CBF confirma datas e horários de jogos da Série D

unnamed (19)

A CBF confirmou as datas e horários dos jogos do Remo na fase de quartas-de-final da Série D 2015. A partida de ida contra o Operário será no sábado, 10, às 19h, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR. A volta acontece no dia 18, domingo, às 19h, no estádio Jornalista Edgar Proença, em Belém. O árbitro do primeiro jogo das quartas será o mineiro Igor Benevenuto.

No comunicado, a CBF definiu também as datas das fases semifinal e final. Caso se classifique, o Remo jogará nos domingos 25 de outubro e 01 de novembro contra adversário a ser definido pela somatória de pontos nas fases anteriores. A decisão será também em dois jogos, previstos para 08 e 15 de novembro. (Foto: MÁRIO QUADROS)

Ex-presidente da Lusa pede desculpas ao Flu

Link permanente da imagem incorporada

O ex-presidente da Portuguesa, Ilídio Lico, foi ao Rio de Janeiro nesta terça-feira, nas Laranjeiras, para fazer um pedido de desculpas formal ao Fluminense. O cartola, que assumiu a Lusa logo após o polêmico rebaixamento no Brasileirão de 2013, insinuou que o Tricolor foibeneficiado por uma jogada nos bastidores para evitar a queda para a Série B. Segundo a versão aventada por Lico, a Unimed, então patrocinadora do Flu, pagou pelo esquema.
“Eu assumo que errei e vim aqui (nas Laranjeiras) humildemente pedir desculpas ao Fluminense”, declarou Lico ao Portal da Band. O dirigente fez um pronunciamento no fim da tarde desta terça na sede do Flu.
O tom é bem diferente do adotado em junho deste ano, quando fez as acusações. “Pedi desculpas ao Peter (Siemsen, presidente do Fluminese), com quem nunca tinha tido o prazer de conversar. Queria dizer que falei bobagem. Quem errou foi a Portuguesa, a diretoria anterior (do então presidente Manuel da Lupa). O Fluminense apenas aproveitou o regulamento”, declarou.
“Com toda a certeza, isso foi premeditado. Um senador falou que a Unimed pagou um dinheiro muito grosso. Mas sabe como é a Justiça no Brasil. E ninguém dá recibo. De qualquer forma, tenho esperança de que um dia isso vai dar em alguma coisa”, afirmou Lico ao “Diário de São Paulo”.
As declarações não foram bem recebidas no Flu, que teria acionado Lico na Justiça.
Lico renunciou em março deste ano, logo após ser alvo de um pedido de impeachment feito pelo Conselho Deliberativo do clube, que atualmente disputa as quartas de final da Série C do Brasileirão.
A Lusa se safou do rebaixamento no campo em 2013, mas acabou rebaixada no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O clube foi punido com a perda de quatro pontos pela escalação irregular do jogador Héverton. Com isso, o Fluminense escapou da queda. O Flamengo, punido por escalar André Santos irregulamente, também chegou a ser apontado como um possível beneficiado. Quase dois anos depois, com investigações do Ministério Público de São Paulo, nada ficou provado. (Da Portal da Band)

Cearense retorna, mas Papão tem várias baixas

O Paissandu não teve tempo para treinar depois do jogo com o Atlético-GO, no sábado. Chegou a Belém no domingo e já terá pela frente o Bahia hoje, às 21h30, no Mangueirão. Ao invés de fazer trabalhos de campo, o técnico Dado Cavalcanti preferiu conversar com os jogadores, dando orientações sobre como a equipe deve se comportar contra o tricolor baiano.

Tanto Papão quanto Bahia buscam se reabilitar de derrotas na rodada passada. O Bahia perdeu por 3 a 1 para o Vitória e o Paissandu foi derrotado pelo Atlético-GO por 2 a 1. Com 47 pontos na classificação, os dois times disputam diretamente o acesso.

unnamed

A situação do Papão é mais preocupante porque o time acumula três derrotas seguidas, situação inédita até aqui na competição. Daí a necessidade de recuperação a partir de hoje. Como terá nove partidas a cumprir (cinco em Belém), os bicolores não perdem a esperança, principalmente porque seus dois próximos compromissos – Bahia, hoje, e Macaé, sábado – serão em Belém.

Para o confronto desta noite, Dado Cavalcanti terá o retorno do centroavante Leandro Cearense, que ficou afastado por contusão. Por outro lado, continua com várias baixas, como na defesa, onde terá que lançar os suplentes Pablo e Dão. Augusto Recife também está fora do time, devendo ser substituído por Gilson. Betinho, Welinton Jr., Everaldo, Valdívia e Gualberto estão lesionados. Tiago Martins e Fernando Lombardi, suspensos.

