Tribuna do torcedor

Prezado amigo Gerson Nogueira, boa noite.

Prezado Gerson, estou longe, no mar, por força do trabalho, mas estou sempre acompanhando o futebol paraense pela Clube através da internet. Gostaria de deixar um comentário a respeito da questão do sócio-torcedor. Alguns meses atrás acompanhei pela Clube uma entrevista do Presidente do Paysandu, em que o mesmo afirmou ser irreversível a decisão, que somente os sócios-torcedores poderiam assistir aos treinos do Paysandu. Muito justo. Mas seria de bom alvitre não esquecer que durante esses 100 anos de Paysandu, quem esteve sempre apoiando e indo aos estádios foram esses torcedores de arquibancada e geral. Torcedores que na maioria das vezes vão ao estádio a pé , somente com o dinheiro do ingresso. Há de pensar-se no poder aquisitivo da nossa região e principalmente no daqueles que sempre deram ao Paysandu o status de uma das maiores torcidas do País.E são esses mesmos torcedores que continuam a ser renegados e desreipeitados de todas as formas: sofrem para comprar ingresso, sofrem para chegar aos estádios, sofrem dentro , sofrem pra sair, são acuados pela violência de marginais e que no final ainda são culpados quando acontece uma renda mixuruca, como naquela canção do Chico, ainda são culpados pela situação. E o que falar das torcedoras? Perguntem pra elas o sufoco quando precisam ir ao banheiro? É uma Sofrência que dá dó e revolta.Então hoje , o torcedor prefere sentar na mesa de um bar, tomar o seu chopp geladinho, pedir seu tira-gosto, usufruir de um banheiro decente e ainda pagar com cartão de débito ou crédito. Será que esses torcedores estão errados? O que os experts do futebol têm  a fazer, é conquistar a volta desses torcedores de uma forma racional. Cobrar os ingressos ao mesmo valor da mensalidade do sócio-torcedor é dar tiro nos pés. Isto fica para o São Paulo, Internacional, Grêmio, que têm estádios para 60.000 torcedores. Saudações Botafoguenses!!!

Grande abraço

Luiz Carlos da Silva Seixas
Capitao de Longo Curso da Marinha Mercante

4 comentários em “Tribuna do torcedor

  1. Concordo em parte com os questionamentos do amigo bicolor onde ele diz que se faz necessário melhorar e facilitar o acesso da nação bicolor aos estádios. Isto eu postei alguns dias aqui após as reclamações do Dr Maia contra a nossa torcida. Eu disse inclusive que não basta Maia reclamar de pouco presença de torcida, nem baixar ingresso e nem clamar pela presença de torcedores em maior número. ele tem também que organizar venda( já está sendo feito) melhorar o acesso da torcida tanto nos portões como na questão de segurança, trânsito cobrando das autoridades e fiscalizando para coibir cada vez mais a máfia de ingressos. Isto tem de ser feito a qualquer custo para melhorar para quem é torcedor de verdade. Porém na questão dos sócios torcedores, eu concordo com o Dr Maia de só deixar assistir treino do Papão os torcedores cadastrados no sócio torcedor. Dr Maia está correto, porque ele tem de dar mesmo valor a toda a torcida, porém deve valorizar mais ainda quem é sócio porque são estes que vão segurar a barra financeira do clube de forma permanente e não so quando o time estiver ganhando. Isto inclusive é uma idéia muito antiga minha que já até postei aqui no blog, onde acho que para coibir as enormes ondas de violência destro e fora de estádios que não tem mais controle, será obrigado que no futebol do futuro só entrem com ingresso nos estádios os torcedores devidamente cadastrados nos clubes ou orgãos de segurança, devidamente identificados para servir como uma forte medida de segurança. No futuro ninguém poderá entrar sem ser identificado em estádio e o Paysandu através do Maia já está sendo uma espécie de pioneiro nisto ao só deixar assitir treino do papão somente os cadastrados no sócio torcedor. Maia está certíssimo. Olhem o exemplo de azulinos que invadiram o treino do remo no tempo do pirão, soltaram rojões e quase ferem gravemente atletas.

    Curtir

  2. Perfeito pensamento e manifestação,muito embora haja quem pense: Falar de fora é muito fácil ! Estar dentro com a mão na massa é bem mais difícil ! Todos tem direito de demonstrar seus pensamentos,que muitas vezes,como desse cidadão,embora muito coerentes,nem sempre serão assimilados e colocados em prática.Já que o povão é quem forma grande parte da torcida, não deveria ser tão discriminado !

    Curtir

  3. O Paysandu é o clube do povo do Pará, o mais querido, o mais amado, o clube que move os corações da maioria dos paraenses e do resto da Amazônia.

    Também acho que o presidente deveria liberar, por causa desse imã que este clube carrega com toda a coletividade paraense, pelo menos um dia, pra que toda e qualquer pessoa pudesse ir ao estádio e ver de perto o seu clube amado.

    Curtir

  4. Só lembrando que quando meu primeiro filho completou um mês, fui a Curuzú bater umas fotos, isso a 16 anos atrás, ela estava toda pintadinha, e ainda era n tempo que se batia foto com filme.

    Não tenho duvida que hoje como pelo menos por dentro, a Curuzú é sim um ponto turístico do nosso estado, logo não pode ser fechado ao público abruptamente

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s