mandatário teve relações estreitas com o estado e foi beneficiário, através da FPF, de farta distribuição de dinheiro público.
O próprio negócio das viagens denunciado pela CPI foi amplamente regado por verba estatal, de acordo com a comissão de inquérito parlamentar. Tiveram um impulso significativo com a entrada em cena do governador Simão Jatene (PSDB), novamente no poder na atualidade. No primeiro mandato, de 2003 a 2007, o governador criou o programa que visava “interiorizar o futebol no Pará”. Com verba saindo da Secretaria Executiva de Esporte e Lazer (SEEL) para as passagens e hospedagens das equipes. A secretaria era comandada por José Angelo Souza de Miranda, ligado historicamente com a FPF e atualmente vice-presidente da entidade. Na ocasião, por exemplo, sete jogos do São Raimundo foram levados para Santarém.
Embora em resultados concretos do duradouro programa de interiorização do futebol do estado não sejam perceptíveis nas divisões do campeonato nacional, a verba seguiu generosa para viagens com o intuito de cumprir tal intento. Em 2011, a Secretaria de Esporte e Lazer determinou aporte de R$ 1.105.810,00 (um milhão, cento e cinco mil e oitocentos e dez reais para levar o futebol aos diversos rincões do Pará. Consumidos em passagens e hospedagens. No ano anterior, R$ 720.000,00 (setecentos e vinte mil reais) foram destinados.
O balanço financeiro da FPF, tanto nos últimos anos como o atual, tem pontos cegos. O mais evidente é talvez o principal ponto do relatório: o auditor financeiro que assina tem currículo controverso. No momento, o contador Tadeu Manoel Rodrigues de Araújo, registrado pelo Conselho Regional de Contabilidade (CRC) do Pará, está suspenso e impedido de assinar relatórios pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda que fiscaliza tal tipo de atividade. A suspensão é por cinco anos, tendo começado no dia 9 de outubro de 2010 e indo até 8 de outubro de 2017. De acordo com a CVM, consultada pela reportagem, a punição da entidade é válida para relatórios de companhias abertas, o que não inclui a FPF.
A CVM já acusou o auditor da FPF em diferentes ocasiões.  Por “auditoria inepta”, (“Possíveis irregularidades praticadas pelo Sr. Tadeu Manoel Rodrigues Araújo, Auditor Independente – Pessoa Física, ao realizar trabalhos de auditoria em diversas empresas beneficiárias de incentivos fiscais”, processo RJ2001/7661) e ainda “Não realização de trabalhos de auditoria dentro dos padrões requeridos pelas normas profissionais, processo RJ2003/11503). Suspenso, não cumpriu a pena e por fim tomou o gancho de 5 anos, já transitado em julgado e uma multa de quinhentos mil reais, a qual ainda cabe recurso.
Invariavelmente, ano após ano, o auditor suspenso pela CVM encerra o relatório da federação paraense repetindo que “em nossa opinião, as demonstrações financeiras acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da Associação FPF, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil”, mudando apenas o ano corrente.
A reportagem tentou contato com o Coronel Nunes através da FPF, sem resposta. Tentou também via CBF, que da mesma forma não respondeu.
Procurou Paulo César da Rocha Romano, vice-presidente da FPF e dono da agência de viagens  Rocha Romano na federação e na empresa, sem sucesso. Enviou questões para o contador Tadeu Manoel Rodrigues de Araújo e não obteve resposta.
————————————————
(*) Lúcio de Castro é carioca. Formado em jornalismo e em história pela UFRJ. Conquistou algumas das mais importantes premiações nacionais e internacionais, entre eles o “Prêmio Gabriel Garcia Marquez”. Autor de diversas reportagens com grande repercussão e impacto e de documentários que percorreram o mundo como “Memórias do Chumbo – O Futebol nos Tempos do Condor”.

20 comentários em “Saiba por que nada deve mudar na CBF com Coronel Nunes na vice-presidência

  1. Coroné, te prepara que vai ser pedrada de todo e, pelo que sabemos tu não é “blindado”kkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  2. Mais uma pérola do coroné: “Dado Cavalcante (4º lugar no Paraense 2015) é o melhor técnico do Brasil”
    O coroné é aquilo que chamamos de: VERGONHA ALHEIA!