Até o final da manhã desta terça-feira, Dado não havia divulgado a relação de jogadores para a partida, mas a provável escalação é a seguinte: Emerson; Pikachu, Pablo, Dão e João Lucas (Luís Felipe); Fahel, Gilson, Jonathan e Rony (Léo); Leandro Cearense e Aylon. (Foto: MÁRIO QUADROS)

Paraense ganha Pan de Jiu-Jitsu em Fortaleza

O atleta Pedro Baldez conquistou o título de campeão Pan-Americano Profissional de Jiu-Jitsu, disputado por mais de 30 atletas na categoria juvenil, em Fortaleza, no último final de semana. Pedro é apoiado pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel) e, graças a esse apoio, conseguiu arcar com os custos de viagens para participar de campeonatos pelo Brasil.

“O Pedro luta desde que tinha seis anos de idade. É muito dedicado ao esporte e tem como meta ser um grande atleta de nível mundial, mas para que isso aconteça, além dos treinos diários, ele estuda para cursar faculdade de Educação Física e já se forma em inglês no próximo ano. O apoio da Prefeitura de Belém é muito importante para que ele continue realizando os seus sonhos”, afirma o pai do atleta, Esdras Baldez.

Aos 16 anos, Pedro já acumula títulos. Foi campeão mundial de Jiu-Jitsu na categoria juvenil e campeão do IV Open Internacional de Jiu-Jitsu. Com a vitória no Pan-Americano, ele se classificou para o Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jitsu, que será realizado em novembro, no Rio de Janeiro.

Para o titular da Sejel, Deivison Alves, é fundamental apoiar atletas motivados e com grande potencial. “A Prefeitura de Belém fará o que for preciso para que atletas como o Pedro tenham sucesso em sua carreira e continuem trazendo vitórias para a nossa cidade. É com orgulho que nós apoiamos atletas que almejam conquistas no futuro”, declarou. (Da Ascom/Sejel)

Posts do Socialista Morena agora reunidos em livro

socialista-morena-livro

DO PORTAL COMUNIQUE-SE

Autora do blog Socialista Morena, Cynara Menezes lança a obra Zen Socialismo – Os Melhores Posts do Blog Socialista Morena. No livro publicado pela Geração Editorial, os melhores textos escritos pela jornalista publicados na plataforma, durante três anos, são reunidos. O conteúdo está em pré-venda pelo site da Saraiva.

O livro é dividido em blocos temáticos como socialismo, Brasil, camaradas, mundo, maconha, jornalismo, vida, sexualidade e entrevistas. Segundo a descrição do material no site da livraria, os posts reunidos na publicação são leitura em que o prazer do texto se confunde com o prazer de ser bem informado. A publicação possui 240 páginas e está em pré-venda pelo valor de R$ 34,90. A arte da capa ficou a cargo da Magnesio Design.

“Em Zen Socialismo – Os Melhores Posts do Blog Socialista Morena, de Cynara Menezes, reúne o que de melhor esta jornalista que prega a necessidade de uma nova esquerda no país escreveu em sua peregrinação ao mesmo tempo lúcida, denunciadora e bem-humorada pelos problemas, paranoias, fobias, absurdos ideológicos, retrocessos e baixezas da direita brasileira (e de seus adeptos mal informados) pelas redes sociais brasileiras”, informa a sinopse do livro.

Escândalo no mundo, silêncio no Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), herói da direita e da velha mídia brasileira porque defende o impeachment de Dilma e a entrega do pré-sal às petrolíferas estrangeiras, virou notícia na imprensa internacional. Por ter quatro contas secretas na Suíça, uma delas em parceria com a esposa, ex-apresentadora global. Bem, lá fora o escândalo mereceu o noticiário adequado, mas no Brasil as revistas semanais e os telejornais da Globo silenciaram vergonhosamente sobre o fato.

O motivo é simples: Cunha serve aos interesses imediatos, como principal artífice de um golpe no parlamento para derrubar a presidente da República. Impune e convicto da blindagem que tem, age como se nada estivesse acontecendo, limitando-se a uma nota em que desmente as informações da Justiça suíça. Com o cinismo próprio dos que se consideram acima da Lei, avisou que “se cair”, derrubará Dilma primeiro.

Este é um recorte expressivo do Brasil insano que as forças mais reacionárias estão construindo e que teve um ato tristemente simbólico nesta segunda-feira, quando o velório do ex-senador petista José Eduardo Dutra foi alvo de panfletagem ofensiva por parte de um grupo que se diz “Patriotas”.

A Klu-Klux-Kan está batendo à porta. Oremos.

Aliança Globo-Ibope é colocada sob suspeita

POR HELENA STHEPHANOWITZ, na Rede Brasil Atual 

Os primeiros números da medição por amostragem de audiência televisiva pelo Instituto alemão Gfk mostram diferenças em relação ao Ibope, que detinha o monopólio deste mercado. E as diferenças mostram que os resultados do Ibope eram favoráveis a Rede Globo. Pelo Gfk, a Rede Record tem uma audiência maior às tardes e à noite do que a registrada pelo instituto concorrente. O SBT também é mais assistido nas manhãs e tardes.

