Justiça suspende venda do Carrossel

O juiz Fernando Bessa, da 6ª Vara, suspendeu no final da tarde a venda da área do Carrossel, que havia sido aprovada pelo juiz Jorge Vieira, da 13ª Vara do Trabalho. A nova medida veio em função de recurso apresentado pelos advogados do Remo, que alegaram que o clube vem cumprindo rigorosamente o acordo de pagamento das dívidas trabalhistas.

Re-Pa do sócio torcedor

POR CLÁUDIO COLÚMBIA

BALANÇO DO NÚMERO DE SÓCIOS TORCEDORES NO PARÁ

(Pesquisa feita até 14h desta sexta-feira, 23)

HISTÓRICO

O Paysandu cadastrou 9.302 sócios torcedores até dezembro de 2014, sob o comando de Júlio Emmel. Cadastrou mais 8.275 ST’s em 2015, totalizando hoje 17.577.

O Remo tinha 793 ST’s cadastrados até dezembro de 2014. Agregou mais 10.685 sócios em 2015 e hoje tem 11.478 ST’s.

O PSC continua a liderar em número de sócios torcedores cadastrados, com 17.577 contra 11.478 do Remo.

Na temporada 2015, o Remo é o clube que mais cadastrou sócios torcedores, com 10.685 contra 8.275 do PSC.

Obs.: parabéns aos responsáveis pelos ST’s dos 2 clubes – Josi Pavalova e equipe (PSC) e André Cavalcante e equipe (Remo)

FONTES: 

PSC: Site Oficial do clube e Júlio Emmel

REMO: Site Futebol Melhor

Juiz aceita proposta de compra do Carrossel

De forma surpreendente, o juiz Jorge Vieira, da 13ª Vara do Trabalho de Belém, aceitou na manhã desta sexta-feira (23), a proposta de compra da área do Carrossel, anexa ao estádio Evandro Almeida – o Baenão -, localizada na avenida Almirante Barroso, contrariando acordo celebrado com a diretoria do Clube do Remo.
A sede foi penhorada devido a processos trabalhistas que tramitam na Justiça contra o clube e que estariam calculados em R$ 10.729.913,09. A venda foi autorizada pelo juiz por R$ 8 milhões. Advogados de atletas e ex-funcionários que têm pendências trabalhistas com o Remo faziam pressão para que o imóvel fosse leiloado.

Informações extraoficiais indicam que a construtora que adquiriu o Carrossel deu entrada de R$ 2 milhões e ficará pagando parcelas mensais de R$ 500 mil (sem correção ou juros) até completar o valor fixado de R$ 8 milhões. O valor atualizado de avaliação da área é de R$ 19 milhões.
A Diretoria do Remo já informou que irá entrar com recurso para reverter a situação, amparada no fato de que vem cumprindo o acordo, destinando parte das arrecadações dos jogos realizados em Belém. Outro item do acordo prevê a destinação de todas as cotas do convênio com a Funtelpa e o Banpará no próximo ano. (Com informações do DOL e da Rádio Clube)

Justiça censura site que denunciou escravidão

DO COMUNIQUE-SE

A empresa Morro Verde Participações conseguiu na Justiça censurar o site Repórter Brasil. De acordo com as informações, a decisão é de responsabilidade do juiz Argemiro de Azevedo Dutra, da 2ª Vara Cível e Comercial da Comarca de Salvador. Ele ordenou que o portal excluísse o nome da empresa sob pena de multa diária de R$ 50 mil. As reportagens que citam a Morro Verde falam sobre resgate de trabalhadores em condições análogas à escravidão.

Segundo as informações, o site Repórter Brasil já está recorrendo da decisão “por considerar que garantir a transparência sobre atos do Estado brasileiro é uma ação de interesse público”. Ao falar sobre o caso, o site explica que a censura aconteceu porque o governo brasileiro ainda não reestabeleceu o cadastro de empregadores flagrados com mão de obra escrava, regulada por portaria interministerial específica.

censura-reporterbrasil

“Até agora, a Repórter Brasil, entre outras instituições e profissionais de imprensa, solicitou duas vezes essa relação, obtendo-a e divulgando-a em março e setembro deste ano. Esta última engloba casos em que houve confirmação da autuação entre maio de 2013 e maio de 2015, e contém 421 nomes de pessoas físicas e jurídicas. A sociedade brasileira e o setor empresarial têm o direito a ter acesso às informações sobre os flagrantes confirmados por trabalho análogo ao de escravo realizados pelo governo”, afirma a reportagem do site.

Para o deputado estadual pelo PSDB de São Paulo, Carlos Bezerra Júnior, que é também autor da lei paulista de combate ao trabalho análogo ao de escravo, a medida de censura às informações públicas é absurda. “As informações sobre fiscalizações do Ministério do Trabalho e do Ministério Público são de domínio público, de livre acesso a todos os cidadãos. É um absurdo cogitar que, de uma hora para outra, o site não possa dar a seu público conhecimento de informações públicas”, afirmou o tucano ao Repórter Brasil.

