Fabrício fecha acordo para defender o Remo

unnamed

O meio-campista Fabrício, ex-Tuna, confirmou ao DOL (Diário On-Line) que fechou acordo com a diretoria do Remo para defender o clube na temporada 2015. O jogador deve assinar contrato com o Leão nesta segunda-feira, 29. Depois de ser revelado pelo Paissandu, Fabrício defendeu várias equipes, inclusive do exterior. Criticado no começo da carreira pela conduta extra-campo, nos últimos dois anos jogou pelo Paragominas e pela Tuna, sempre com destaque. Neste ano, com a camisa da Lusa, marcou um golaço em amistoso contra o Remo no estádio Evandro Almeida, encobrindo o goleiro azulino Maicky Douglas com um chute de longa distância. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

18 comentários em “Fabrício fecha acordo para defender o Remo

  1. Enfim, uma boa notícia. Todas as diretorias azulinas têm falhado na hora de formar o elenco por contratarem mal os meias. Este ano começarm bem, mas, resta saber se o técnico não vai preterir o meia por ser um local? Vamos aguardar.

    Curtir

  2. Ilailson,Dadá,Levy,Val Barreto e Rafael Paty renovaram. Acho que uma base regional com contratações pontuais de fora do estado é o ideal para um campeonato paraense com gramados enlameados e clubes emergentes com muita vontade de despachar o remo e conseguir uma vaga na série D.

    Curtir

  3. Com Dadá e Ilaílson como marcadores, Fabrício pode jogar mais adiantado junto ao camisa 10 que Zé Teodoro já indicou à diretoria do Remo. Penso que foi uma boa aquisição.

    Curtir

  4. Alguns podem até me críticar, mas Fabrico jogava fácil na meiuca do Papão na série C de 2014 tamanha a falta de qualidade no passe, diante disso, parece ser uma boa contratação, mas o jogador precisa está com a cabeça boa.

    Curtir

  5. É aquilo que sempre digo:

    Tem de conhecer a história do futebol paraense para agir corretamente no futebol e não se ferrar. Isto serve para dirigentes e torcedores e pessoas em geral. E na minha opinião escolher entre esse meio campista Fabrício e o meia campista rogerinho 9×0, eu preferia contratar o mil vezes esse Fabricio maluco, que apesar de ser problemático joga um bom futebol, ainda é jovem, teve uma boa passagem pelo Paysandu, onde praticamente foi o responsável por livrar milagrosamente o Paysandu de ser rebaixado para a quarta divisão em 2009 quando marcou vários gols decisivos mesmo jogando num dos times mais perebas que o LOP formou no Papão e seria um custo muito menor que o rogerinho. Fabrício foi o destaque daquele time ruim do Papão e foi até tido por muitos como craque e jogou muita bola no jogo decisivo da última rodada contra o poderoso Sampaio Correia em São Luiz, estádio lotado, onde o bolívia jogava pela vitória para não ser rebaixado e ainda conseguir classificação para a segunda fase daquela série c. Foi um dos jogos mais dramáticos que já assisti do história do Papão, que ainda teve um jogador expulso mas aguentou a pressão até o final, onde esse Fabrício foi o melhor do time, jogando um grande futebol, livrando o Paysandu da famigerada quarta divisão. Então se eu sou dirigente bicolor e quero trazer um jogador veterano que ajudou a manchar a história do clube com rebaixamento e derrota de 9×0, ou trazer um jogador local que não conseguiu ser titular num time sem divisão, eu traria novamente esse Fabrício maluco, que o único problema e ser problemático mas nada que uma boa orientação não resolva pois o cara joga bola e jogou bem em todos os times locais onde passou. O azulino deve se dar bem com esse jogador, não por caso essa aprovação aqui no blog.

    Curtir

  6. Inclusive minha gente, naquele jogo decisivo e dramático contra o Sampaio em São Luiz, eu estava escutando o jogo no meia da baia do Marajó vindo de Soure, onde tinha ido curtir a praia do pesqueiro com familiares e o nervosismo dos bicolores no barco era iminente, principalmente porque as ondas de rádio eram sempre interrompidas a todo instante, prejudicando a transmissão. Eu e muitos bicolores roendo unha e o drama só terminou quando o juiz apitou o final do jogo com o Papão escapando do rebaixamento e ainda conseguindo classificação para segunda fase, onde o comentário dos narradores era que o Fabrício foi o destaque do jogo.

    Curtir

  7. No quesito financeiro o Paysandu, leva vantagem para montar seu plantel para disputa do Campeonato paraense.:

    Paysandu -> Teto Salarial R$ 25 mil
    -> Folha salarial limite R$ 450 mil
    Valores confirmados por Alberto Maia

    Remo -> Teto Salarial R$ 15 mil
    -> Folha Salarial limite R$ 300 mil
    Valores confirmados por um Dirigente, em entrevista concedida a rádio clube.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s