    Curtir

  3. Gerson, o Nunes em todas as declarações dadas após a eleição foi muito infeliz. Deveria se comportar à altura do cargo, sem afirmações que não se sustentam. Negar que não há corrupção na CBF, demonsatra sua fragilidade para exercer a Presidência da CBF, graças ao privilégio da velhice. Deveria saber que o ex-pres. Marin está em prisão domiciliar nos EEUU. e seu vice Del Nero, confessou ontem que não sai do Brasil, “por orientação se seus advogados”. Que temor, heim.
    Quanto ao post do Antônio Fenômeno dirigido à mim, na matéria do blog- Pirão e Helder formam…”, gostaria muito que fosse repetido pois não foi públicado. Espero ansioso a liberação do mesmo.

    Curtir

  4. Ele tá pensando que lá é a FPF onde desviava o dinheiro do Parazão e ainda pousava de sorriso amarelo. To torcendo para que ele seja afastado o quanto antes e responda pelos seus atos. Foi um favor ele sair do comando da FPF.

    Curtir

  5. Como tem gente que distorce os fatos
    Assim que a gente pega a maldade

    Dado para o coroné, é o melhor da série B
    Série A, ele disse o Jorginho do Vasco

    Sinceramente, ler acusações sem prova aqui no blog tá virando rotina

    Janderson vc tem provas?

    Curtir

  6. Eu dizer, o sr passarinho dizer, o manuel da padaria dizer que há corrupção na Cbf é uma coisa

    O coroné, recém eleito vice da mesma é outra.

    Será pussive!!!

    Curtir

  7. Estão defendendo ele agora, mas só enquanto a imprensa se limita a mostrar as coisas erradas a respeito dele na FPF…Quando se aprofundarem sobre ele como conselheiro de clube, e as coisas começarem a respingar no clube listrado…Vai ter nego negando que um dia defendeu o Coroné…Como aconteceu com o Pinho, quando resolveu abrir o bocão sobre esquemas…Daí disseram que ele estava demente…Então Coroné, seus defensores estarão ao seu lado enquanto o senhor estiver por cima…Mas quando cair em desgraça…Não vão querer o senhor nem nas proximidades do bolo fecal…Só se for pra dar a descarga…kkk

    Curtido por 1 pessoa

  8. Tentei postar de novo e não consegui sr. ronaldo…Talvez seja por causa de uma palavra que eu uso pra me referir a certas pessoas do clube, e que tem a ver com sarcófago…No meu post explico porque uso este termo, que não tem nada a ver com idade ou tempo de clube, mas com comportamento, e pra não ter nenhum tipo de mal entendido também…Mas acho que a tal palavra não passa na moderação…Mas vamos esperar

    Curtir

  9. Nesta eleição do Coronel, eu pagaria para ver de perto a cara do banzan Jr do Gremio, do Bad Boy da rádio clube do Pará, do Juca Kfurooo. O primeiro tem ciume de macho e disse que o Coronel é um desconhecido sem nenhuma expressão no cenário nacional e ele não apoiaria nortista sem expressão. O segundo é um crítico, perseguidor implacável do Nunes e o terceiro pior ainda, o dia que o Coronel passar perto dele é capaz de cupsir no Coronel. Seria muito divertido ver de perto a cara desses caras e ver eles soltando fogo de raiva pelo nariz, procurando todo tipo de noticiaria com prova que posaam enxertar contra o coronel e batnedo cabeça no muro procurando frases para humilhar o Coronel em público. Enquanto eles estão perdendo neurônios envelhancendo mais rapidamente a cada segundo que passa, o Nunes está lá na CBF tranquilo, tranquilo, tranquilo, eleito por mioria esmagadora de votos com 85% de aprovação e não está nem aí para os balzans, bad boys e Jucas que Furos da vida. O Coronel Nunes está com uma tranquildade de quem não deve mesmo nada nada nada para a justiça e não tem rabo preso ninguém, de quem a vida é um livro aberto, que se ele estiver mentindom será o maior mentiroso do país, porque o homem aparenta muita calma nessa hora. Por isso como sei que o Coronel TEM ÉTICA E não vai fazer um ato famoso do zagalo, eu me reservo no direito de fazer o ato pelo Coronel:

