Papão homenageia seu atleta imortal

unnamed (34)

O ídolo Quarentinha ganhou uma estátua em sua homenagem no estádio da Curuzu. A inauguração ocorreu na noite desta terça-feira com a presença de antigos jogadores, contemporâneos do lendário meio-campista alviceleste. O técnico Mazola Junior compareceu e conversou com Quarentinha antes da solenidade. Vários associados, conselheiros e torcedores estiveram também na Curuzu, participando da festa. A estátua em tamanho natural visa eternizar na memória do torcedor e principalmente junto às novas gerações a importância que Quarentinha teve para a história do Paissandu. A iniciativa partiu de jovens baluartes do clube, entre os quais Ulisses Sereni, Alexandre Pires, Ricardo Gluck Paul e vários outros. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola)

unnamed (80)

unnamed

3 comentários em “Papão homenageia seu atleta imortal

  1. Se Quarentinha jogou 18 anos no Paysandu e ganhou 12 títulos, quase 30% dos títulos estaduais que o Papão possui, o homem foi uma fera no futebol paraense mesmo, porque naquele tempo não existia a metade das leis que existem hoje no futebol de proteção ao atleta, os DP médicos não eram tão bons quanto hoje, os gramados eram pesados e os atletas daquele tempo tinham de jogar com a sorte ou serem quase de ” borracha ou aço” para não se contundirem. E os atletas a exemplo do Quarentinha conseguiam superar mesmo tudo isso. Realmente eram demais. Hoje a gente observa que tem todo um enorme aparato clínico, físico, legislações, bons gramados para que o atleta possa desenvolver seu melhor futebol, mas ao contrário daquele tempo, hoje se contundem até em treino, ou até mesmo numa caminhada em redor do gramado. O DPs Médicos dos clubes vivem abarrotados hoje de atletas contundidos, alguns sem previsão de retorno a às atividades. E quando a gente vê um atleta daquele tempo, já muito idoso, com toda essa saúde tipo Quarentinha que só parou pela idade, a gente tem de achar incrível e acreditar que o atletas merece o título de melhor de todos os tempos.

    PARABÉNS QUARENTINHA, VC É MERECEDOR COM JUSTIÇA. E PARABÉNS INCLUSIVE À DIRETORIA BICOLOR POR MAIS ESSE ACERTO FABULOSO EM PRO DA GRANDEZA DO PAPÃO , SEM CHACOTA AOS ADVERSÁRIOS, SEM PICUINHA, SEM AMADORISMO E COM MUITO PROFISSIONALISMO.

    Curtir

  2. Taí,uma excelente iniciativa! Para quem como eu, teve o privilégio de assisti-lo desfilar seu excelente futebol nos gramados, é um prazer muito grande ver esse reconhecimento mais do que justo.Quem não o viu jogar,deixou de assistir muita classe e categoria.Isso sem contar com o seu nível profissional exemplar ! Parabéns Quarentinha que essa sua semente plantada no nosso querido Papão e em todo o estado do Pará e até Brasil,prolifere sempre com excelentes resultados ! O nosso reconhecimento e agradecimento eterno !

    Curtir

  3. Apesar de eu rechaçar por questões obvias homenagens em estatuas, tirando ela, fico feliz pelo Paysandu homenagear em vida quem segundo a história do próprio clube, foi responsável por algumas belas paginas dela.

    Quarentinha não é do meu tempo, mas pelo que dizem, foi um baita jogador e merecedor de toda e qualquer homenagem a ele.

    No meu tempo, guardo com carinho na memória, atletas como Patrulheiro, Cabinho, Nad, Cacaio, Vagner, Edil, Sandro, Iarley, Robgol, Vandick, o próprio Dadinho, ( Bebeto Campos in memorian ) e Albertinho, o veste leão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s