Breve balanço de um ano marcante

Chegamos ao último dia do ano. Não se pode escapar de um breve balanço. Por mais difícil que as coisas tenham sido, há muito a comemorar. Em primeiro lugar, o blog campeão atingiu a marca recorde de 5 milhões de acessos. O Brasil não ganhou a Copa, até deu vexame histórico em campo, mas fez a melhor Copa de todos os tempos, como vaticinei meses antes. Ganhamos também porque Dilma Rousseff se reelegeu, superando obstáculos acima das circunstâncias eleitorais consideradas normais. Com a vitória, triunfa um projeto de governo popular, preocupado com os mais desfavorecidos. Num país tão desigual, é sempre uma grande notícia, invisível apenas aos olhos dos intolerantes, indiferentes ou muito ingênuos.

No plano pessoal, quero dividir com os amigos deste boteco virtual as alegrias pela consolidação de um projeto editorial iniciado há 10 anos. O DIÁRIO, com erros e acertos, firma-se definitivamente como o principal e mais lido jornal da Região Norte. O blog, além dos milhões de acessos, conquista a cada dia mais credibilidade e respeito.

No mais, meus pais estão bem, meus filhos estão com saúde, o valente Tobi continua esperto e a vida segue seu curso natural, com desafios instigantes a serem superados, o que é sempre bom.

Li no começo do ano um livro interessante sobre um dos ícones do rock e nele há referência à frase icônica do jornalista Jon Landau. Ao ter acesso ao trabalho de um jovem roqueiro, Landau cravou a sentença: “Eu vi o futuro do rock e ele se chama Bruce Springsteen”. Podemos dizer o mesmo da comunicação social, onde a mídia digital (e seus infinitos recursos) é o caminho, com a diferença de que não representa o futuro, pois já é presente.

Que este mundo novo que estamos desbravando venha restituir a paz, a sabedoria e a tolerância, sem perder a ternura jamais. Vamos a ele, com força e fé, pois a fé não costuma falhar, já disse o poeta Gil.

Valeu, amigos!

21 comentários em “Breve balanço de um ano marcante

  1. Como alguém que se sente da “casa”, ressalto o caráter plural e quase sempre respeitoso, como só os grandes botecos conseguem ser, da convivência diária.
    Que continuemos assim ano que vem na medida em que os exemplos espalhados pela intolerância precisam ser combatidos, com as armas dos bons argumentos e nas trincheiras da tolerância, pois só assim respiraremos os saudáveis ares da rica cultura tupiniquim, em vez do ar pesado dessa nefasta indústria do entretenimento que uma bruxa má, disfarçada de vênus, nos impinge há décadas.
    Feliz ano novo a todos!

    Curtir

  2. Caro amigo Gerson, o teu texto é uma bela demonstração da tua atividade profissional. O teu vitorioso blog, é um exemplo de convivência pacífica, sobretudo no que se refere aos esporte. Embora, aqui e ali, possamos ter divergências, elas fazem parte da democracia plena que vivemos. Sempre dás oportunidade para o contraditório, o que é salutar. Desejo a ti, e a todos os leitores do Diário do Pará e
    aos que participam do blog uma sucinta e linda mensagem que recebi:
    Adeus ano velho; À DEUS, ANO NOVO.

    Curtir

  3. Tudo passa! Que venha o novo ano, a transformação está em nós, façamos o bem, sempre! Ele sempre vence tudo. Feliz 2015!

    Curtir

  4. Poderia incluir, amigo Gerson, a primeira eleição direta no Remo, que, parece, não vai dar em nada, mas já é um avanço a eleição direta, não? E o primeiro presidente eleito diretamente pelo bicolor que não deu em título, embora batesse na trave, mas que até que trouxe um acesso que faz bem à torcida…

    O exercício de olhar um tal fato pelo lado positivo não é a negação do problema, mas sua ratificação, sua confirmação. Que tenhamos aprendido, todos, com nossos erros.

    Um feliz 2015 a você e a todos os baluartes do blog.

    Curtir

  5. Feliz Ano Novo, Gerson Nogueira, extensivo aos seus familiares, e a todos os frequentadores do Blog.

    Que a intolerância, independentemente da cor com a qual se apresente, seja neutralizada pelo espírito democrático.

    Encerro, pedindo licença para fazer ecoar as palavras finais do comentário do dr. Ronaldo Passarinho: “Adeus ano velho, A Deus o Ano Novo”.

    Curtir

  6. Pela importância que tem para a vida das pessoas, política será sempre um dos temas obrigatórios deste espaço, amigo. Feliz ano novo!

    Curtir

  7. Sem dúvida, amigo Lopes. A eleição direta foi seguramente um avanço, embora a princípio pareça que pouco contribuiu para a evolução do clube.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s