Escolha do técnico do Remo ainda indefinida

Nem bem Cacaio foi descartado pela Diretoria do Remo começou a temporada de especulações sobre o seu substituto. Vários nomes têm sido citados, por enquanto sem qualquer confirmação por parte do clube e dos próprios profissionais. Oito técnicos compõem a lista mais recente de candidatos a ocupar o cargo vago no Leão.

O nome mais lembrado é o de Josué Teixeira, campeão brasileiro da Série C em 2014 pelo Macaé e que dirigiu o time na reta final da Série B. Amigo de alguns dirigentes, não enfrenta resistências interna. Segundo uma fonte azulina, Josué traria um “pacote” de atletas do clube do Rio para reforçar o Remo, incluindo o atacante Pipico. Em conversa com Cláudio Colúmbia, do blog, o técnico negou ter sido sondado pelos remistas, mas disse que vê com simpatia a lembrança de seu nome.

Marcelo Chamusca, ex-Fortaleza, é o nome do dia, mas que tem contra si a pouca visibilidade no futebol paraense. Além disso, vem de trabalhos sem bons resultados nos últimos clubes que dirigiu.

Mazola Jr. (foto), que dirige o CRB na Série B, também faz parte do rol de nomes especulados no Evandro Almeida. A dúvida é se o clube assimilaria um técnico que sustentou um confronto direto com o ex-presidente Zeca Pirão, falando em suposto “sistema” para beneficiar o Remo no campeonato estadual de 2014.

unnamed (85)

Sidney Moraes foi especulado pela proximidade com o gerente de Futebol Fred Gomes, mas enfrenta resistências na Diretoria por conta de sua passagem negativa pelo Paissandu.

Flávio Araújo (foto abaixo) voltou à ordem do dia, mas, além de restrições ao seu trabalho pelo fracasso de 2013, há o fato de que ele interessa ao Fortaleza e ao próprio River, onde conquistou o acesso à Série C 2016.

REXPA 1o da Decisao Parazao 2013-Mario Quadros (24)

Marcelo Veiga, que se desligou do Botafogo-SP após a conquista do título da Série D, também é lembrado. Contra ele pesam as mesmas resistências de dirigentes contra Flávio Araújo: a má experiência anterior no clube.

Léo Condé, que comanda o Sampaio Corrêa na Série B, é outro nome comentado, mas é considerado um profissional caro pela valorização que obteve nos últimos dois anos e dificilmente estaria nos planos azulinos para 2016.

Dentre os nomes regionais, Ricardo Lecheva tem sido o mais citado, mas a recusa ao convite feito pelo Remo neste ano ainda é muito lembrada no clube como impeditivo para sua contratação. (Fotos: MÁRIO QUADROS) 

51 comentários em “Escolha do técnico do Remo ainda indefinida

  1. Difícil encontrar alguém que se adeque às condições peculiares do clube azulino.

    Treinador que foi campeão em time sem massa torcedora nem sempre se adapta à dupla Remo e Paysandú, principalmente no primeiro.

    Difícil…

  2. Querer voltar para o Paysandu, pode ser até que Mazola Jr. queira, Valentim, porém diretoria e presidente não o querem.

    Como o Remo encontra-se com muitos problemas financeiros, o certo seria apostar em técnico regional, no máximo.

  3. Aos desinformados

    Paysandu já tem tecnico pra 2016
    Aliás foi um dos 6 times entre séries A e B que mantiveram seu tecnico

    Creio que o planeamento já esteja sendo montado.

    Tirando algumas teimosias ou apostas suas, o Dado tem tudo pla melhorar seu trabalho em 2016.

    Quanto ao rival, o Doriva está sem clube.
    Mazola no Remo? Kkkkkkkkkkk

  4. Prezado Édson do Amaral, você só pode estar com brincadeira ao sugerir que o remo contrate o Doriva, depois de passar por vasco, ponte preta e são paulo, ele certamente não irá aceitar dar 50 passos para trás na sua carreira.

  5. Amigo Édson, a diretoria do Papão aje correramente dessa vez em manter a comissão técnica. Aliás, se tivesse feito isso com Mazola, os resultados poderiam ter sido bem melhores este ano. Dado tem méritos pela campanha na Série B, merece continuar e iniciar a temporada 2016, de fato.

  6. Em tempo: a diretoria do Papã age.

    De resto, é aguardar as contratações que serão feitas por Dado e diretoria, em conjunto.

  7. Remo, não aprende mesmo! Sempre querendo reinventar a roda! Olha que um dia a torcida cansa! Lembro aqui, que disseram que o Cacaio não era técnico para o Remo, se não fosse ele, que agregou os jogadores, hoje estaríamos disputando acesso a série D, novamente. Poucos técnicos aguentariam a situação do Remo. Agora acham que se garantem! Vão trazer técnico de fora com pencas de jogadores bichados, que sem jogar, irão colocar o Remo na justiça.

