Diretoria do Papão se solidariza com conselheiro

Abaixo, na íntegra, a nota oficial publicada pela diretoria do Paissandu repudiando a agressão de que foi vítima o conselheiro Nilton Gurjão das Chagas, em São Luís (MA), agredido por policiais militares depois do jogo de sábado entre Sampaio e PSC.

NOTA OFICIAL

O Conselho Deliberativo do Paysandu Sport Club vem a público hipotecar total e irrestrita solidariedade ao conselheiro Nilton Gurjão das Chagas, covardemente agredido pela Polícia Militar do Estado do Maranhão, por ocasião da partida de futebol envolvendo o nosso clube e a equipe do Sampaio Corrêa, ocorrida na data de 24/10/2015.

A situação revelou a fragilidade das instituições públicas do Estado do Maranhão, principalmente as polícias militar e civil, aquela pela truculência e despreparo e esta , que apesar da intervenção de advogados e membros do Ministério Público, permitiu a fuga de um dos agressores e não adotou as providências legais em relação a outra militar agressora.

O Conselho Deliberativo confia serenamente que o Ministério Público e o Poder Judiciário do Estado do Maranhão, observando a legislação aplicável, aplique a sanção cabível aos agressores e aos agentes públicos que foram omissos no cumprimento de seus deveres.

CONSELHO DELIBERATIVO DO PAYSANDU SPORT CLUB

12 comentários em “Diretoria do Papão se solidariza com conselheiro

  1. Interessante que aqui no Pará, aqui em Belém, em especial, não se tem notícia de agressões da polícia, a dirigentes ou torcedores, em geral, mesmo àqueles marginais organizados que vem se juntar com os que aqui vivem para barbarizar nos estádios.

    Curtir

  2. O REMO joga em outros estados e isso não acontece…Porque será que isso só acontece com a coisinha?…Se for pra atrair público…Sugiro que dessa vez ao invés de arco e flecha…Usem ataduras e olho roxo…kkkkkk

    Curtir

  3. Esse Antonio “premunição” fenomeno, só escreve merdas por favor cidadão procure se reciclar.

    Curtir

  4. O anonimato a que me refiro está no comentário número 2, o qual mais uma vez saiu anônimo sem que eu possa entender o motivo. E porque saiu anônimo ficou temporariamente retido na moderação.

    Curtir

  5. kkkkkk…A professora aposentada da UFPA pega corda…kkkk…Mas professora, ainda estou esperando que me diga o significado de “dodicionário”?…E só mais uma coisa…Já abriram os portões da chiqueiruzu?…kkkk

    Curtir

  6. Olha, dizem que eu só escrevo besteiras, as vezes, reconhceço tal façanha, pois apenas faço pra cutucar os rivais numa boa.

    Mas o que este cara do numero 4 escreveu é seboso demais.

    Na verdade Gerson, a Terror andou brigando por lá, vai ver que a Policia perdeu as estribeiras e arrebentou geral.

    Curtir

  7. Incrível, mais nem acabou a temporada de futebol oficial no país mas podemos considerar esse como o ano de contradições no meu todo poderoso Papão da Amazônia. Até aqui já ocorreu de tudo um pouco: A diretoria demitiu de forma inédita o treinador vitorioso em 2014 e desmontou toda a base do bom time do acesso, tendo de entrar na difícil série B com time todo renovado. Depois teve a incrível sequência de perder o estadual e ser eliminado de várias competições nacionais em uma semana por um time esculhambado, sem estádio e com atletas sem receber salários e há 7 anos sem divisão. Depois estreou na série B com duas derrotas acachapantes como já era previsto, mas depois de forma inacreditável consegue reverter, ficar 10 rodadas sem derrotas até assumir a liderança, entro no segundo turno com força total, chegando na 27ª rodada com 90% de chances de acesso e 80% de título. Porém incrivelmente quando a torcida coloca a maior fé, entra em decadência começa a perder para todo mundo dentro e fora de casa até sair do grupo de acesso e ser hoje o 8º lugar mesmo com dito salários de seus atletas em dia. Aí quando se imagina que a queda seria por motivo de muitos jogos seguidos na competição ocasionado cansaço, o motivo descoberto até agora é barca ou farra de alguns atletas nas noitadas de Belém regadas com muito álcool, inclusive alguns que só vivem em DP médico e deveriam estar se tratando para voltar ao time já que o clube está honrando o salário com eles. Agora a gente fica sabendo de agressão a conselheiro do clube em jogo contra o freguês de caderno Sampaio Corria em São Luiz , que agora não corre mais Sampaio Corria e quebrou um tabu de 45 anos sem nunca ter ganho o Papão em brasileiros. Além disso ainda teve o melhor atacante do clube que ganhava alto salário e em dia mas sem ninguém entender, desembestou e preferiu ir jogar num timinho que já está rebaixado na B. No reverso da medalha teve um outro atacante contratado a peso de ouro que não fazia gol a mais de um ano e na estreia fez gol contra seu time, tirando do Papão a chance de seguir na liderança da competição. E teve ainda vários fatos inusitados que não dá para colocar tuto aqui, mas me fazem crer que é o ano de fatos cheios de contradições que já mais vi na história bicolor. Daqui para frente ninguém acredita mais nesse time e a renda fraca de sábado vai provar isso. Mas para sacramentar o ano das contradições bicolores só falta agora o time dar uma nova reviravolta e subir. Aí seria o incrível do incrível.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s