Em ritmo de treino

POR GERSON NOGUEIRA

O Remo jogou como se estivesse treinando. Começou em ritmo mais acelerado porque os 30 mil torcedores presentes empurravam o time, mas em campo a bola rolava sem maior pressa. Edcléber perdeu um gol logo de cara. A afobação prevalecia, substituindo a organização. O Vilhena só se defendia, como previsto, evitando passar do campo de defesa.

Com dois minutos, um susto. Edilsinho, que passou uma chuva no Baenão há dois anos, mandou um tiro forte e rasteiro da intermediária, quase enganando o goleiro Fernando Henrique.
O Remo era dono da bola, atacava sem bloqueios no meio e o gol de abertura, aos 10 minutos, em belo arremate de Léo Paraíba, abriu as esperanças de uma atuação mais encorpada dos azulinos, condizente com o entusiasmo do torcedor, que fazia festa por qualquer motivo nas arquibancadas.
Mas, depois que fez 1 a 0, o Remo se acomodou, exagerando nos toques laterais, aparentemente buscando atrair o Vilhena. O problema é que o Vilhena não saía da defesa e faltava força e criatividade para entrar na área. Além disso, os alas não apareciam para participar das ações ofensivas.
O tempo foi passando, Paty perdeu um gol de cabeça, Eduardo Ramos obrigou o goleiro a grande defesa de mão trocada e Edcléber desperdiçou outra chance preciosa. A torcida, paciente, evitava vaiar, mas se impacientava com a falta de vibração e apetite. Afinal, saldo de gols é item importante de desempate na Série D.
Eduardo Ramos, sem qualquer marcação, se deslocava de um lado a outro do ataque sem conseguir jogadas que envolvessem o adversário. Paty, isolado, não recebia bolas em condição de finalizar. O mais ágil e produtivo era Léo Paraíba, que buscava sempre os lances individuais e aproveitava qualquer brecha para chutar em direção ao gol.
Veio o segundo tempo e Cacaio trocou Edcléber por Sílvio, tornando o time ainda mais ofensivo, às vezes com quatro homens na linha de ataque – Paty, Léo Paraíba, Sílvio e Eduardo Ramos. A mexida custou a surtir efeito, pois o Vilhena se acautelou ainda mais, praticamente jogando com nove jogadores dentro de sua área.
Eduardo Ramos e Paraíba se deslocavam, confundindo a marcação. Essa movimentação deu mais força de pressão ao ataque azulino, fazendo surgir seguidas oportunidades. Na primeira delas, Ramos esteve para ampliar, mas a bola bateu em dois zagueiros. Paraíba quase marcou aos 20 minutos, mas, aos 29, em toque de letra de Ramos para Sílvio, nasceu o segundo gol.
Logo em seguida, Cacaio substituiu Paty por Aleílson, que entrou bem na partida, mas voltando a falhar nas finalizações. Perdeu dois gols de cara com o goleiro. Com a expulsão do zagueiro Vinícius, que levou o segundo amarelo, a situação ficou ainda mais favorável ao Remo, mas os atacantes repetiam os erros de finalização já conhecidos. Só aos 34, em cruzamento de Ramos, Chicão desviou de cabeça e a bola entrou no canto direito.
Caso tivesse força, inspiração e um pouco mais de entusiasmo, o Remo ainda poderia ter ampliado. O placar final, porém, foi suficiente para confirmar o favoritismo e garantir o primeiro lugar no grupo A1, mas a massa torcedora saiu com um quê de preocupação em relação aos apagões do ataque e ás falhas pontuais na defesa – jogando contra um time estropiado, que tinha apenas um atleta na reserva.
Cacaio terá 15 dias para corrigir esses problemas antes da estreia no mata-mata.
———————————————————–
Palmas de novo no caminho do Leão
O cruzamento com o Palmas (TO) é pura casualidade, mas não deixa de ser um aperitivo a mais para o primeiro mata-mata. Em 2004, pela Copa do Brasil, depois de vencer o jogo de ida por 2 a 1, o Remo foi surpreendido pelo emergente Palmas em pleno Evandro Almeida. De forma surpreendente, perdeu por 3 a 1, para frustração da torcida que superlotava o estádio. Agnaldo, atualmente auxiliar de Cacaio, era o técnico remista.
————————————————————
Águia continua vivo na disputa
O Águia teve tudo a favor na rodada de ontem. Precisava vencer. Venceu (3 a 2 sobre o Icasa). Torcia para que o Cuiabá não vencesse. O Cuiabá empatou (2 a 2 com o América-RN). Com isso, o time paraense reduziu para 4 pontos a distância em relação ao mato-grossense. Na próxima rodada, a penúltima desta fase, eles se enfrentam em Marabá, em jogo de vida ou morte. Caso vença, o Águia ficará somente um ponto atrás, passando a depender dos resultados da última rodada. A situação continua difícil, mas podia estar bem pior.
(Coluna publicada na edição do Bola desta segunda-feira, 14) 