  8. O caysandu já tem técnico pra 2016?…kkkk…Se for o mesmo, o cargo continua vago…Ou alguém tem que avisar que ele é o técnico…kkkk

  9. Vão manter o Dado pra ele conquistar o tri vice?…Então trás o Mazela…Pelo menos era divertido ver ele e as suas conspirações interplanetárias…kkkk

  10. É pura verdade, se for para afundar de vez o remoleza, basta trazer um técnico da Petrobrás que os caras resolvem mesmo.
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaka

  11. De todos estes, o que considero adequado é o Lecheva. Já expliquei os motivos n’outro post. Agora, lendo melhor este post, tenho pra mim que aquilo que é considerado ponto negativo, é exatamente o que deveria ser considerado elementi favorável a credibolizar o Mazzola. Afinal, se opor a um dirigente que detonou o Clube do Remo, inclusive e especialmente o estadio, mostra que ele tem seus méritos.

  12. Fenômeno, também tenho algumas restrições à postura faladora do Mazzola. Mas, você acha que as bravatas do treinador são mais perniciosas ao Clube do Remo do que as dívidas recentes na Justiça do Trabalho, à destruição do baenão, por exemplo?

  13. Eu resumo todos os problemas do clube, seja no presente ou no passado, a uma só palavra…Múmias…Termo criado por mim a muitos anos atrás, pra me referir aos “donos” do clube…Nada acontece no clube sem a “benção” deles…Inclusive o que aconteceu com o Baenão.

  14. blá blá blá… Cacaio deveria ter ficado, era uma pedida da torcida lá no começo, e continuava sendo agora… Se desfazer do Cacaio foi mais uma das tantas invencionices desses cartolas ultrapassados. A campanha do Remo nesse ano de 2015 é uma exceção, uma muito parecida com a que levou o Remo ao título da série C de 2005. Quando daquele acesso em 2005 o clube mudou muito para a série B de 2006 e teve início risível, e não saía da zona de rebaixamento até que se reinventou com Giba, desligado ao fim do ano pelo então retornado Raimundo Ribeiro, o “gênio”. Tá muito parecido com aquilo que ocorreu a partir de 2007…

  15. Torço sinceramente que seja o Mazola junior, esquece o que ele falou no calor e pressão da disputa do título. Prefiro focalizar na sua competência técnica. Ainda não ganhou título importante, mas quem sabe não será agora com o leão bicampeão.

  16. Eu não conheço o Pirão e nem faço questão de conhecer…Mas eu tenho uma outra visão sobre o que aconteceu no Baenão..Até porque, eu presto mais atenção no que os setoristas dizem nas entre linhas, do que na reportagem em si…Eu me lembro bem quando da reforma do alambrado e do gramado do Baenão, a participação pessoal do Pirão no dia a dia das obras…Isso foi até elogiado por todos na época…Mas tudo começou a ruir, quando começaram as obras nas arquibancadas…Era necessário a permissão dos conselheiros para as obras continuarem…E a empresa responsável pela obra, queria o direito de lucrar com a venda de cadeiras cativas, publicidade e outras coisas, pra reaver o investimento feito no Baenão…Eu ouvi dizer através dos setoristas, que o negócio empacou, porque os “donos” do clube queriam levar alguma vantagem no negócio…Ou eles não conseguiram o que queriam, ou acharam pouco o que foi oferecido, e o negócio parou de vez…Eu gostaria de ouvir a versão do Pirão, pois acho que ele não demoliria as arquibancadas, se não tivesse a certeza que seria construída uma nova no lugar…Seria suicídio politico dele…Sem falar que seria odiado pela torcida…O que não aconteceu

  17. Se o Mazela for o escolhido…Vamos preparar desde já a faixa de vice…E aumentar o estoque na farmácia de sedativos, antidepressivos, focinheira e por aí vai…kkkkk

  18. Fenômeno, independentemente dos detalhes internos da malograda operação, a verdade é que o Clube tinha uma gestão estatutariamente constituída. Logo, tudo o que deu certo e tudo o que deu errado deve ser atribuído à gestão, máxime quando ela é exercida de maneira personalíssima, como foi a gestão anterior. Demais disso, acho que mesmo o mais fervoroso simpatizante da diretoria azulina reconhece que a demolição de parte do estádio inviabilizando-o para uso em competições oficiais e até mesmo para amistosos foi produto de uma gestão imerecedora de elogios.

