Fernandes define o Leão para a estreia

unnamed (7)

O técnico Roberto Fernandes já definiu a equipe do Remo para a estreia no Brasileiro da Série D, neste domingo, em Bragança. Com dúvidas no meio-de-campo, o treinador fechou os treinamentos da semana apostando no futebol de Robinho e Danilo Rios para organizar o setor de criação. Salvo mudanças de última hora, o time azulino deve entrar em campo com a seguinte formação: Maick Douglas; Levy, Max, Rafael Andrade e Alex Ruan; Dadá, Michel Smoller, Robinho (Reis) e Danilo Rios; Roni e Leandro Cearense.

Reserva durante a maior parte da temporada, Maick Douglas será o titular do gol azulino contra o Moto Clube. Ele, que foi trazido para o clube pelo ex-técnico Charles Guerreiro, acabou ganhando a confiança de Roberto Fernandes nas partidas decisivas do Campeonato Paraense. Falante, o goleiro disse em entrevista à Rádio Clube que vinha treinando forte para aproveitar a primeira oportunidade. “Eu trabalhei no Clube do Remo dez meses esperando, trabalhando para isso e Deus me abençoou na final do campeonato. E o professor Roberto Fernandes optou por dar sequência ao nosso trabalho e eu me sinto feliz por saber que ele está sendo reconhecido”. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

6 comentários em “Fernandes define o Leão para a estreia

  1. Jonathas, Robinho, Rios e Dadá deveriam ser o meio de campo. Claudio, é melhor ganhar uma do que empatar duas. Melhor ainda é ser otimista e ganhar todas.

  2. O que preocupa é esse “no papel o Remo tem mais time”… O Remo tinha mais time no parazão e ganhou no sufoco… A julgar pelo histórico recente dos times, o leão azul de Antônio Baena é favoritíssimo. Como não vi o time jogar, nem treinar, apenas posso dizer que vou torcer muito pro mais querido. Torço para que o filho da glória e do triunfo vá para cima e decida logo no primeiro tempo. Meu palpite é 3×0 pro Remo.O meio-campo escalado pelo Rosivan parece ótimo, até porque o Robinho pode atuar como um ponta no ataque de vez em quando e atacando no 4-3-3. Pessoalmente, quero ver o time com o mínimo de cabeças-de-área e o máximo de atacantes.

  3. O que me preocupa é a insegurança do Fernandes nas mexidas. Li que ele andou ensaiando jogar com dois homens de área e lembro que a última vez que o Remo jogou assim, levou aquele vareio do Independente.

Deixe uma resposta