Pequeno tributo ao grande Fernando Brant

Um dos expoentes do Clube da Esquina, o compositor Fernando Brant morreu ontem, em Belo Horizonte, aos 69 anos. Compôs alguns clássicos da canção mineira, como “Bola de Meia, Bola de Gude”, “Travessia”, “Maria, Maria”, dentre outras, isoladamente ou em parceria com outros grandes músicos, como Milton Nascimento, Beto Guedes, Ronaldo Bastos, Toninho Horta e Lô Borges.

7 comentários em “Pequeno tributo ao grande Fernando Brant

  1. É o século XX segue sua sina de se tornar, a cada dia, um álbum de imagens, falas e sonoridades cada vez mais reminiscentes. Passará à posteridade embarcado no jipe de sonhos e utopias ainda não alcançadas. Que “Manoel, o audaz”, que tanto conduziu esta turma esquineis translade Fernando Brant em paz rumo ao além e às nossas memórias afetivas deliciosamente musicais!

    Curtir

  2. Gerson, desculpa usar este espaço, mas como seria bom postar a entrevista do Jô com a nossa presidente, que show ela deu.

    Curtir

  3. Putz, a turma de Minas faz parte da playlist de qualquer amante da boa música. Cada arranjo, letras simples e tocantes, uma sonoridade única. Grande perda. Descance em paz.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s