Lula70: personalidades e amigos saúdam presidente

Em comemoração aos 70 de Lula, nesta terça-feira, o Instituto Lula divulgou diversas mensagens de políticos, atletas e outras personalidades em homenagem ao ex-presidente. “Nós contamos e precisamos muito de você. Hoje e por muito tempo”, disse Luiz Marinho, prefeito de São Bernardo do Campo. João Pedro Stédile, da liderança do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), destacou seu legado: “Que o senhor possa seguir ajudando o povo brasileiro a se conscientizar sobre nossos inimigos e percorrendo esse Brasil levando uma voz de esperança”, afirmou.

“Homenageio o parceiro de todas as horas, o retirante nordestino que transformou o Brasil. O presidente que conquistou o coração dos brasileiros”, disse, em mensagem grava, a presidente Dilma Rousseff para homenagear o amigo Lula. “Parte destes 70 anos foi dedicado ao povo do Rio de Janeiro, que se libertou. O senhor levou o desenvolvimento econômico aonde as pessoas já não acreditavam mais”, destacou ainda Luiz Fernando Pezão, governador do Rio de Janeiro.

“Uma trajetória marcada pelas grandes greves do ABC, pela luta contra a ditadura e pela redemocratização do país e por ter sido o primeiro operário a se tornar presidente da república em um país tão elitista como o nosso”, afirmou Guilherme Boulos, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto.

Um dos vídeos mais assistidos e compartilhados foi o da equipe do Corinthians, com o técnico Tite, o gerente de futebol Edu Gaspar e os jogadores Cássio, Felipe, Ralf, Danilo e Jadson.

O cantor Zeca Pagodinho também enviou uma mensagem: “Meu querido amigo, feliz aniversário! Seu amigo está aqui, com saudade de você”, disse.

O ministro da Cultura, Juca Ferreira; a diretora e produtora de cinema Tata Amaral; Sebastião Salgado, um dos maiores fotógrafos do mundo, e sua esposa, Lélia Wanick Salgado, participaram igualmente da iniciativa. “Tenho certeza de que o Brasil ainda precisa do senhor e nós vamos estar juntos nessas batalhas para melhorar a vida do povo brasileiro”, disse o ministro da Cultura, Juca Ferreira.

“Lula ficou tão perto da gente, do nosso destino, nos momentos de maior dor, de maior perda, como na hora em que Chico Mendes partiu. Como na hora em que ele disse que Chico Mendes era tão puro como a água da chuva que cai sobre a Amazônia”, disse em mensagem o governador do Acre, Tião Viana.

Assista aos videos aqui.

Fico imaginando cá com meus botões se alguém no Brasil sabe o dia do aniversário do Efeagá, do Aéreo ou do Çerra. Só uma dúvida que me ocorreu kkk…