21 comentários em “Em ritmo de treino

  1. Gerson, se o Remo não jogou em ritmo de treino, esse que é o grande problema.

    Só um milagre salva o Águia.

    O problema não é ganhar do Cuiabá5×1, e sim a ganhar do Fortaleza na última em Fortaleza.

    Curtir

  2. Gerson,

    O problema da última rodada é o cruzamento.

    Fortaleza X Aguia
    Cuiabá x ICASA

    Esse é um cruzamento muito favorável ao time de Cuiabá, já que o ICASA manobrem pretensões de mais nada.

    Bem, mas quem morre de véspera é Peru de Natal, vamos continuar torcendobpelo milagre azul.

    Curtir

  3. O Time do vilhena estava 10 dias sem treinar, só vieram 12 jogadores em condições de jogar e todos desmotivados por estarem há 4 meses sem receber e mesmo assim o remo teve dificuldade em ganhar o jogo? sinceramente, mas tá muito dificil o remor conseguir eliminar o palmas, mas como este confronto é considerado um clássico tudo pode acontecer, mas só pra refrescar a memória dos sofredores remistas o palmas já eliminou o remo na copa do brasil em 2004.no dia 04/02 palmas 1×2 remo e no dia 18/02/2004 remo 1×3 palmas dentro do chiqueirão.

    Curtir

  4. Secadores já acordaram cedo com mimimi no discurso, mas ontem foi a volta pra casa. Jogadores já estavam desacostumados e outros encontraram o fenômeno pela primeira vez

    Muito importante a vitória e a empolgação.

    Acho que com o kiros, o ataque tende a melhorar e Léo Paraíba é o melhor dos atacantes.

    O time está formado, agora é ir pra cima

    Falta pouco, Leão

    Vemtimbora!!!!!

    Curtir

  5. Não esqueçam que eu postei aqui que o leão mijado iria conseguir finalmente o acesso sonhado para a serie c depois de 7 anos na quarta divisão. E falei que isto ocorreria porque o leão mijado toda vez que consegue fazer um vexame histórico que jamais será esquecido, o time também logo em seguida consegue fazer um feito relevante. Dei até exemplo de alguns como derrota de 6×0 para o Atletico no Mangueirão e vitória de 5×0 em seguida no Cruzeiro em Minas, Derrota de 8×2 para o Guarani e em seguida vitória sobre o Palmeiras em São Paulo etc. Dessa vez o feito vergonhoso imaginável foi a derrota para o desprezível náutico de roraima, time de pelada com salario atrasado, que colocou de proposito, 17 jogadores irregulares no primeiro jogo e já entrou na competição com pontos negativos para compensar. Aí perder para um time desse poderia ser impossivel, mas o leão mijado conseguiu esse vexame. Agora o mijado vai subir, podem crer e cada vez mais vou acertando a opinião onde tudo esta se encaixando como chave na sua fechadura e tudo dando milimetricamente certo para o leão mijado. Reparem que diferente do ano passado na D que tinha Guarani, river e moto, nesta cairam num grupo de times galinhas mortas onde já tinha o Nautico de RR, que se eliminou com antecedência, agora este ViLHEPENA, time sofrível que praticamente se auto eliminou com antecedência e ainda veio para K com 12 jogadores, todo esculhambado para jogar contra o mijado. (até rimou rsrsrsrsrsrs) e ainda ajudou o mijado pagar um mês integral de 4 meses de salario atrasado. Para completar a dose de sorte do mijado, o Horriver do Piaui venceu o bate palminhas em pleno tocantins e deixou este outro galinha morta do Tocantins para o primeiro mata mata com o mijado. Mas se o horriiver do Piaui perde, o adversário do mijado poderia ser a Caldense vice campeã mineira ou um outro clube do sul do país. Tudo está dando certo para o leão mijado e acho que agora vai. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

