21 comentários em “Capa do Bola, edição de quinta-feira, 30

  1. Eita Maia, vai dispensar 10, como diria o rabugento Claudio Maria Guimaraes, esse não sabe fazer conta.

    Curtir

  2. ATENÇÃO. Remistas não esqueçam da performance do Leão em decisões, já perderam inúmeros títulos, exemplo para o Uberlândia. Portanto não comemorem antes do término dos 180 minutos. Quanto ao Independente não esqueçam do Cametá.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Os noticiários gerais em todos os veículos de comunicação de Belém não escondem a satisfação, a badalação e o encanto por essa crescente azulina, principalmente por parte do midiáticos simpatizantes do time. Em virtude disso ignoram que este crescimento não originou de uma uma organização, de grande planejamento e profissionalismo de diretoria como seria coerente justo e correto. Esse crescimento originou na verdade de muita baderna e anti profissionalismo de dirigentes, mas os midiáticos tornam isso inclusive um fato heroico, induzindo inclusive á torcida azulina ao erro de que não pagar adequadamente o salários de seus profissionais, prezar pela organização e outras virtudes administrativas são irrelevantes, inclusive muitos ironizando o oposto disso que foi uma boa administração extra campo do Paysandu, que não rendeu bom resultado pelo menos neste momento. A minha opinião bem pessoal é que eu continuo acreditando na boa organização, e diferente de um cético, acredito que a virtudes existirão sempre. Por isso mesmo com pífio resultado bicolor dentro de campo, continuo prezando pela organização administrativa e não quero em nem uma hipótese que a diretoria bicolor tome esse exemplo azulino de atrasar salário de jogador para também dar uma alavancagem relâmpago de “crescimento”. Nada disso. Esse crescimento relâmpago azulino nesses moldes e ilusório e está com dias contados. Podem até ganhar sim os 2 títulos que irão disputar, ir para a Sul americana, a motivação é muito grande, mas o revés nestes caso costuma ser muito doloroso… e demorado para se “digerir ” novamente. Fiz esse mesmo comentário quando o Paysandu subiu em 2012 para a B tendo Lecheva como treinador e um time muito fraco, além das trapalhadas administrativas do LOP, onde alguns bicolores me perguntaram se eu não achei bom que o Papão tinha subido? Eu respondi que achava bom sim o resultado do acesso em sí, mas desejaria que o time tivesse subido em meio uma bora administração do LOP, um time competitivo, o bom treinador pelo menos que pudesse servir inclusive para a própria segundona que o bicolor iria disputar em 2013. Os amigos continuaram não entendendo e so vieram me entender no final de 2013 véspera do centenário, quando o Papão terminou a temporada rebaixado para terceirona novamente, todo endividado, sem treinado e time competitivo para tentar o acesso em 2014 outra vez. Aí me entenderam sem eu precisar explicar.

    Curtir

  4. Claudio, por essa estimativa confirmada de grande público e pelo horario esquisito, proximo inclusive do encerramento do expediente comercial, creio numa confusao enorme no trânsito e acesso ao estadio, com muita gente entrando no decorrer do jogo, que deve começar na hora por causa da TV. Noite para não circular de bobeira em certas áreas, grande risco de a torcida do Paysandu fazer confusão.

    Curtir

  5. E sem divisão ainda respira???
    Já venderam o carrocel da sujeira?
    E a boieira da 25, já pagaram?
    E o traveco do belo, já mandaram a grana pra ela?

    hahahahahahahahahha, até traveco despreza o sem divisão. kkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  6. Segundo reportagem no site da clube, o jovem meia Araújo, do sub-20,com certo potencial, foi liberado por Dado Cavalcante. O rapaz sequer teve oportunidade de jogar. TE DIZER!

    É assim que a base do clube é valorizada. Na pior das hipóteses, poderia ter sido emprestado a fim de ganhar rodagem.

    Aliás , não era pro Dado ter permanecido.

    Curtir

  7. Foi lembrar aquele vice de 1984. No jogo de de ida, Geraldo Touro fez um gol ao apagar das luzes lá em Berlândia.
    Em Belém, morreu um torcedor azulino, mas o Remo não conseguiu o gol e o título foi para o Triângulo Mineiro.

    Curtir

  8. Verdade caro Valentim, apesar das tacas aplicadas no rival não ganhamos nada e continuamos sem divisão, então nada de oba oba e manter os pés no chão, temos que lutar para ganhar esse torneio de grande importância mas lembrando que não é nossa prioridade no momento, o jogo mais importante do remo no ano vai ser domingo que vale calendário o resto do ano.

    Curtido por 1 pessoa

  9. È verdade, Valentim! Se bem, que não vejo por aqui ninguém, dentre os azulinos, exibindo “já ganhou” no discurso, posando de campeão etc. Todo mundo sabe da importância, da dificuldade e da necessidade de concentração máxima. O que há é muita torcida, muita corrente pra frente por um lado, e gente listrada cavando pretexto de outro. Há pouco havia até um de camisa listrada na bilheteria do Baenão no meio dos azulinos. Difícil saber o que se passa na cabeça de um cidadão destes. Mas, até a hora que saí não tinha havido nenhuma desinteligência física, no máximo alguns sarros bem humorados. Toara que ele tenha ido em paz.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s