Criciúma culpa CBF e recupera pontos

O Criciúma conquistou uma vitória, na tarde desta quinta-feira, que pode ser determinante na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O time catarinense conseguiu recuperar os três pontos perdidos, após acusação de atuar com o atacante Cristiano de forma irregular, em julgamento no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro. Em junho, o Criciúma foi punido por unanimidade pela 2ª Comissão Disciplinar do STJD por escalar o atacante Cristiano contra o Goiás, em partida válida pela segunda rodada do Brasileirão. O jogador, porém, estava suspenso em virtude de uma punição sofrida ainda no ano passado, quando atuava pelo Naviraiense-MS.
Para conseguir a vitória, o Tigre usou como principal argumento o histórico de problemas com registros de jogadores no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O clube apresentou documentos que comprovaram que foi induzido ao erro porque os registros da entidade não apresentavam que o jogador necessitava cumprir suspensão em competições nacionais.
Com a decisão favorável, o Criciúma continua com 15 pontos, ocupando a 13ª colocação. Caso tivesse sido punido com a perda de três pontos, o clube tricolor estaria apenas uma posição à frente da zona de rebaixamento, com 12 pontos, um a mais que o Coritiba, o primeiro da “Faixa de Gaza”.
Na última semana, a CBF demitiu seu diretor de registro e transferência, Luiz Gustavo Vieira de Castro. Na entidade desde 1989, ele era responsável por gerenciar o registro dos mais de 20 mil jogadores profissionais em atividade no País. Pesou os problemas recentes como o Caso Héverton na Portuguesa e a polêmica da final da Copa Verde, onde o Brasília tem seu título contestado pelo Paysandu.
A entidade também já cogita a possibilidade de fazer modificações no BID, sistema eletrônico disponibilizado para o acompanhamento da situação contratual de jogadores junto aos clubes, pode passar por reformulação. Embora seja considerado eficiente, o sistema é passível de problemas operacionais. Uma das sugestões é que, qualquer jogador que não tenha situação regularizada no sistema, seja impedido de jogar previamente. (Da Agência FI) 

6 comentários em “Criciúma culpa CBF e recupera pontos

  1. A diferença, segundo aquele promotor do STJD Paulo “Fluminense”, é que o caso Brasília é renovação. O caso do tigre é cartão. São questões semelhantes, porém diferentes (está na UOL).

  2. Já acompannei essa notícia e esse caso do tigre e já sei que novamente “juristas entendidos no assunto” e pessoas metidas a juristas relacionaram esse caso com do BID do tal caso brasilia e decretaram a vitória do brasilia no Pleno e derrota do Papão porque o brasilia vai culpar a CBF. Sim, eu pergunto o que é que um caso de suspensão de jogador que não estava suspenso tem ha ver com relatório extraído de BID, onde 4 jogadores ainda não estavam registrados para jogar e atuaram numa decisão??????? na minha opinião, nada. E vou repetir o que falei antes para algumas pessoas que nada tem haver com o brasilia, mas estão mais desperadas que o Paysandu vença no pleno que o próprio pessoal candango: ” Pelas leis que regem o futebol, em especial as competições da CBF, em especial o BID, esse caso é irreversível para o cadango, porque os jogadores atuaram irregulares, a CBF ja reconheceu isso, o time candango ja assinou em baixo isso por tudo que falaram, mas apenas não aceitam porque a culpa não foi deles. Mas não interessa quem é culpado. Interessa se os jogadores atuaram sem estar no BID. E isso ocorreu, como ja foi provado. ” Na verdade, opessoal candango quanto mais fala, mais se complica nesse caso, Mais torna dificil a reversão e ainda comfundem até os outros, que estão afirmando que o Papão também vai perder porque vão colocar a culpa na CBF igual como fez o tigre. Aí eu pergunto como pode ser isso, se quem acompanha esse caso, percebeu no início, que o pessoal cadango culpou a CBF por tudo. Depois que caíram de 4 na primeira comissão e recorreram, falaram para todos ouvirem que a CBF não tinha culpa nenhuma e o culpado era so o Papão “bobão”. Quer dizer que agora depois do tigre ser absolvido por culparem a CBF, o pessoal candango vai voltar a acusar novamente a CBF, que ele ja disse que não tem culpa alguma??? rsrsrsr é uma confusão geral na cabeça de muitos, pricipalmente candangos rsrsrsr. Mas de quaquer forma o “jus esperniando” dos candangos é válido, mas so sinto dizer aos candaguistas que se der zebra no Pleno, basta o Papão ir a qualquer instância da justiça comum que ganhará facilmente essa causa. Eu não tenho dúvida. vamos aguardar.

  3. É igual, mas é diferente. Os bicolores tem chance por um simples motivo. A culpa é da CBF sim, está claro. Mas há um fato a mais, que pode favorecer os alvicelestes: eram 4 jogadores irregulares. O Brasília fechou os olhos pro erro e escalou todos eles, não teve o dever de vigilância e atraiu para si o dever de cuidado coma regularização dos atletas. E se alegar que não sabia, pior ainda, só reforça a tese, porque se o bicola sabia, eles deveriam saber (tanto que o registro foi retroativo, ou seja, ele inexistia à época dos fatos). Um civilista que entenda de direito desportivo iria deitar e rolar nesse caso.

  4. Vocês precisam ler o que os executivos da Globo vem falando ultimamente. O Paysandu perdeu o título no penal perdido pelo Lima,pela fraqueza política dos clubes paraenses e pela “moralidade” o copo vai ficar no DF.

  5. É exatamente o isso que estou afirmando Harold. Se o caso for julgado levando-se em conta as leis que regem o as competições da CBF, em especial o BID, esse caos é irreversível para o time candango. Porém se esquecerem ou rasgarem toda essa lei e levarem em conta somente o peso político e principalmente as pressões dos bastidores, já era para o Paysandu, e não adianta nem gastar dinheiro com advogado. Mas assim como a primeira comissão, espero que o Pleno seja transparente também, porque o futebol Brasileiro já está muito manchado de podridão e de vermes. uma dessas podridões é essa globo que tu bem citastes, e que foi culpada em em muito pelo vexame que o futebol barsileiro passou na copa. Tem muitos outros podres, inclusive aqueles que entendem que o prejudicado que procura seus direitos na justiça é criminoso. Mas aquele que infringe as leis e desrespeita as normas eles consideram o inocente, o “santinho”, como esse time candango que jogou uma decisão com 4 jogadores irregulares e eles não querem nem saber disso. Mas em todo caso resta aguardar, porque o Paysandu, como frisei muito antes do vitória no Pleno tinha mais poder de barganha dessa competição na justiça, que o próprio time candango. Após a vistoria de 4×0, tenho certeza disso e se o Papão perder no pleno, ganha fácil na justiça comum. E aí ou vão considerar os 2 times campeões como ja ocorreu em várias competições da CBF, inclusive primeira e segunda divisão, ou darão o título de direito ao Paysandu. Mas o certo é que não tem como o Papão perder essa.

Deixe uma resposta