Na última semana, o Portal Comunique-se noticiou que o coordenador geral do Repórter Brasil, o jornalista Leonardo Sakamoto, acabou processado por veicular matéria com base na Lei de Acesso à Informação. O caso aconteceu exatamente porque o nome de uma empresa pertencente à “lista suja” foi divulgado pelo site. “Vale ressaltar que a reportagem não desrespeitou a decisão judicial do STF porque não solicitou a “lista suja” prevista nas portarias e sim informações públicas com as características descritas acima, que são balizas bem próximas às do cadastro original”, disse o jornalista. Leia mais aqui.

O aniversário do Rei

Pelé completa 75 anos nesta sexta-feira

O futebol comemora. Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, completa 75 anos de vida nesta sexta-feira. A grande referência do esporte bretão completa mais uma primavera depois de passar por provas durante o último ano. A saúde, depois de duas cirurgias, requer mais cuidados, e a badalação pela data se limitará aos fãs e admiradores de quem melhor ostentou a camisa 10 verde-amarela.

Mesmo diante de problemas, Pelé orgulha-se de falar. “Nunca tive medo de morrer, sou um homem de Três Corações”, cansou de dizer, o Rei, sempre se referindo à cidade mineira de Três Corações, local de nascimento da grande lenda do futebol mundial no dia 23 de outubro de 1940.

Desde o nascimento, Pelé sempre esbanjou uma saúde de dar inveja. Desde 2014, no entanto, o Rei sofre com pequenos problemas, mas responsáveis por alarmara quem sempre admirou o ex-jogador.

Tudo começou no ano passado. Maior nome da história do futebol brasileiro, Pelé teve participação discreta na Copa do Mundo realizado no Brasil. O Rei era esperado na abertura, em 12 de junho; porém, a vitória brasileira sobre a Croácia foi vista apenas pela televisão.

Depois do furacão chamado Copa do Mundo, que movimentou o Brasil de norte a sul, Pelé sofreu com um final de ano turbulento. Foram duas visitas ao hospital e uma internação para retirar cálculos renais. A saúde preocupava, mas as atitudes do Rei transmitiam uma mensagem completamente contrária.

“Estou pronto para jogar amanhã”, disse Pelé assim que deixou o hospital em dezembro do ano passado.

Apesar da positividade, as preocupações seguem constantes. Neste ano, o Rei do Futebol retornou ao mesmo hospital para uma intervenção cirúrgica na coluna. Nada, contudo, que atrapalhe a rotina.

Tanto que recentemente Pelé viajou até a Índia, depois de visitar o país 38 anos antes, para promover o início da Liga local. O Rei do Futebol pode enfrentar obstáculos; todavia, segue incansável. (Da ESPN)

II Etapa do Mountain Bike acontece no domingo

No próximo domingo a Federação Paraense de Ciclismo vai realizar a 2ª etapa do Paraense de Mountain Bike 2015, no km 17 da BR-316. A competição deve contar com a participação de 150 ciclistas, divididos nas categorias Elite, Feminino, Master (36 a 45 anos), Sênior (a partir de 46 anos) e Aventura, que é para os atletas que não treinam com frequência.

– Esse campeonato é muito positivo para o desenvolvimento do esporte na região. Temos uma área muito boa para a disputa, que nos proporciona provas empolgantes. Essa é a segunda etapa, de um total de três – explicou Edilson Kramer, presidente da Federação.

Aliás, Edilson é quem vem liderança a categoria principal da competição, com Márcio Pinheiro Fidélix sendo o segundo e Marcelo João Lima o terceiro colocado. Já no Feminino a liderança está com Ana Luzia Bezerra de Salles. As categorias começam ser disputadas a partir das 9h. (Da MMSports)

Capitão Max desfalca Leão contra o Botafogo-SP

unnamed

O zagueiro Max vai ser mais uma ausência do Remo na partida de domingo, contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. Com uma lesão na coxa esquerda, o jogador sequer foi relacionado pelo treinador Cacaio e ficará em Belém realizando tratamento médico. Além dele, o lateral direito Levy e o meia Eduardo Ramos não jogam neste final de semana.

– Senti uma dor mais forte no músculo da coxa durante o treino. Procurei o departamento médico e achamos por bem não forçar. Farei os exames para saber a gravidade, mas espero que não seja nada sério para que eu possa atuar na partida de volta – disse o zagueiro.

Sem Max, capitão da equipe, a faixa de capitão deve ir para Fernando Henrique, com a vaga na defesa devendo ser preenchida por Igor João, caso Cacaio queira permanecer atuando com três zagueiros. Existe também a possibilidade de colocar três atacante, optando pelo retorno de Léo Paraíba. (Da MMSports/foto: MÁRIO QUADROS)