  19. Na minha opinião, aquelas arquibancadas que já estavam em ruínas, cairiam de uma maneira ou de outra pela falta de manutenção…Felizmente, não foi com a torcida nelas…E se o Pirão fez algo de errado, porque não foi punido até agora?…Porque não puniram o Klautau por ter quebrado aquele pedaço de cimento?…Eu sei a resposta…Porque eles tem culpa no cartório, não podem culpar ninguém, porque um sabe dos podres do outro…Então preferem fazer cara de paisagem, como estão fazendo agora no caso do suposto roubo…E se é pra culpar a gestão, em que gestão aconteceu o tal “roubo”?…Na do Klautau?…Na do Pirão?…E agora eles preferem não concorrer a presidência do clube…Colocam alguém de sua “confiança” no cargo, logo em seguida viram oposição e exigem cargos lucrativos no clube…Se não forem atendidos, começam a sabotar o clube…Já vimos isso acontecer com o Levy, Klautau, Pirão e agora com o Minowa…O que é pior? Perder o patrimônio numa venda em que supostamente alguém ganharia uma comissão no negócio, ou perder o mesmo patrimônio aos poucos, por causa de uma administração intencionalmente desastrosa?…Já perdemos parte do terreno do Baenão que agora é um posto de gasolina?…Quem lucrou com isso?…Perdemos o patrimônio de Benevides, que foi vendido a preço de banana, e que, segundo o Caxiado, um cartola azulino que foi um dos compradores dele, e concorreu numa eleição presidencial, ofereceu como promessa de campanha, devolver ao clube se ganhasse a eleição…Quem mais se deu bem com essa venda?..Daí se a gente for contabilizar tudo que perdemos em esquemas e negociatas…Dava pra comprar o patrimônio do LEÃO umas três vezes pelo menos…Esses caras deveriam olhar pro outro lado da avenida, pra ver o que vai acontecer com a gente, se continuarem pilhando o nosso clube…Lá do outro lado, a torcida não sumiu dos estádios faz anos, por causa da quantidade de jogos…Mas por causa de oportunistas que se beneficiaram do clube todos esses anos…Nós somos eles amanhã…Com uma diferença…Eles não fecharam as portas, porque tem os bicheiros pra bancar o clube…Nós temos o FENÔMENO AZUL pra bancar o clube…Mas até quando?…Pensem nisso…Paciência tem limite

  20. Fenômeno, em se tratando de refletir, há muito o que ser pensado no futebol azulino especificamente, e no futebol paraense, de um modo geral. Inclusive, deslocando aparentemente o foco, já tá passando do tempo de pensar no direito dos clubes receberem a compensação a que tem direito pela transmissão radiofônica dos jogos de futebol.

  21. Antônio fenômeno, vc foi muito preciso e lúcido nos seus comentários , mas no fim se deixou levar pela emoção, a situação do Paysandu em termos de participação nos estádios é ótima pra série b, se vc acha que em termos de participação nos estádios a nossa situação está ruim que dizer então dos outros? Já que nos somos top2 em presença de torcida na série b? A realidade financeira do Paysandu se não é boa, é muito a frente da do Remo. Concordo plenamente com vc o problema do remo são as múmias, uma hora ou outra a fenômeno azul não vai mais conseguir carregar o clube, costumo dizer que nem mesmo se colocassem um presidente bicolor no Remo ele conseguiria ser tão danoso ao clube como alguns foram para o Remo,

  22. No dia em que fizerem uma auditoria independente e os dirigentes forem responsabilizados criminalmente pelos seus atos, inclusive pagando com o próprio patrimônio os prejuízos que dão ao clube…Esse “amor” vai acabar, e eles vão largar o osso…Quanto a cobrar pelas transmissões, isso já foi tentado pelos nossos rivais, cobrando inclusive o aluguel e a manutenção das cabines…Mas a intenção era outra…Era de intimidar a imprensa…Assim como esse negócio de barrar a imprensa nos treinos…Os únicos punidos com isso são o torcedor, que fica sem a informação, e os patrocinadores, que não podem mostrar a sua marca…O pecado da imprensa, é quando eles se misturam com os dirigentes e viram amigos de infância…Isso acaba com a isenção, e sabe-se lá, se essa amizade não é usada pra guardar certos segredos.

  23. BOMBAAAA!!!

    O novo treinador do remoleza será luiz inácio lula da silva. Porque quando perguntarem para ele e a séie C Lula????? ele reponderá: a luta continua companheiros!!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    Quando perguntarem e o 423 mil que sumiram Lula???? ele responderá: Eu não sei de nada, eu não sei de nada.

    E quando perguntarem para ele como resolver o problema do salario atrasado dos atletas ?? ele responderá : vou implantar o fome zero.

    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaakakakak
    kakakakakakakakakakakaka
    kakakakakaka

  24. Paysandu x Criciuma, sabado às 4 da tarde no mangueirão

    Apesar de ainda ter chance de acesso, o papão joga em ritmo de fim de festa

    O único clube da Amazonia na série B

    O orgulho nosso, isso ninguem desmente.