    “VOCÊS VÃO TER DE que ENGOLIR, VCS VÃO TER que ME ENGOLIR”
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakaka
    kakakakakakakaka
    kakakakakak
    kakakakakak
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakaka

    Curtir

  10. PÔrrrrrrrrr, vcs já imaginaram se o Brasil ganha a medalha de ouro Olimpica inédita no futebol em julho????? certamente Os banzans, os bad Boys e os jucas k furos da vida iriam se enternar num manicômio loucos de raiva, e o CORONÉ iria FICAR COM A CAIXA DÉ CATARRO CHEIO DÉ MORAR.
    KAKAKAKAKAKAKAKAKAKA
    KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA
    KAKAKAKAKAKAKAK
    KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA

    Curtir

  11. VEJAM BEM: não estou afirmando que a partir do Coronel na CBF, o futebol brasileiro vai voltar a ser grande e temido. O que quero afirmar é que Seja lá que ocorrer daqui para frentede bom ou de ruim. Se o Coronel vai aprovar ou não, se vai dar conta do recado ou não, só o tempo dirá. Mas podem ter abosoluta certeza que pelo menos para o povo paraense em geral, simpatizantes e do contra, que já está na história essa eleição do Coronel inédita na face da Terra, sendo ele um nortista, onde o futebol brasileiro seja por alguns motivos sai obrigatoriamente da mesmice, monotonia, da chatice que se tornou nos últmos anos, para atrair de montão as atenções DE TODO O povo brasileiro, ESPECIALMENTE os paraenses porque quem é do contra não vai desistir jamais e vai se ligar em qualquer movimento menor que seja do Coronel, do futebol brasileiro e da seleção para acharem argumentos para justificarem porque foram são do contra. Já os paraenses que querem dar um voto de confiança ao Coronel, vão se ligar novamente com muita atenção no futebol brasileiro em especial à seleção brasileira, torcer por dias melhores e que o Coronel não decepcione. Ou seja, de uma forma ou de outra o futebol brasileiro passam a ser novamente atrativo para nós do Pará porque juro que a coisa estava tão sem graça que não assisti nem um jogo da seleção nessas eliminátorias, nem mesmo o clásscico contra a Argentina Juro juro juro. Mas agora estou ávido e curioso para ver jogos da seleção onde aquele possível jogo com a Bolivia em Belem pelas eliminatórias eu não ria nem de graça, agora se tiver pagarei até ingresso. Ou seja, por esse lado da motivação direta e indireta ja foi muito bom a eleição do Coronel para a CBF. verdade ou não??????????

    Curtir

  12. MORAL DA HISTÓRIA:

    Eu ja acho que muita coisa muda no futebol brasileiro, seja de muito bom ou de mais ruim. Eu otimista vou sempre torcer por melhorias. Não é assim que querem que agente faça com o governo da Dilma???ou será que já mudaram de idéia aqui os que são a favor da Dilma continuar , tentar corrigir os erros e melhorar o país?????????/

    Curtir

  13. Dol On Line publica que toca do Leão passa por melhorias para receber os jogadores para a temporada 2016 e que este ano não receberá jogos por falta de recursos para recuperar os estragos aparentes.

    Já no Lobo o Hotel 7 estrelas estar em fase de acabamento.

    Publica também, que o agora PIKAURUBU virou celebridade nacional.

    Curtir

  14. Olimpíada no Brasil, obrigação de levantar esse ouro é inteiramente da Seleção do Dunga, Nélio. Mas, por outro lado, já imaginou se leva outro cacete em casa?

    Curtir

  15. Gerson me explica porque o moreno teima em levantar a bola do nunes, e por simpatia clubistica ou tem algo mais akem do horizonte?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s