  6. Um outro aspecto que se deve comentar neste jogo foi a grande renda e público onde os muitos SOFRIDOS comandados pelo caxiado estão botando garganta jogando piadinhas indireta contra bicolores chegando a inclusive a citarem o jogo com o FLU para comparar dizendo que colocaram este grande público jogando contra um timinho. O caxiado gritando minuto a minuto que não interessa o adversário para lotarem. Ora, vejamos, Antes de tudo é necessário esclarecer que o timinho falado por eles foi o vilhena este ano. Mas os caras se esquecem que nos últimos 6 anos já enfrentaram em Belém o Santos com Neymar e cia, 2 vezes o Flamengo da maior torcida do mundo, e o poderoso Internacional campeão em 2014, mas não conseguiram nem chegar nem perto da renda do milhão e diga-se de passagem que nos jogos com Santos e Flamengo o Mangueirão ainda era liberado para 45 mil pagantes. Porém o bicolor com sua nação bicolor não perdeu tempo e logo na primeira oportunidade mesmo com mangueirão com capacidade limitada quebrou o record da renda do milhão e contra também um timinho chamado Tupy e outro timinho de nome macaé em apenas 15 dias. Outra é que o matemático deles está precisando se reciclar ou a calculadora está pifada igual eles porque o jogo com o FLU, 22 horas deu mais de 31 pagantes enquanto esse deles pouco mais de 27 mil. A renda de papão e FLU foi quase o dobro desta deles 1500 mil, então dá para comparar e eles fazerem piadinhas????não cabe. Aliais o amigo Gerson Nogueira ficou de postar aqui a maiores rendas de jogos em Belém e estou esperando para comentar, mas já gostaria que fossem postadas a 4 maiores rendas de todo os tempos de jogos em Belém porque dinheiro é o que interessa e o resto não tem pressa. mas vou logo adiantando a resposta:

    1- Brasil X Argentina mais de 2 milhões de renda
    2- Paysandu X Macaé 1,6 milhão de renda.
    3- Paysandu X Fluminense 1, 5 milhão de renda
    4-Paysandu X Tupy 1,2 milhão de renda

    Põ, será que estou cego ou não estou vendo o remo nesta relação, . ????????????

    Curtir

  7. Das minhas preocupações antes da partida, a maior era com as mexidas do Cacaio. E durante a partida, com o isolamento de Paty na frente. É claro e evidente que Paty segurou os zagueiros mais recuados para que Eduardo Ramos e Léo Paraíba tivessem mais liberdade. Isso deu certo. Mas, mesmo assim, preocupa que Paty tenha sido pouco acionado. É um sintoma de um time que produz pouco nas laterais e isso sim, por sua vez, é uma evidência da dependência das jogadas de Eduardo Ramos. Edcleber, diferentemente, precisa atuar mais próximo das pontas e ser opção de tabela para os laterais e entrar na área adversária pelos flancos, já que Eduardo Ramos joga mais centralizado. Insistindo mais pelo meio, congestiona o setor e os laterais ficam muito isolados e pouco participativos, poucas tabelas em jogadas abertas se viu na partida. Poderia ser um importante desafogo nas situações em que Eduardo Ramos estiver bem marcado, como deve ser daqui para a frente. Aliás, com três assistências, e a segunda sendo uma pintura, Eduardo Ramos foi o melhor e mais lúcido jogador azulino. De novo. Sorte que dele depende a criação das jogadas e ele tem sido bastante produtivo.

    A saída de Edcleber deu mais presença de ataque, porque mais mobilidade e objetividade, mas Sílvio tem entrado muito afoito e perde lances bobos ou não dá a sequência natural das jogadas. Felizmente, tem compensado tudo isso com garra e oportunismo. Pouco se exigiu da defesa, mas Igor João, ao menos para mim, é sempre motivo de preocupação porque sempre oscila bons e maus momentos no jogo, às vezes até se antecipa ao ataque adversário, e às vezes cochila e dá oportunidades ao adversário de chegar com perigo. Ilaílson, bastante participativo no jogo, mais uma vez mostra o quanto é importante ao elenco. Chicão pouco rendeu, ao menos menos que de costume e o gol, de bola parada, mostrou que poderia atuar mais avançado desde o início, aparecendo mais como elemento surpresa, o que só aconteceu mais no segundo tempo, mas, mesmo assim, com pouca efetividade. Chicão esteve tímido. Manter o Macena no banco foi a melhor não-mexida do Cacaio.