  25. Amigo, as coisas no rival melhoraram sem dúvida alguma..Mas falta transparência e o Maia tem que parar de se preocupar com o LEÃO…No Remo, nós ficamos sabendo do que acontece lá, por causa das brigas entre as mariquinhas…No rival, eles acham que escondendo as coisas ruins, estão ajudando o clube…O certo seria nem uma coisa, nem outra…Voce é um cara inteligente, e já deve ter percebido que no noticiário do clube listrado, não se fala em problemas financeiros seja de que ordem for…Isto não existe, até o Barcelona tem problemas financeiros…Só pra dar um exemplo, lembra da venda do pikachu por 700 mil?…Aquilo foi muito mal explicado…Compraram mas não levaram…Sem falar que só revelaram que o clube devia 3 meses de salários atrasados dos jogadores, depois que apareceu esse dinheiro…Antes disso, os setoristas se omitiram…Por isso que eu acho que tem coisas acontecendo por lá, que não estão sendo noticiadas…O setorista do time listrado, disse que o Maia foi na CBF pra pedir um aumento nas cotas e pra fazer um adiantamento de recursos…Como assim?…Se as contas estão em dia, porque pedir um empréstimo?…São essas coisa que os setoristas deixam escapar sem querer, que é só pensar logicamente pra se chegar a uma conclusão…Desculpa se eu dei uma cutucada no rival…É pra não perder o costume…kkkk

  26. Obrigado Aguia de Marabá, o 2º clube melhor rankiado do Pará.
    Sua vitória foi fundamental para nosso acesso naquele ano.

  27. Tem q agradecer é muita gente, Serapião, Tardelle, Miguel Pinho, Roubagol, SUDAM, Alepa, égua, é muita ajuda kkkkkkkkkkkk Toscano mandou lembranças paty kkkkkkkk mucura nossa eterna piada kkkkkkkkkkk

  28. Promoção do jogo da mucura sem vergonha: na compra de um ingresso por 2 reais leva de brinde duas lingüiças Toscana kkkkkkkkkk

  29. Que a direção do Leão série C é bagunçada nenhuma novidade. Que Manoel Ribeiro pretende ser de fato o presidente nenhuma novidade. Que sem assunto essa de treinador para 2016 será uma novela, nenhuma novidade. Que os 423 mil não retornarão ao cofre do clube, nenhuma novidade. Que a dívida não será paga, nenhuma novidade. Que outros leilões virão, nenhuma novidade. Tragam-me uma novidade, pelo amor de Deus, sobre o ilusionista clube paraense.

  30. Ferdinando…kkkk…Não faz juras de amor aos teus dirigentes antes do tempo…Foram fazer isso pro Tourinho, e até hoje estão pagando por esse “amor”…Nada como um dia após o outro…Se um dia o atual presidente resolver prestar contas…A gente volta a se falar, OK?…kkk

  31. Sobre a responsabilização patrimonial dos dirigentes, sou de acordo e até já tratei aqui.

    Quanto à cobrança pelas transmissões SE o objtivo do rival foi marcado pela intimidação etc, o malogro da investida não descredibiliza minha sugestão.

    Ao que me refiro é a algo profissional: obter compensação financeira de quem explora economicamente um rentabilíssimo evento, cuja realização impõe custos financeiros muito elevados. Valendo dizer que tal alternativa de mobilização de recursos em nada prejudicaria o torcedor e muito menos a visibilidade dos patrocinadores. E a imprensa em nada seria cerceada na cobertura dos jogos, entrevistas nos treinos e nos jogos, direito a cabine, sala de imprensa, programas esportivos, análises pós jogo, mesa redonda etc. Apenas, num ambiente de cordialidade negocial, no que respeita aos jogos, só poderia fazer a transmissão radiofônica daqueles em que adquirisse o direito de transmissão. Simples assim.

  32. Fenômeno, lhe respondi sobre a responsabilização patrimonial de dirigentes e cobrança pela transmisão radiofônica dos jogos. Ocorre que mais uma vez vacilei e saiu anônimo.

  33. Antonio, se for pra cobrar pelas transmissões ao vivo de TV’s locais, eu concordo com voce, até porque alguns torcedores vão preferir ficar em casa, e isso tem que ser compensado…Já sobre cobrar das rádios, eu não sei se seria viável, pois são poucas as rádios que tem condição de pagar por isso…E se voce pensar bem, já imaginou se fosse o contrário? Se as rádios cobrassem pela divulgação diárias sobre os nossos clubes e os jogos?… Mas tudo é valido…Basta os homens conversarem e verem uma maneira de fazer isso, sem prejudicar nenhum dos lados interessados.

Deixe uma resposta