O pensamento vivo do jovem Aécio

10710288_730197867061825_8449889395611060462_o

Com 17 anos, Aécio Neves passou uma temporada em um lugarejo de Nova Jersey, nos EUA, onde virou atração e deu até entrevista ao jornal Franklin-News. Segundo relato do jornalista Paulo Moreira Leite no Brasil247, Aécio disse ao repórter “que a vida das mulheres é fácil no Brasil” e que elas não tinham “necessidade financeira de trabalhar”, podendo “passar a maior parte de seu tempo na praia ou fazendo compras”. O hoje candidato da direita brasileira relatou ainda ao jornal americano que “todo mundo tem uma empregada ou duas” por aqui. E contou outra novidade: “nunca fiz minha própria cama”. Na época, o jovem Aécio lamentava estar fora do país no Carnaval (fevereiro de 1977). Segundo ele, “a única época em que a classe baixa e a classe alta se reúnem”.

6 comentários em “O pensamento vivo do jovem Aécio

  1. Não, Thiago. Apenas retratando o que o rapaz faz desde a mais tenra juventude – até porque não mudou muito ao longo dos últimos 30 anos.

    Curtir

  2. Simples. O playboy era filho de um deputado da Arena. Para quem não sabe – não viveu aquela época – Arena (Aliança Renovadora Nacional) era o partido político que dava sustentação aos militares, no poder entre 1964, quando deram golpe armado sob a tutela dos Estados Unidos, até 1985, com a eleição indireta de Tancredo Neves, que morreu (desligaram os tubos) em 21abr.1985, assumindo em seu lugar o eterno José Sarney, que, por sua vez, até às vésperas era da Arena, mas passou para o PMDB logo depois por puro oportunismo.
    Na época era assessor parlamentar da Câmara Federal mas morava no Rio, pois lá fazia Engenharia (curso não concluído). Em 1985, foi nomeado por seu primo, o ministro de Sarney Francisco Dorneles, para diretor de Loterias da Caixa (Juca Kfouri sabe muito sobre essa época).
    O fato de ter confessado que nunca tinha arrumado sua própria cama e que as mulheres (todas, como ele generalizou) tinham vida fácil, mostra a todos como ele pensava (e como ainda pensa até hoje, porém não pode confessar porque aí perde votos).
    É esse o homem que quer governar os nossos destinos por quatro anos.
    Melhor pensar bem antes de votar.

    Curtir

  3. Aos 17 eu pixava muro, jogava ovo em ônibus, quebrava fachada de lojas nas passeatas, furtava bombom na Lobrás etc. Hoje sou pai de família, respeitado no meu trabalho e um exemplo a ser seguido pelas grandes conquistas alcançadas. Ah, aos 17, eu votava no Babá e no Edmilson, continuo votando no Edmilson, mas hoje voto no Aécio.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s