SBT e Record sempre questionaram os dados do Ibope. A Globo nunca reclamou. Pior, boicotou a entrada de qualquer concorrente do Ibope no mercado brasileiro. Todas as emissoras pagam ao Ibope pelos serviços de medição da audiência, mas só Record, SBT e Rede TV contratam o instituto alemão.

O mercado de TV aberta, mesmo em crise devido à linha de programação excessivamente oposicionista espantar consumidores, faturou cerca de R$ 33 bilhões apenas no primeiro semestre. A Globo fica com a fatia do leão deste valor. Mas estranhamente se recusa a dividir com as demais emissoras um investimento relativamente pequeno, de cerca de US$ 130 milhões, para trazer outro instituto que dê mais confiança, controle e transparência para os anunciantes neste mercado bilionário.

:

As emissoras menores sempre criticaram o que chamavam de promiscuidade nas relações entre a Globo e Ibope, que pareciam viver uma longa lua de mel. Quando outras emissoras apareciam na frente no chamado tempo real, que é a medida on-line minuto a minuto, no cálculo consolidado divulgado no dia seguinte, a Globo reassumia a liderança. Já ocorreram episódios mal explicados de “apagão” na medição justamente em horários desfavoráveis à emissora líder. Em março deste ano, o SBT conseguiu em disputa judicial obrigar o Ibope a abrir a “caixa-preta” de como são feitos estes cálculos.

A audiência define o preço dos anúncios nos intervalos comerciais e a própria decisão do mercado publicitário sobre onde anunciar. É critério inclusive para anúncios governamentais fazerem a chamada “mídia técnica”. No caso dos governos, se de fato a audiência do Ibope estava inflada, é como se houvesse superfaturamento. Imagine se um governo comprasse lata de leite em pó para a merenda de um 1kg, e o fornecedor que vencesse a licitação só enchesse com 800g. Pois se a comunicação governamental pagou por uma audiência de dez milhões de lares e só oito milhões eram entregues, o caso é semelhante. Os consumidores, anunciantes privados, também teriam sido lesados. E as emissoras concorrentes teriam sofrido perdas. É motivo suficiente para uma operação “Plim-plim” da Policia Federal apurar os fatos.

O caso é tão grave que até o horário eleitoral “gratuito” é pago pelo governo na forma de abatimentos nos impostos, calculado pelo preço médio do que a emissora ganharia em anúncios comerciais no horário.

Se a operação Lava Jato investigou cartéis de empreiteiras para combinar e manipular preços, uma operação “Plim-Plim” apuraria se houve combinação entre Rede Globo e Ibope na mediçãoo de audiência para manipular preços de anúncios nas últimas décadas – e portanto lucrar abusivamente pelo recebimento de recursos públicos, além de obstruir o acesso à informação pública a parcela significativa da população. Justifica também uma CPI.

Apesar do boicote da Globo, a entrada do instituto alemão no mercado brasileiro mexeu com o concorrente. Primeiro o antigo dono, Carlos Augusto Montenegro, caiu fora do negócio e vendeu a empresa para o grupo inglês WPP Kantar. Sob nova direção, o Ibope divulgou mudanças nos métodos, o que a aproximou da mesma metodologia do Gfk.

Porém, o instituto alemão captou mudanças no perfil de consumidores brasileiros nos últimos anos, sobretudo pela ascensão social de camadas da população. Esse movimento, acabou sento talvez ignorado, talvez despercebido pelo concorrente. Sob pressão e com credibilidade abalada, em decisão inédita o Ibope anunciou que vai liberar informações sobre audiência da tv aberta e paga em seu site.

A entrada, tardia, de outro instituto traz mais confiança, controle e transparência para o bilionário mercado publicitário de televisão daqui para frente. Mas só uma operação investigativa da Polícia Federal, assim como no caso da Lava Jato, pode ressarcir os cofres públicos de eventuais pagamentos indevidos para a emissora dos Marinho, quem sabe se sistematicamente e por décadas, além de abrir a caixa-preta da corrupção na mídia tradicional, pródiga em dar apoio midiático a políticos dóceis aos interesses empresarias dos “barões da mídia”.

Copa Verde 2016 pode ter clubes goianos e o Papão

unnamed (56)

Notícias publicadas na imprensa goiana sobre um provável convite a Vila Nova e Atlético Goianiense para participar da Copa Verde 2016 podem indicar abertura de caminho para a participação do Paissandu na competição. Desde que o Papão foi eliminado pelo Remo no torneio deste ano, perdendo oficialmente o direito a participar da edição de 2016, o clube se movimenta para conseguir uma vaga através de convite.

A eventual presença dos representantes goianos indica que o Esporte Interativo, que detém os direitos sobre o evento, está buscando ampliar a quantidade de participantes, o que incluiria também mais um representante paraense – no caso, o Papão, vice-campeão de 2014. O anúncio dos times que disputarão o torneio será feito pelo EI em novembro. (Com informações do repórter MAGNO FERNANDES – foto: MÁRIO QUADROS/Arquivo do Blog)