Um negócio da China

23863A8A00000578-0-image-7_1417014718694

Um milionário chinês trocou as cabanas de madeira e estradas lamacentas do vilarejo onde cresceu por imóveis de luxo para abrigar as pessoas que viviam ali. Tudo de graça, informou o Daily Mail.

O empresário do ramo do aço Xiong Shuihua nasceu na aldeia Xiongkeng, na cidade de Xinyu, no sul da China. Segundo ele, sua família tinha sido sempre bem cuidada e apoiada pelos residentes do lugar durante sua infância. Por isso, aos 54 anos, depois de fazer milhões na indústria do aço, o magnata resolveu retribuir a gentileza dando aos moradores um lugar melhor para viver.

São 72 famílias que agora moram em apartamentos de luxo na vila construída pelo milionário. Já as 18 famílias mais “amigas” do empresário ganharam suas próprias vilas para morar. Todo o projeto custou cerca de R$ 16 milhões. O chinês também garantiu a alimentação das famílias mais pobres e dos idosos. Todos receberão três refeições por dia bancadas por ele. (De O GLOBO)

Para onde vai Jonathan?

Remo Jhonatan-Mario Quadros (2)

Ninguém sabe dizer no Remo qual o destino que será dado ao volante Jonathan na próxima temporada. Com contrato até novembro com o clube, o atleta de 22 anos teve uma temporada pouco produtiva em 2014, sendo pouco aproveitado pelo técnico Roberto Fernandes no Parazão e na Série D. Uma das grandes revelações azulinos nos últimos anos, Jonathan foi titular absoluto do meio-campo azulino desde 2011, mas perdeu espaço com os técnicos de fora que trabalharam no Baenão.

Apesar do bom futebol e do futuro promissor, o atleta vive situação indefinida. Segundo o procurador de Jonathan, ele já recebeu uma proposta do Fortaleza, mas preferiu aguardar um posicionamento da diretoria remista. Com o impasse surgido nas eleições para a presidência, os entendimentos também foram adiados. Por enquanto, apesar de muita especulação, o jogador também não foi procurado por representantes do Paissandu.

De certeza, até o momento, apenas a declarada simpatia de Pedro Minowa pelo futebol de Jonathan. Segundo pessoas próximas ao candidato de oposição, caso ele se eleja presidente do Remo, renovará imediatamente o contrato com o jovem volante. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola) 

A frase do dia

“Eu nunca mais vou assumir cargo no futebol! Quatro jogadores do Brasília estavam irregulares. Um deles fez gol em Belém e no jogo de volta. É claro que eles tiveram influência na decisão. Tudo isso é um prejuízo para o nosso clube. Infelizmente o STJD não deixou”.

Vandick Lima, presidente do Paissandu

Papão perde no tapetão o título da Copa Verde

Depois de sete meses de espera, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) finalmente julgou na manhã desta quinta-feira a novela da Copa Verde 2014. Por 3 votos a 2, o tribunal deu ao Brasília o título de campeão, apesar de o clube candango ter escalado quatro jogadores em situação irregular (os nomes não constavam do BID) na partida final contra o Papão. Mesmo com as evidências de irregularidade, o tribunal não deu acolhimento ao recurso do clube paraense. Como campeão do torneio, o Brasília terá direito a uma vaga na Copa Sul-Americana de 2015.

Papão está à procura de dois goleiros

unnamed (2)

O Paissandu vai começar as mudanças no elenco justamente por onde tudo começa. Segundo o atual presidente Vandick Lima, o futuro mandatário do clube, Alberto Maia, já se movimenta para contratar dois goleiros para a próxima temporada. Paulo Rafael, Douglas e Mateus continuam no grupo, mas apenas um deve permanecer – isto se não for substituído por algum jogador da base. Maia expressa o descontentamento da diretoria do clube com as seguidas falhas de seus goleiros em momentos decisivos das competições disputadas este ano, incluindo o jogo final da Série C contra o Macaé. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)