Tribuna do torcedor

POR LÚCIO MOTTA

Ontem escutei a entrevista do presidente do Paissandú, reclamando da ausência ou pouca frequência da torcida nos jogos do Papão e que por conta disso, não teria como fazer grandes investimentos em contratações. O Castilho disse que a razão desta pouca frequência, era o grande números de jogos no mês e que amigos dele já haviam reclamado que para um assalariado fica caro demais. Jogar menos, seria o mesmo que pedir ao clube para ser eliminado precocemente de um ou mais campeonatos que está disputando ( Alternativa descartada ) Baixar preços de ingressos, provocaria problemas com os sócios torcedores, pois as vantagens que temos entre outras é a de pagar mensalidades que comparadas aos preços dos ingressos normais, dão vantagem ao sócio torcedor. Logo mexer nos preços não é a melhor coisa a ser feita. Baixar os valores das mensalidades dos planos de sócios torcedores para assim poderem baixar os preços dos ingressos para o torcedor. Também não vejo como a melhor alternativa, pois o clube perderia em arrecadação. Na minha humilde opinião, não sei se você concorda, mas para manter a Curuzu lotada e as mensalidades em dia como sonha nosso presidente Alberto Maia, teríamos de fazer contratações realmente IMPACTANTES, jogadores de nível comprovadamente bom e aí o time convenceria nos gramados e automaticamente atrairia os torcedores, custassem o que custassem os valores de ingressos e mensalidades de sócios torcedores, pois todos iriam querer estar nos estádios para ver o grande ( Novo ) Esquadrão de Aço Bicolor, aquele time que você não iria querer ficar em casa vendo pela TV, aquele time que te daria prazer em estar lá e vê-lo atropelar os adversários, mas se continuarmos a contratar jogadores como este último que estava parado há oito meses e nem fazia parte do banco do ¨grande time do Palmeiras ¨ fica difícil atrair a galera. Clube nenhum pode contratar por contratar, inclusive agora com a nova lei. Não pagou, DANÇOU. Mas ainda assim creio que a solução seja contratar bem, formar um grande ELENCO e não somente 11 jogadores bons, mas sim um grupo bom e aí vocês verão as arquibancadas cheias em todos os jogos. É A MINHA HUMILDE OPINIÃO.

12 comentários em “Tribuna do torcedor

  1. Problemas dos times que têm o programa “Sócio torcedor” como apoio.
    Mas… vai que, contratando esses ‘impactantes’, que não estão aí dando sopa, o time começa a tropeçar e aí o torcedor abandonar os estádios…

    Pergunta-se: qual é o grande “craque impactante”, que está aí à disposição para ganhar menos de 100 mil reais?

    Curtir

  2. Isso – agora ouvindo o Ciro Sena falando ao P. Caxiado na RC – parece ser coisa plantada dentro do próprio Clube do Remo.
    Atualmente, o Remo não precisa de rival (até fazendo alusão ao hino); eles estão lá dentro mesmo.

    Curtir

  3. Neste ano fui apenas ao último REXPA (por sinal, não iria ao jogo, ja que não valia nada, mas às 15:20 da tarde deu-me vontade de reestreiar meu ST), todavia meu ST encontra-se totalmente quitado. Muitos perguntam: por que tu pagas se não vais em todos os jogos? Minha resposta por ordem:
    1) Jogo desinteressante.
    2) Jogo na Curuzu – pouco confortável.
    3) Jogo em horário noturno.
    4) Time inspira pouca confiança.
    5) Família, depois de um dia na rua eles são prioridade máxima.

    Essas são as razões para eu não ir sempre.

    Curtir

  4. É uma equação muito complicada, vejam a situação do remo que fez a “IMPACTANTE” contratação do caça rato, a iludida torcida remista foi buscá-lo no aeroporto como um verdadeiro popstar, deu no que deu…

    Curtir

  5. Há muito tempo não se vê contratação impactante de jogadores. Os que vem estão parados por um bom tempo ou estão em fim de carreira, resolvem vir só em último caso. Pobre futebol do Pará, o meu time uma baba que nunca entrosa e o rival com um time gerando desconfiança até pelos próprios torcedores com vistas à série B.

    Curtir

  6. Achei muito infeliz a desculpa do Alberto Maia ja querendo colocar a culpa na torcida por um provalvel fracasso na serie B dizendo que so vai contratar bons jogadores se a torcida comparecer nos jogos. Rediculo essa mentalidade dele.

