Árbitro cita dirigente azulino na súmula

O árbitro cearense Avelar Rodrigues, que apitou a partida entre Palmas x Remo, sábado, em Palmas (TO), válida pela Série D, citou na súmula que o executivo de futebol remista Fred Gomes foi aos vestiários presentear o trio de arbitragem com camisas do clube paraense, momentos antes do jogo. O gesto configura no mínimo uma atitude inadequada e antiética. Por conta da citação, o clube pode vir a sofrer punição disciplinar por parte do STJD.

Especula-se que Avelar, que é amigo pessoal de Gomes, mencionou o fato na súmula depois de ser informado de que havia errado na marcação do pênalti. Seria uma forma de exibir lisura e independência na condução do jogo. O departamento jurídico do Remo vai ingressar com reclamação formal contra a arbitragem pela penalidade inexistente.

Ninguém segura Ronaldinho, o rei do traço

O meia Ronaldinho Gaúcho foi a principal ausência do treino do Fluminense que acontece na tarde desta segunda-feira nas Laranjeiras. O craque procurou a diretoria para solicitar a dispensa da atividade e alegou motivos pessoais, de acordo com informações oficiais do clube. O jogador participou da vitória tricolor do último sábado, contra o Goiás, por 2 a 0, no Maracanã, onde foi substituído no intervalo após iniciar a jogada do primeiro gol, feito por Fred. Ele, inclusive, chegou a ser vaiado pelos torcedores após erra um passe longo.

No lance, Fred saiu em defesa do companheiro e pediu o fim das vaias. Alguns aplausos surgiram e abafaram os apupos. O desempenho não melhorou e o técnico Eduardo Baptista o sacou no intervalo. Quando seu nome apareceu no telão, os tricolores comemoraram como se fosse um gol.

O Fluminense volta a campo nesta quarta-feira, quando decidirá a classificação para as semifinais da Copa do Brasil contra o Grêmio, em Porto Alegre. No primeiro jogo, as equipes empataram sem gols no Maracanã. Os cariocas avançam com qualquer vitória ou empate com gols. Já os gaúchos, precisam triunfar ou avançar nas penalidades, caso o duelo repita o mesmo placar. (Do UOL Esporte)

Concentração total na batalha pelo acesso

A semana começa com todos os sinais de alerta ligados no Paissandu. Depois da derrota para o Vitória (3 a 1) e a perda da vice-liderança da Série B, o time se prepara para encarar o Atlético Goianiense, no próximo sábado, no estádio Serra Dourada. É um jogo teoricamente menos complicado do que contra o representante baiano, mas perigoso porque o Atlético tenta se afastar da zona de rebaixamento e conseguiu vencer o Paraná dentro de Curitiba.

Além do Atlético, o técnico Dado Cavalcanti já mira também o Bahia, adversário seguinte em Belém. Será um confronto direto com um concorrente no G4. Com o afunilamento da competição, a 10 rodadas do fim, a disputa pelo acesso ficou mais acirrada. Além de Botafogo, Vitória, Paissandu e Bahia, mais cinco times – América (5º colocado), Santa Cruz-PE (6º) e Sampaio Corrêa (7º), todos com 45 pontos – estão na briga.

Para os próximos confrontos, o técnico Dado Cavalcanti já deverá contar com o retorno do volante Augusto Recife, do meia Valdívia e do atacante Betinho.