E o Capitão do Mato está de volta à Seleção

dunga-reassume-o-cargo-de-tecnico-da-selecao-brasileira-apos-quatro-anos-1406038363227_615x300

Em confirmação às especulações iniciadas na semana passada, Dunga foi anunciado como novo treinador da Seleção nesta terça-feira, em coletiva de imprensa realizada na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Técnico do Brasil de 2006 a 2010, o ex-jogador retorna ao cargo com a missão de reerguer um time fragilizado com a campanha na Copa do Mundo do Brasil – quarta colocação com direito a goleada de 7 a 1 para a Alemanha, na semifinal, e nova derrota por 3 a 0 para a Holanda na disputa do terceiro lugar.

“Ficou demonstrado através de números, e não apenas de palavras, que ele possui todos os requisitos e toda a capacidade para dirigir novamente a seleção brasileira”, disse José Maria Marin, presidente da CBF. “É um homem experiente, preparado, e todos nós dessa mesa temos plena confiança no trabalho que ele pode desempenhar”, completou.

A negociação para fechar com o substituto de Luiz Felipe Scolari aconteceu em menos de uma semana. Novo coordenador-técnico da CBF, Gilmar Rinaldi iniciou as conversas com o aval do presidente da entidade, José Maria Marin, e do futuro comandante e atual mandatário da Federação Paulista, Marco Polo Del Nero. Rinaldi finalizou o acordo com Dunga rapidamente. O capitão do tetra de 1994 ganha então nova chance na Seleção.

12 comentários em “E o Capitão do Mato está de volta à Seleção

  1. Gerson Nogueira, é verdade que o treinador nacional mais motivador nesse momento seria o Tite. Mas também não vejo por que não dar uma nova chance para o tal capitão do mato como dizes, porque por estatísticas verifica que depois de 2002, ele foi o melhor treinador que passou pela seleção, sem dúvida. Os números não mentem jamais. Alem disso é inegável que Dunga é um treinador e torcedor da seleção e jamais aturaria uma derrota de 7×1 da seleção canarinho para qualquer seleção em pleno Brasil. Esse amor pela seleção é muito importante nesse momento que os atletas só pensam nas cifras e clubes estrangeiros. A seleção brasileira que se lixe para eles. Ronaldo Gaucho chegou a pedir no tempo que ainda estava no auge, dispensa de uma convocação porque não queria se cansar para defender o Barça dele num jogo pelo espanhol. Inclusive foi o próprio Dunga que barrou o Gaucho da Copa 2010 . Gaucho fez falta em 2010??? fez, mas não se podia concordar com essa atitude de jogador pedir dispensa de convocação para jogar no time dele no estrangeiro. dunga agiu correto. Kaka também fez a mesma presepada. Então é necessario um treinador durão como o Dunga para acabar com esses absurdos de jogadores que atuam no estrangeiro, senão os 7×1 para a Alemanha poderá ser so o começo e não o fim de uma vergonha. Agora respeito todas as opiniões contrárias ao retorno do Dunga, so não aceito que torçam contra a seleção, porque Felipão assumiu o comando com apoio de 99% de aprovação dos brasileiros inclusive mas fez o Brasil passar o maior vexame do futebol em sua história. Quem sabe o Dunga que agora retorna com reprovação de 99% dos brasileiros, não queima a língua de muitos e faz o Brasil ser gigante no futebol novamente.

    Curtir

  2. A culpa da perda da copa de 2006, foi quase toda do Dunga.

    Pq convocou mal, todos sabemos disso.

    Mas a perda da copa, foi quase toda do brutamonte do Felipe Mello.

    Justamente a maior invenção dele.

    Espera-se que ele tenha aprendido com isso.

    Não vejo no Brasil um nome melhor pra assumir o Brasil no momento, foi muito boa a escolha.

    Técnico estrangeiro era invenção de meia dúzia de internautas, que com certeza nem devem ter 40 anos de idade.

    Não conhecem ou não respeitam a tradição da amarelinha.

    Curtir

  3. O Dunga é tão bom treinador que fracassou no único time que treinou, o Inter. Isso significa que ele é pior que Abel Braga e Tite que tiveram sucesso no colorado, e olha que esses dois nem são grande coisa.

    Curtir

  4. Edson, de todos os técnicos brasileiros, que são muito fracos, o mais fraco deles é o Dunga, inclusive porque não tem um currículo recomendável como treinador que o habilite à receber tamanha empreitada. Sem contar que, pra piorar, há indícios de que ele se deixou amestrar pela Globo (tomara, sinceramente, que não). Eu não o contrataria para comandar o Brasil em 2006, e tampouco o recontratados agora.
    Todavia, agora que não tem mais jeito, que ele já foi contratado, vou deixá-lo trabalhar e critica-lo quando entender que deva, mas a crítica será sempre e exclusivamente relacionada ao trabalho apresentado e correspondente resultados. Acho que ele não mércia o cargo, mas tenho certeza que merece respeito. E ele certamente saberá respeitar aqueles que o respeitarem.

    Curtir

  5. Essa era a renovação do futebol brasileiro? Sinceramente, se era para contratar um nacional, que fosse o Tite. O Dunga já teve a chance dele. Impressionante, como esses caras não largam o osso. Não dão espaço pros novos. Não ousam criar. Com Dunga, a CBF escolheu perder com honra. Somente isso.
    Um técnico estrangeiro ia dar uma oxigenada no futebol brasileiro.Não precisava ser o Guardiola. O Pekerman, o Sampaoli, poderiam fazer isso. Mas o nacionalismo burro, e cego, não permitiu.

    Curtir

  6. Infelizmente parte da imprensa e da torcida caiu nessa lorota de que “faltou compromisso,faltou vontade ,raça etc….” A Seleção não naufragou por falta de vontade e doação por parte dos jogadores.Faltou foi treinamento,falta de estratégia,de variação de jogadas,de aprimoramento tático,entre outros.Dunga simplesmente não fez de nada de relevante nos últimos 4 anos para estar de volta á Seleção.CBF comete(de forma proposital?) o mesmo erro de apostar no passado glorioso já distante dos profissionais que contratou para a Seleção.Felipão foi chamado em 2012 não por causa dos seus últimos trabalhos(pífios por sinal ,vide o rebaixamento do Palmeiras em 2012)mas sim pelo que foi realizado em 2002.Dunga pode até dar certo,ganhando a Copa de 2018,não esqueçam que estamos falando de futebol,o mais imprevisível dos esportes.Porém, apostar somente no seu período de 2006-2010 onde, pior que Felipão,sequer chegou ás semifinais da Copa da África,é por demais arriscado.

    Curtir

  7. A melhor coisa que o Dunga tinha era ser ríspido com a imprensa (Globo) que queria usar, gozar e usufruir da seleção. Treinador realmente ele não era e não é, tanto que quem realmente treinava a seleção no campo era o Jorginho. Agora que seu Dunga perdeu essa qualidade, parece-me que se transformou em um Parreira piorado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s