    Contra um adversário combalido, o Remo perdeu a oportunidade de desenvolver boa apresentação e o time atravessou toda a primeira fase devendo essa boa apresentação, na minha opinião. É preciso mais ímpeto para subir, ainda que seja caso de “ajustes” nos treinamentos. É hora de táticas mais ousadas, ofensivas. O conservadorismo tático tem levado o time à mediocridade. Uma movimentação melhor que a imposta ontem, tímida, ao meu ver, tem de ser a regra contra uma defesa mais bem postada como devem ser as próximas. A entrada de Rodrigo Soares ontem apenas mostrou que é um lateral mais cadenciado, mas inteligente, e que pode ser uma alternativa para jogadas laterais em que, bem, Edcleber tenha interesse em participar.

    Curtir

  8. Maiores públicos de todos os tempos em Belém em jogos contra times de fora:

    1- Remo x Operário – 70 mil torcedores , 15 horas, 01/05/78, dia do trabalho, serie A, inauguração do mangueirão, jogo com entrada 100% de graça.

    2- Paysandu X Boca Junior – 57 mil pagantes Libertadores, 22 horas, greve total de ônibus na cidade.

    3- Paysandu x Cruzeiro 55 mil pagantes. 22 horas, Copa dos campeões

    Por aí dá para perceber que o time azulino só quebra record de público quando o jogo é de graça ou ingresso é preço de dúzia de banana. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    Curtir

  9. Só vim aqui pra dizer q a mucura continua nossa eterna piada e nosso eterno freguês kkkkkkkk e lembrar q o Leão ganhou dois milhões em menos de uma semana jogando contra time pequeno kkkkkkkk copia

    Curtir

  10. Ei Édson bi ba do nicácio, quanto remo ganhou de grana nos últimos 4 meses? o papão ganhou mais de R$10.000,00 não tem a minima comparação.

    Curtir

  11. Amigo Nélio, calma amigo BICOLOR, deixe eles gozarem com a dos outros que, nós gozamos com a nossa kkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  12. 2 milhões em uma semana?????????????????
    kakakakakakakakakakakakaka mas quando ….

    kakakakakakakakakak

    alô caxiadoooooo, “”””” Remo e vilhepena vai ser record de público, 35 mil pagantes, vai dar mais público pagante que Paysandux Fluminense, o fenoamnoazul vai esgotar os ingressos, vai dar renda do MILHÃO…….. o que???? só 27 mil pagantes??? setecentos mil de renda????, a justiça do trabalho levou quase tudo???????, o vilhepena levou sessentinha de gorjeta??????? a FPF do coroné levou o resto???? o resto não vai dá pra pagar 3 meses de salario atrasado do eduardo bramma???????? TUMmmmmmmmmmmmmmmm complicou????????seja azulino, é tanto sofrimento que nem dá para falar !!!!!!!

    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakaka
    kakakakakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakakakakaka
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  13. Da renda de quase 800 mil, sobrou ao rival pouco mais de 300 mil.

    E sábado, saiu uma nota no repórter diário dizendo que o remorto já vai entrar 2016 imobilizado pelas dividas.

    30% de todas as rendas, cota do parazão e do Banco.

    Se só Jesus salva o pecador, o remo só o acesso a série C

    Curtir

  14. Como não existe aparentemente um projeto pra aquela área do Carrossel, faço uma pergunta.

    Vale comprometer receitas para evitar seu leilão, sabendo que possivelmente novas dividas virão?

    Curtir

  15. Remo 4 x 1 Cúiaba 34.973 – Remo 2 x 0 Independente 34.983 Papum 1 x 2 Fluminense 33 mil mais não vale porque a torcida do Fluzão estava no Mangueirão kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk é agora Neliminado kkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  16. E agora amigo???????????? agora eu coloco Paysandu x timinho Macae 35 mil pagantes, ingresso a caro, 1,7 milhão de renda, a maior de Belem até hoje, e nem tinha ninguém do macae na arquibancada e o jatene não comprou 20 mil ingressos e deu graça para a nação bicolor. e agora alexandroooo???????
    kakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakkakakakakakakakakakakakakakk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s