    Curtir

  7. Eu acredito que a questão não é trazer jogadores de impacto, mas jogadores de qualidade, que venham contribuir para a formaçao de um time vencedor. Bruno Veiga, Ruan, Fernando Lombardi chegaram aqui sem alarde, mas deram resultado. A torcida quer ver um time aguerrido e que se imponha principalmente dentro de casa, coisa que esse time mais ou menos formado para 2015 ainda não conseguiu mostrar. Agora o presidente não pode justificar as poucas e ruins contratações para série B com a baixa presença de torcida nos jogos, se fosse assim cabe a seguinte pergunta: Por que não montou um time melhor com o dinheiro arrecadado nos últimos jogos da série C do ano passado?

    Curtir

  8. Esse Dr. MALA, tá saindo pior que a encomenda.Ele próprio está sentindo que com esse time de “perebas” que ELE montou tá dificil meu!!!!!!!!

    Curtir

  9. Nem muito ao Ceu. Nem muito ao inferno minha gente. Mais uma vez o Dr Maia me decepciona até nas palavras como já vem dedepcionanco com esse time que montou, o qual ainda não ganhou nada. Preciso acreditar nessa diretoria igual como acreditei até o fim no Wandck e me dei bem. Mas com Maia tá difícil. Wandick chegou quase perto de rebaixar o Papão em 2014, ano pleno do centenário, mas nunca deixei de acreditar que daria a volta por cima. Fiz-lhe severas críticas construtivas igual como faço ao Dr Maia. Mas em 2014 com relação a Wandick achava que a qualquer momento o homem suspiraria os louros da vitória com o Paysandu. E foi o que ocorreu, mesmo o Wandick tendo montado um plantel também fraco.Já em relação ao Maia eu honestamente tento acreditar mas não consigo. Quando o cara vem com essa de culpar a pouca presença da nação bicolor nos jogos para que não faça maiores investimentos, no clube, fica mais dificil acreditar. Aí como sempre faço relembro a história do futebol para mostrar que não queremos contrate o time do Bayer de Munique o Barcelona para o Papão dar certo, so não queremos que continue a contratação de jogadores sem condições e piores que os daqui, porque isso sim não resolve: Nos tempos das maiores glórias do Paysandu, de 2000 a 2003 quando nesse período ganhou 6 títulos entre nacionais, regionais e estaduais e foi parar na Libertadores, a a maior força do time bicolor era a base formada por: RONALDO, SANDRO, WANDERSON, JOBSON, MAGNO O MÁSCARA, WELBER, SERGIO, LUIZ FERNANDO. ALBERTINHO, ZE AUGUSTO E LECHEVA( Toda essa base poderosa. A MELHOR DE TODOS OS TEMPOS remanescente de times daquei do Pará) A eles se juntaram outros que vinham contratados para dar certo no futebol e não só para fazer turismo em Belém: Marcão ( fechou o arco) Gino( um esteio na zaga), Robgol (matador nato) Yarlei (craque de bola), Waldomiro( artilheiro) etc. Com todos essas feras no plantel, o Paysandu gastou tão pouco para a vinda Deles que posso afirmar pela mostruosidade do futebol que jogaram e por tudo que conquistaram, foi o time melhor e mais barato montado no Pará em todos os tempos em se tratando de custo benefício porque algumas feras como Yarlei e Welber vieram de graça para o bicolor. Esse time fez o clube faturar muito dinheiro nas bilheterias e nem tinha sócio torcedor, não precisava pedir para a torcida comparecer, porque qualquer jogo, até amistoso era casa cheia. A Nação bicolor acreditava demais nesse time e não se decepcionava. Em 2014 foi semelhante, onde na reta final da C, ja com Bruno, Ruan e Lombard o time começou a engrenar, mostrar ótimos resultados, , passou confiança e nem foi preciso propaganda para a nação lotar e colocar rendas seguidas de milhão de reais nas bilheterias quebrando todo os recordes e deixando o clube respirar fananceiramente mais tranquilo. Então é isso aí DR Maia, não adianta reclamar. Tem de trabalhar com inteligência e mostrar resultado bom dentro de campo, que nós da nação bicolor mostraremos facilmente aos montões nas bilheterias. So não podemos é acreditar num time que ainda não está nem na semi final de turno do sofrível parazão . Aí é querer demais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s